news.med.br  -  Saúde
Saúde - 13/01/20
As taxas de mortalidade1 por câncer2 diminuíram constantemente desde 1991, resultando em uma queda geral de 29% ou aproximadamente 2,9 milhões de mortes a menos por câncer2 do que se as taxas de pico tivessem persistido, de acordo com um relatório publicado pela American Cancer2 Society.
1 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

Saúde - 10/12/19
As mulheres que conseguem se exercitar vigorosamente têm um risco significativamente menor de morrer de doenças cardíacas, câncer1 e outras causas. A pesquisa foi apresentada em 7 de dezembro no EuroEcho 2019, um congresso científico da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC).
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

Saúde - 27/11/19
Pesquisa brasileira, coordenada pela Fiocruz, realizou análise de sangue1 e urina2 de cerca de 9 mil brasileiros e constatou que quase três quartos dos brasileiros têm alto consumo de sal. O consumo excessivo de sal pode levar à hipertensão3, que causa várias doenças crônicas, como as cardiovasculares e a renal4.
1 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
2 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
3 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
4 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
   [Mais...]

Saúde - 21/11/19
Para ajudar a orientar a pesquisa sobre os alimentos que as pessoas podem estar consumindo demais por serem saborosos (palatáveis), os cientistas desenvolveram a primeira definição quantitativa de "alimento hiperpalatável", com o objetivo de entender os mecanismos que podem levar a excessos e à obesidade1.
1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
   [Mais...]

Saúde - 11/10/19
A maioria dos pacientes com câncer1 continua a enfrentar tratamentos caros e ineficazes. É hora de mudar o foco de tratamento da doença para combatermos as primeiras células2 cancerosas que aparecem no organismo, ao invés de priorizar os estágios terminais. Este é o enfoque do artigo publicado pelo The Wall Street Journal.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
   [Mais...]

Saúde - 13/08/19
Com o objetivo de investigar o efeito do extrato de jabuticaba no fígado1 e no metabolismo2 de camundongos envelhecidos e alimentados com uma dieta de alto teor de gordura3, pesquisadores do Instituto de Biologia (IB) da Unicamp constataram que ele foi capaz de prevenir a pré-diabetes4 e o aumento do acúmulo de gordura3 no fígado1 (esteatose hepática5).
1 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
2 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
3 Gordura: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Os alimentos que fornecem gordura são: manteiga, margarina, óleos, nozes, carnes vermelhas, peixes, frango e alguns derivados do leite. O excesso de calorias é estocado no organismo na forma de gordura, fornecendo uma reserva de energia ao organismo.
4 Pré-diabetes: Condição em que um teste de glicose, feito após 8 a 12 horas de jejum, mostra um nível de glicose mais alto que o normal mas não tão alto para um diagnóstico de diabetes. A medida está entre 100 mg/dL e 125 mg/dL. A maioria das pessoas com pré-diabetes têm um risco aumentado de desenvolver diabetes tipo 2.
5 Esteatose hepática: Esteatose hepática ou “fígado gorduroso“ é o acúmulo de gorduras nas células do fígado.
   [Mais...]

Saúde - 26/06/19
Ferimentos causados por cosméticos, xampus e outros produtos de cuidados pessoais levam uma criança menor do que 5 anos para um departamento de emergência1 nos Estados Unidos a cada duas horas, de acordo com um novo estudo publicado pelo Clinical Pediatrics.
1 Emergência: 1. Ato ou efeito de emergir. 2. Situação grave, perigosa, momento crítico ou fortuito. 3. Setor de uma instituição hospitalar onde são atendidos pacientes que requerem tratamento imediato; pronto-socorro. 4. Eclosão. 5. Qualquer excrescência especializada ou parcial em um ramo ou outro órgão, formada por tecido epidérmico (ou da camada cortical) e um ou mais estratos de tecido subepidérmico, e que pode originar nectários, acúleos, etc. ou não se desenvolver em um órgão definido.
   [Mais...]

Saúde - 07/05/19
Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Stanford identificaram um conjunto específico de células1 cerebrais que são particularmente suscetíveis a danos causados pela baixa exposição ao oxigênio no desenvolvimento cerebral inicial. Esse dano é congruente com anormalidades cerebrais, particularmente a redução da massa cinzenta, observada entre bebês2 nascidos prematuramente. Os pesquisadores também identificaram um composto que pode prevenir o problema e publicaram os resultados online na Nature Medicine.
1 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
2 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
   [Mais...]

Saúde - 22/04/19
Com o objetivo de determinar a associação da atividade física de lazer com a incidência1 de alguns tipos comuns de câncer2 e se essas associações variam de acordo com o peso corporal e/ou história de tabagismo, foi realizado um trabalho publicado pelo periódico JAMA Internal Medicine.
1 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

Saúde - 15/04/19
The Lancet Child & Adolescent Health publicou online uma revisão sobre os impactos do diabetes tipo 11 no cérebro2 em desenvolvimento. As análises indicam que a cetoacidose diabética3 e a hiperglicemia4 crônica parecem ser mais prejudiciais do que se suspeitava anteriormente.
1 Diabetes tipo 1: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada por deficiência na produção de insulina. Ocorre quando o próprio sistema imune do organismo produz anticorpos contra as células-beta produtoras de insulina, destruindo-as. O diabetes tipo 1 se desenvolve principalmente em crianças e jovens, mas pode ocorrer em adultos. Há tendência em apresentar cetoacidose diabética.
2 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
3 Cetoacidose diabética: Complicação aguda comum do diabetes melito, é caracterizada pela tríade de hiperglicemia, cetose e acidose. Laboratorialmente se caracteriza por pH arterial 250 mg/dl, com moderado grau de cetonemia e cetonúria. Esta condição pode ser precipitada principalmente por infecções, infarto agudo do miocárdio, acidente vascular encefálico, trauma e tratamento inadequado do diabetes. Os sinais clínicos da cetoacidose são náuseas, vômitos, dor epigástrica (no estômago), hálito cetônico e respiração rápida. O não-tratamento desta condição pode levar ao coma e à morte.
4 Hiperglicemia: Excesso de glicose no sangue. Hiperglicemia de jejum é o nível de glicose acima dos níveis considerados normais após jejum de 8 horas. Hiperglicemia pós-prandial acima de níveis considerados normais após 1 ou 2 horas após alimentação.
   [Mais...]

» 05/04/2019 - Realidade sobre alimentação e danos à saúde: estudo Global Burden of Disease Study mostra o que a nossa dieta faz com a saúde em 195 países (1990-2017)
» 03/04/2019 - Comportamento sedentário eleva custos diretos com saúde no Reino Unido, publicado pelo Journal of Epidemiology & Community Health
» 26/03/2019 - Vacina contra febre amarela protege camundongos contra infecção pelo Vírus Zika, publicação de pesquisadores da UFRJ e da Fundação Oswaldo Cruz
» 01/03/2019 - Aumento no número de casos de sífilis no Brasil, segundo boletim epidemiológico de 2018 do Ministério da Saúde
» 28/02/2019 - Gêmeos "semi-idênticos": segundo caso descrito é publicado pelo NEJM
» 25/02/2019 - Treino HIIT proporciona reduções 28,5% maiores na massa gorda total absoluta comparado ao treinamento contínuo de intensidade moderada, em artigo do British Journal of Sports Medicine
» 18/02/2019 - Bactéria Wolbachia pode ser usada como estratégia complementar na prevenção da transmissão da febre amarela urbana
» 11/02/2019 - MIT: nova cápsula libera insulina na corrente sanguínea através do estômago e pode substituir as injeções de insulina
» 07/02/2019 - BMJ: tendências gerais sobre suicídio escondem extrema heterogeneidade entre e dentro dos países
» 01/02/2019 - Academia Americana de Pediatria: recomendações para prevenção e controle do vírus Influenza em crianças para 2018–2019


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar