news.med.br

Mais acessados

Associação entre exercício físico e saúde mental em 1,2 milhões de indivíduos nos EUA: estudo transversal publicado pelo The Lancet Psychiatry

Associação entre exercício físico e saúde mental em 1,2 milhões de indivíduos nos EUA: estudo transversal publicado pelo The Lancet Psychiatry

Estudo norte americano e britânico, com publicação online pelo The Lancet Psychiatry, examinou a associação entre o exercício físico e a saúde1 mental em uma grande amostra para compreender melhor a sua influência em relação ao tipo de exercício, frequência, duração e intensidade.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
- 10/08/2018
Relação cintura-quadril e mortalidade na insuficiência cardíaca

Relação cintura-quadril e mortalidade na insuficiência cardíaca

Estudo publicado pelo European Journal of Heart Failure sugere que a adiposidade central deve ser alvo de tratamento na insuficiência cardíaca1 (IC), especialmente em mulheres. E que a composição corporal pode ser mais importante de se avaliar do que o índice de massa corporal2 (IMC3).
1 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
2 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
3 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
- 09/08/2018
Combinação tripla de medicamentos anti-hipertensivos versus cuidados usuais para o controle da pressão arterial em pacientes com hipertensão leve a moderada

Combinação tripla de medicamentos anti-hipertensivos versus cuidados usuais para o controle da pressão arterial em pacientes com hipertensão leve a moderada

Um ensaio clínico randomizado1, publicado pelo periódico The Journal of the American Medical Association (JAMA), avaliou o uso de medicamento anti-hipertensivo combinado em baixa dose versus cuidados habituais para o controle da pressão arterial2 em pacientes com hipertensão3 leve a moderada no Sri Lanka.
1 Randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle – o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
2 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
3 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
- 15/08/2018
Pílulas anticoncepcionais: levonorgestrel associado a baixas doses de estrogênio são as pílulas mais seguras em relação ao risco de trombose venosa, segundo estudo publicado no BMJ

Pílulas anticoncepcionais: levonorgestrel associado a baixas doses de estrogênio são as pílulas mais seguras em relação ao risco de trombose venosa, segundo estudo publicado no BMJ

O risco de trombose venosa profunda1 com o uso de anticoncepcional oral é conhecido há muito tempo. O presente estudo, publicado no British Medical Journal (BMJ), mostrou que este efeito colateral2 é diretamente relacionado com a dose de estrogênio e os tipos de progesterona utilizados. O uso de levonorgestrel ou noretisterona associado a baixas doses de estrogênio em sua composição são os mais seguros.
1 Trombose Venosa Profunda: Caracteriza-se pela formação de coágulos no interior das veias profundas da perna. O que mais chama a atenção é o edema (inchaço) e a dor, normalmente restritos a uma só perna. O edema pode se localizar apenas na panturrilha e pé ou estar mais exuberante na coxa, indicando que o trombo se localiza nas veias profundas dessa região ou mais acima da virilha. Uma de suas principais conseqüências a curto prazo é a embolia pulmonar, que pode deixar seqüelas ou mesmo levar à morte. Fatores individuais de risco são: varizes de membros inferiores, idade maior que 40 anos, obesidade, trombose prévia, uso de anticoncepcionais, terapia de reposição hormonal, entre outras.
2 Efeito colateral: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
- 17/08/2009
Novas diretrizes de hipertensão arterial com mudanças na classificação

Novas diretrizes de hipertensão arterial com mudanças na classificação

O American College of Cardiology (ACC) e a American Heart Association (AHA) lançaram uma nova orientação sobre hipertensão1 com uma nova definição que chamará de "hipertensão arterial2 estágio 1" a pressão sistólica3 situada em 130 a 139 mmHg e a diastólica em 80 a 89 mmHg.
1 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
2 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
3 Pressão sistólica: É a pressão mais elevada (pico) verificada nas artérias durante a fase de sístole do ciclo cardíaco. É também chamada de pressão máxima.
- 16/11/2017

Elogios, críticas ou sugestões

Seu nome:
Seu email:
Mensagem:

  • Entrar
  • Assinar