news.med.br

Mais acessados

A exposição ao colesterol LDL na idade adulta jovem previu eventos cardiovasculares posteriores, independente do colesterol na meia-idade

A exposição ao colesterol LDL na idade adulta jovem previu eventos cardiovasculares posteriores, independente do colesterol na meia-idade

Quatro estudos de coorte1 juntos adicionam evidências de que os níveis de colesterol2 cedo na vida são importantes para eventos posteriores. No estudo publicado no JAMA Cardiology, a doença arterial coronariana se correlacionou significativamente com o colesterol2 LDL3 cumulativo, bem como o LDL3 médio ponderado no tempo durante a idade adulta jovem e meia-idade, independentemente do nível de colesterol2 LDL3 na meia-idade. O risco foi observado para níveis tão baixos quanto 100 mg/dL4, muito abaixo dos limites de tratamento atuais. Esses achados sugerem que os níveis anteriores de LDL3 podem informar estratégias para a prevenção primária da doença arterial coronariana.
1 Estudos de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
2 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
3 LDL: Lipoproteína de baixa densidade, encarregada de transportar colesterol através do sangue. Devido à sua tendência em depositar o colesterol nas paredes arteriais e a produzir aterosclerose, tem sido denominada “mau colesterol“.
4 Mg/dL: Miligramas por decilitro, unidade de medida que mostra a concentração de uma substância em uma quantidade específica de fluido.
- 06/10/2021
Uso de paracetamol durante a gravidez pode alterar o desenvolvimento fetal

Uso de paracetamol durante a gravidez pode alterar o desenvolvimento fetal

O paracetamol (também conhecido como acetaminofeno) é o ingrediente ativo em mais de 600 medicamentos usados para aliviar a dor leve a moderada e reduzir a febre1. O paracetamol é amplamente usado por grávidas. No entanto, o aumento da pesquisa experimental e epidemiológica sugere que a exposição pré-natal ao paracetamol pode alterar o desenvolvimento fetal, o que pode aumentar os riscos de alguns distúrbios neurodesenvolvimentais, reprodutivos e urogenitais. Nesse contexto, em um consenso publicado na revista Nature Reviews Endocrinology, pesquisadores resumiram essas evidências e pediram ações de precaução por meio de um esforço de pesquisa direcionado e do aumento da conscientização entre profissionais de saúde2 e gestantes.
1 Febre: É a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. São aceitos como valores de referência indicativos de febre: temperatura axilar ou oral acima de 37,5°C e temperatura retal acima de 38°C. A febre é uma reação do corpo contra patógenos.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
- 11/10/2021
Revascularização miocárdica percutânea em pacientes de apresentação tardia com IAMCSST está associada a melhores resultados clínicos

Revascularização miocárdica percutânea em pacientes de apresentação tardia com IAMCSST está associada a melhores resultados clínicos

Pacientes com ataque cardíaco que se apresentaram ao hospital muito depois do início dos sintomas1 ainda tiveram melhores resultados em curto e longo prazo após a revascularização miocárdica, de acordo estudo publicado no Journal of the American College of Cardiology. Os resultados mostraram que os pacientes com infarto2 agudo3 do miocárdio4 com supradesnivelamento do segmento ST (IAMCSST) que se apresentaram 12-48 horas após o início dos sintomas1 tiveram uma incidência5 menor de mortalidade6 em 30 dias se submetidos à revascularização, ou seja, intervenção coronária percutânea primária (2,1% vs 7,2% se não revascularizado). As taxas de mortalidade6 durante o acompanhamento com duração mediana de 58 meses também favoreceram o grupo revascularizado (30,4 vs 78,7 por 1.000 pacientes-ano), e a revascularização foi independentemente associada a uma redução significativa da mortalidade6 a longo prazo.
1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Infarto: Morte de um tecido por irrigação sangüínea insuficiente. O exemplo mais conhecido é o infarto do miocárdio, no qual se produz a obstrução das artérias coronárias com conseqüente lesão irreversível do músculo cardíaco.
3 Agudo: Descreve algo que acontece repentinamente e por curto período de tempo. O oposto de crônico.
4 Miocárdio: Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sangüíneo. Sinônimos: Músculo Cardíaco; Músculo do Coração
5 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
6 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
- 07/10/2021
Uso de metformina pode prolongar a gestação na pré-eclâmpsia pré-termo

Uso de metformina pode prolongar a gestação na pré-eclâmpsia pré-termo

Estudo publicado pelo The British Medical Journal buscou avaliar se a metformina1 de liberação prolongada pode ser usada para prolongar a gestação em mulheres com pré-eclâmpsia2 pré-termo sob observação vigilante. O tempo médio desde a randomização até o parto foi de 17,7 dias no braço da metformina1 e 10,1 dias no braço do placebo3, uma diferença média de 7,6 dias. Este estudo sugere que a metformina1 de liberação prolongada pode prolongar a gestação em mulheres com pré-eclâmpsia2 pré-termo, embora sejam necessários mais estudos. Ele fornece uma prova de conceito4 de que o tratamento da pré-eclâmpsia2 pré-termo é possível.
1 Metformina: Medicamento para uso oral no tratamento do diabetes tipo 2. Reduz a glicemia por reduzir a quantidade de glicose produzida pelo fígado e ajudando o corpo a responder melhor à insulina produzida pelo pâncreas. Pertence à classe das biguanidas.
2 Pré-eclâmpsia: É caracterizada por hipertensão, edema (retenção de líquidos) e proteinúria (presença de proteína na urina). Manifesta-se na segunda metade da gravidez (após a 20a semana de gestação) e pode evoluir para convulsão e coma, mas essas condições melhoram com a saída do feto e da placenta. No meio médico, o termo usado é Moléstia Hipertensiva Específica da Gravidez. É a principal causa de morte materna no Brasil atualmente.
3 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
4 Prova de conceito: Prova de conceito (PoC ou Proof of Concept) é um termo utilizado para denominar um modelo prático que possa provar o conceito (teórico) estabelecido por uma pesquisa ou artigo técnico. Ela pode ser considerada uma implementação, em geral resumida ou incompleta, de um método ou de uma ideia, realizada com o propósito de verificar se o conceito ou a teoria em questão é susceptível de ser explorado de maneira útil.
- 11/10/2021
Molnupiravir, um antiviral oral contra a COVID-19, reduziu o risco de hospitalização ou morte em aproximadamente 50%

Molnupiravir, um antiviral oral contra a COVID-19, reduziu o risco de hospitalização ou morte em aproximadamente 50%

O tratamento com o antiviral oral experimental molnupiravir cortou o risco de hospitalização e morte pela metade para pacientes1 com COVID-19 em risco, disse a fabricante Merck. Uma análise provisória do ensaio multinacional de fase III MOVe-OUT constatou que entre 775 pacientes com COVID-19 de alto risco não hospitalizados, 7,3% dos que tomavam molnupiravir foram hospitalizados ou morreram até o dia 29 da randomização, em comparação com 14,1% daqueles recebendo placebo2. Além disso, a Merck observou que não houve mortes no grupo do molnupiravir, contra oito no grupo do placebo2. Com base em dados de sequenciamento viral de 40% dos participantes, a droga foi eficaz contra as variantes Gamma, Mu e Delta do coronavírus. Os eventos adversos gerais e os relacionados ao medicamento foram comparáveis em ambos os braços do estudo. Diante desses resultados positivos, a empresa planeja entrar com um pedido de autorização de uso emergencial.
1 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
2 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
- 05/10/2021
Padrões de alimentação saudável podem reduzir o risco cardiovascular em crianças consideradas com sobrepeso ou obesas

Padrões de alimentação saudável podem reduzir o risco cardiovascular em crianças consideradas com sobrepeso ou obesas

Nova pesquisa publicada no jornal científico Clinical Pediatrics enfatiza o impacto das escolhas e intervenções dietéticas na redução dos fatores de risco cardiovascular entre crianças com sobrepeso1 ou obesidade2. Em uma avaliação de 3 padrões alimentares específicos em crianças de 9 a 18 anos com IMC3 no percentil 95 ou superior, os resultados forneceram evidências que sugerem que a adesão a qualquer uma das 3 dietas examinadas no estudo pode resultar em melhorias significativas nos fatores de risco cardiovascular nessa população de pacientes. Melhorias significativas foram observadas ao examinar o peso, pressão arterial sistólica4 e diastólica e mieloperoxidase. Além disso, resultados estatisticamente significativos semelhantes foram observados para colesterol5 total e LDL6.
1 Sobrepeso: Peso acima do normal, índice de massa corporal entre 25 e 29,9.
2 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
3 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
4 Pressão arterial sistólica: É a pressão mais elevada (pico) verificada nas artérias durante a fase de sístole do ciclo cardíaco, é também chamada de pressão máxima.
5 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
6 LDL: Lipoproteína de baixa densidade, encarregada de transportar colesterol através do sangue. Devido à sua tendência em depositar o colesterol nas paredes arteriais e a produzir aterosclerose, tem sido denominada “mau colesterol“.
- 06/10/2021

Elogios, críticas ou sugestões

Seu nome:
Seu email:
Mensagem:

  • Entrar
  • Receber conteúdos