news.med.br  -  Medical Journal
Medical Journal - 30/12/20
A depressão durante a juventude está associada a maiores riscos de morbidade1 e mortalidade2 subsequentes? Em estudo publicado no JAMA Psychiatry, entre indivíduos com depressão juvenil anterior, houve riscos relativos e absolutos aumentados de ser diagnosticado com uma ampla gama de condições médicas e de morte precoce, em comparação à população em geral. Essas descobertas sugerem que várias condições médicas devem ser consideradas ao investigar a depressão em jovens.
1 Morbidade: Morbidade ou morbilidade é a taxa de portadores de determinada doença em relação à população total estudada, em determinado local e em determinado momento.
2 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
   [Mais...]

Medical Journal - 29/12/20
O sucesso de uma vacina1 contra COVID-19 dependerá de sua eficácia, e também dependerá de quão rápida e amplamente ela pode ser aplicada, da gravidade da pandemia2 e da vontade do público de ser imunizado, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Harvard Medical School. O estudo, publicado na revista Health Affairs, conclui que muito mais investimento é necessário para garantir que as vacinas contra COVID-19 aprovadas possam ser produzidas e distribuídas de forma eficiente e que mais deve ser feito para promover a confiança do público na imunização3.
1 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
2 Pandemia: É uma epidemia de doença infecciosa que se espalha por um ou mais continentes ou por todo o mundo, causando inúmeras mortes. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a pandemia pode se iniciar com o aparecimento de uma nova doença na população, quando o agente infecta os humanos, causando doença séria ou quando o agente dissemina facilmente e sustentavelmente entre humanos. Epidemia global.
3 Imunização: Processo mediante o qual se adquire, de forma natural ou artificial, a capacidade de defender-se perante uma determinada agressão bacteriana, viral ou parasitária. O exemplo mais comum de imunização é a vacinação contra diversas doenças (sarampo, coqueluche, gripe, etc.).
   [Mais...]

Medical Journal - 28/12/20
Estudo publicado no The Lancet avaliou duas novas candidatas à vacina1 oral de poliovírus tipo 2, projetadas para serem geneticamente mais estáveis do que a vacina1 Sabin monovalente. Ambas as candidatas a vacina1 foram tão seguras, bem toleradas e imunogênicas quanto a vacina1 monovalente em adultos previamente vacinados com vacina1 oral de poliovírus e vacinados com vacina1 de poliovírus inativado. Esses dados apoiaram a avaliação adicional das candidatas a vacinas em crianças e bebês2.
1 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
2 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
   [Mais...]

Medical Journal - 28/12/20
Em relatório publicado no JAMA Pediatrics, avaliou-se o número de vacinações na infância e na adolescência administradas nos meses antes e depois do início do surto de COVID-19 no Colorado, Estados Unidos. Durante acompanhamento de 18 semanas, entre 5 de janeiro de 2020 a 2 de maio de 2020, comparou-se o período das semanas 1 a 11 com as semanas 12 a 18 e identificou-se uma queda na taxa média de imunização1 de 31% para indivíduos de 0 a 2 anos, 78% para aqueles de 3 a 9 anos e 82% para aqueles de 10 a 17 anos.
1 Imunização: Processo mediante o qual se adquire, de forma natural ou artificial, a capacidade de defender-se perante uma determinada agressão bacteriana, viral ou parasitária. O exemplo mais comum de imunização é a vacinação contra diversas doenças (sarampo, coqueluche, gripe, etc.).
   [Mais...]

Medical Journal - 23/12/20
O sistema cardiovascular1 exibe fortes ritmos circadianos para manter o funcionamento normal, e horários de sono irregulares representam uma perturbação dos ritmos circadianos. Estudo publicado no Journal of the American College of Cardiology examinou essa possível associação e concluiu que a duração e o horário irregulares do sono podem ser novos fatores de risco para doença cardiovascular, independentemente dos fatores de risco para DCV tradicionais e da quantidade e/ou qualidade do sono.
1 Sistema cardiovascular: O sistema cardiovascular ou sistema circulatório sanguíneo é formado por um circuito fechado de tubos (artérias, veias e capilares) dentro dos quais circula o sangue e por um órgão central, o coração, que atua como bomba. Ele move o sangue através dos vasos sanguíneos e distribui substâncias por todo o organismo.
   [Mais...]

Medical Journal - 23/12/20
Uma nova pesquisa publicada no European Heart Journal reuniu dados de mais de 37 mil pacientes no estudo UK Biobank e mostrou que hiperintensidades da substância branca foram fortemente associadas com pressão arterial1 elevada atual e passada. Qualquer aumento na pressão arterial1, mesmo abaixo de 140 para pressão sistólica2 e abaixo de 90 mmHg para pressão diastólica3, e principalmente se necessitar de medicação anti-hipertensiva, foi associado ao aumento de hiperintensidades da substância branca.
1 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
2 Pressão sistólica: É a pressão mais elevada (pico) verificada nas artérias durante a fase de sístole do ciclo cardíaco. É também chamada de pressão máxima.
3 Pressão Diastólica: É a pressão mais baixa detectada no sistema arterial sistêmico, observada durante a fase de diástole do ciclo cardíaco. É também denominada de pressão mínima.
   [Mais...]

Medical Journal - 22/12/20
Em estudo publicado pelo The British Medical Journal, a razão de chances de câncer1 para pessoas com defeitos congênitos2 importantes, em comparação com aquelas sem, foi de 1,74. Os resultados demonstram que o aumento do risco de câncer1 em indivíduos com defeitos congênitos2 persistiu na idade adulta, tanto para anomalias cromossômicas quanto não cromossômicas.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Defeitos congênitos: Problemas ou condições que estão presentes ao nascimento.
   [Mais...]

Medical Journal - 22/12/20
Estudo publicado no The British Medical Journal avaliou e comparou os benefícios e malefícios do tratamento convencional ativo versus certolizumabe pegol, abatacepte ou tocilizumabe em pacientes com artrite reumatoide1 inicial. Todos os quatro tratamentos alcançaram altas taxas de remissão. Os resultados destacaram a eficácia e segurança do tratamento convencional ativo baseado em metotrexato combinado com corticosteroides, com resultados nominalmente melhores para o abatacepte, na artrite reumatoide1 inicial que ainda não foi tratada.
1 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.
   [Mais...]

Medical Journal - 21/12/20
Os medicamentos de profilaxia pré-exposição1 (PrEP) são 90% eficazes na prevenção de infecções2 por HIV3 em homens que fazem sexo com homens. Mas a eficácia dos medicamentos de PrEP cai para 50% ou menos nas mulheres. Estudo publicado na revista PLOS Pathogens investigou o impacto das comunidades do microbioma4 vaginal no metabolismo5 de drogas de PrEP com base em antirretrovirais para HIV3. Descobriu-se que a microbiota6 vaginal disbiótica metaboliza os fármacos da PrEP mais rápido do que a captação das células7-alvo, alterando significativamente as taxas de infecção8 por HIV3.
1 Profilaxia pré-exposição: É uma maneira de as pessoas que não têm o HIV, mas que estão em risco de adquiri-lo, evitarem de contrair o HIV tomando um único comprimido (geralmente uma combinação de dois antirretrovirais) todos os dias. Esta preparação, quando feita de forma consistente, tem demonstrado reduzir o risco de infecção por HIV em indivíduos que estão em risco elevado, mais alto que 92%. Esta forma de prevenção é muito menos eficaz se não for tomada de forma consistente.
2 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 HIV: Abreviatura em inglês do vírus da imunodeficiência humana. É o agente causador da AIDS.
4 Microbioma: Comunidade ecológica de microrganismos comensais, simbióticos e patogênicos que compartilham nosso espaço corporal. Microbioma humano é o conjunto de microrganismos que reside no corpo do Homo sapiens, mantendo uma relação simbiótica com o hospedeiro. O conceito vai além do termo microbiota, incluindo também a relação entre as células microbianas e as células e sistemas humanos, por meio de seus genomas, transcriptomas, proteomas e metabolomas.
5 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
6 Microbiota: Em ecologia, chama-se microbiota ao conjunto dos microrganismos que habitam um ecossistema, principalmente bactérias, protozoários e outros microrganismos que têm funções importantes na decomposição da matéria orgânica e, portanto, na reciclagem dos nutrientes. Fazem parte da microbiota humana uma quantidade enorme de bactérias que vivem em harmonia no organismo e auxiliam a ação do sistema imunológico e a nutrição, por exemplo.
7 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
8 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
   [Mais...]

Medical Journal - 17/12/20
Os transtornos alimentares são transtornos mentais graves com prevalência1 crescente. Resultados de estudo publicado no JAMA Network Open delineiam associações temporais e etiologias compartilhadas entre comportamentos alimentares desordenados e outros transtornos de saúde2 mental e enfatizam o potencial das avaliações genéticas e fenotípicas3 de obesidade4, transtornos comportamentais e neuroticismo5 para melhorar o diagnóstico6 precoce e diferencial de transtornos alimentares.
1 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Fenotípicas: Referente a fenótipo, ou seja, à manifestação visível ou detectável de um genótipo. Características físicas, morfológicas e fisiológicas do organismo.
4 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
5 Neuroticismo: Compreende um domínio da personalidade. As características dele são muito associadas a dimensões neuróticas da personalidade, como ansiedade, depressão, tensão, irracionalidade; geralmente apresenta características de baixa auto-estima e tendência a sentimentos de culpa.
6 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
   [Mais...]

» 17/12/2020 - Dieta vegana com baixo teor de gordura é eficaz para reduzir o peso corporal e aumentar a sensibilidade à insulina e o metabolismo pós-prandial
» 16/12/2020 - Combinação sequencial de farmacoterapia e psicoterapia foi associada a risco reduzido de recidiva e recorrência no transtorno depressivo maior
» 16/12/2020 - Amostragem de fluido intersticial da pele humana usando um adesivo de microagulhas pode ajudar a revelar problemas de saúde
» 15/12/2020 - Passar muito tempo sentada ou deitada pode aumentar o risco de insuficiência cardíaca em 42% em mulheres mais velhas
» 14/12/2020 - Isolamento de casos de COVID-19: estudo revela que os pacientes são geralmente mais infecciosos dois dias antes do início dos sintomas e cinco dias depois
» 11/12/2020 - Estudo identifica uma interação transitória e cooperativa entre as células do câncer de ovário, um novo mecanismo que impulsiona a propagação do tumor
» 10/12/2020 - Pontuações mais altas de ingestão de dieta mediterrânea foram associadas a uma redução de 30% do risco futuro de diabetes tipo 2
» 09/12/2020 - Os inflamassomas são ativados em resposta à infecção por SARS-CoV-2 e estão associados à gravidade da COVID-19 nos pacientes
» 09/12/2020 - Vacina de Oxford contra a COVID-19 é segura e protege contra doença, de acordo com primeiros resultados publicados de ensaios de fase 3
» 08/12/2020 - Coenzima Q10 e doenças degenerativas que afetam a longevidade


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar