news.med.br  -  Medical Journal
Medical Journal - 07/02/18
Pacientes com diabetes1, determinado por níveis de hemoglobina2 A1c3 (HbA1c4) superiores aos normais, apresentam maior declínio cognitivo5 em 10 anos em comparação com aqueles com taxas normais de açúcar6 no sangue7, sugerindo que um bom controle glicêmico poderia ajudar a retardar uma possível progressão para a demência8.
1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Hemoglobina: Proteína encarregada de transportar o oxigênio desde os pulmões até os tecidos do corpo. Encontra-se em altas concentrações nos glóbulos vermelhos.
3 A1C: O exame da Hemoglobina Glicada (A1C) ou Hemoglobina Glicosilada é um teste laboratorial de grande importância na avaliação do controle do diabetes. Ele mostra o comportamento da glicemia em um período anterior ao teste de 60 a 90 dias, possibilitando verificar se o controle glicêmico foi efetivo neste período. Isso ocorre porque durante os últimos 90 dias a hemoglobina vai incorporando glicose em função da concentração que existe no sangue. Caso as taxas de glicose apresentem níveis elevados no período, haverá um aumento da hemoglobina glicada. O valor de A1C mantido abaixo de 7% promove proteção contra o surgimento e a progressão das complicações microvasculares do diabetes (retinopatia, nefropatia e neuropatia).
4 HbA1C: Hemoglobina glicada, hemoglobina glicosilada, glico-hemoglobina ou HbA1C e, mais recentemente, apenas como A1C é uma ferramenta de diagnóstico na avaliação do controle glicêmico em pacientes diabéticos. Atualmente, a manutenção do nível de A1C abaixo de 7% é considerada um dos principais objetivos do controle glicêmico de pacientes diabéticos. Algumas sociedades médicas adotam metas terapêuticas mais rígidas de 6,5% para os valores de A1C.
5 Cognitivo: 1. Relativo ao conhecimento, à cognição. 2. Relativo ao processo mental de percepção, memória, juízo e/ou raciocínio. 3. Diz-se de estados e processos relativos à identificação de um saber dedutível e à resolução de tarefas e problemas determinados. 4. Diz-se dos princípios classificatórios derivados de constatações, percepções e/ou ações que norteiam a passagem das representações simbólicas à experiência, e também da organização hierárquica e da utilização no pensamento e linguagem daqueles mesmos princípios.
6 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
7 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
8 Demência: Deterioração irreversível e crônica das funções intelectuais de uma pessoa.
   [Mais...]

Medical Journal - 24/01/18
Com o objetivo de examinar a associação entre as prescrições maternas de agentes antitireoideanos durante a gestação e o risco de malformações1 congênitas2, foi realizado um estudo de coorte3 coreana, publicado pelo periódico Annals of Internal Medicine.
1 Malformações: 1. Defeito na forma ou na formação; anomalia, aberração, deformação. 2. Em patologia, é vício de conformação de uma parte do corpo, de origem congênita ou hereditária, geralmente curável por cirurgia. Ela é diferente da deformação (que é adquirida) e da monstruosidade (que é incurável).
2 Congênitas: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
3 Estudo de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
   [Mais...]

Medical Journal - 19/01/18
A influência da microbiota1 intestinal nos efeitos diferenciais da sacarose e do amido nos lipídios sanguíneos, bem como a influência da qualidade dos carboidratos na beta-glucuronidase e na atividade do câncer2, merecem uma maior atenção dos pesquisadores, segundo artigo publicado pela PLOS Biology.
1 Microbiota: Em ecologia, chama-se microbiota ao conjunto dos microrganismos que habitam um ecossistema, principalmente bactérias, protozoários e outros microrganismos que têm funções importantes na decomposição da matéria orgânica e, portanto, na reciclagem dos nutrientes. Fazem parte da microbiota humana uma quantidade enorme de bactérias que vivem em harmonia no organismo e auxiliam a ação do sistema imunológico e a nutrição, por exemplo.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

Medical Journal - 16/01/18
Revisão publicada pelo The Lancet Diabetes1&Endocrinology, por pesquisadores da School of Life and Health Sciences, Aston University, no Reino Unido, descreveram a epidemiologia e os conhecimentos existentes até o momento sobre fisiopatologia2, fatores de risco, complicações e manejo de diabetes tipo 23 em adolescentes e adultos jovens.
1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Fisiopatologia: Estudo do conjunto de alterações fisiológicas que acontecem no organismo e estão associadas a uma doença.
3 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
   [Mais...]

Medical Journal - 27/12/17
Já é sabido que a menarca1 precoce é um dos antecedentes mais consistentemente replicados de problemas de saúde2 mental na adolescência, mas quase nenhum pesquisador examinou a longevidade desses efeitos.
1 Menarca: Refere-se à ocorrência da primeira menstruação.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Medical Journal - 07/12/17
Com o intuito de saber se a contracepção1 hormonal contemporânea está associada a um risco aumentado de câncer2 de mama3, foi realizado um trabalho publicado pelo periódico The New England Journal of Medicine (NEJM).
1 Contracepção: Qualquer processo que evite a fertilização do óvulo ou a implantação do ovo. Os métodos de contracepção podem ser classificados de acordo com o seu objetivo em barreiras mecânicas ou químicas, impeditivas de nidação e contracepção hormonal.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
3 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
   [Mais...]

Medical Journal - 04/12/17
Cientistas do Institute of Biomedical and Clinical Science, University of Exeter Medical School, no Reino Unido, mostram em publicação online no The Lancet Diabetes1 & Endoccrinology que a falha no diagnóstico2 do diabetes tipo 13 de início tardio pode ter sérias consequências, pois esses pacientes desenvolvem rapidamente dependência à insulina4.
1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
3 Diabetes tipo 1: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada por deficiência na produção de insulina. Ocorre quando o próprio sistema imune do organismo produz anticorpos contra as células-beta produtoras de insulina, destruindo-as. O diabetes tipo 1 se desenvolve principalmente em crianças e jovens, mas pode ocorrer em adultos. Há tendência em apresentar cetoacidose diabética.
4 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
   [Mais...]

Medical Journal - 27/11/17
Estudo apresentado na reunião anual da Swedish Surgical Society, na Suécia, em agosto de 2015, e na reunião anual do GallRiks Register, também na Suécia, em abril de 2016, revelou que a colecistectomia deve ser realizada antes, e não durante ou após a realização do RYGB, quando os dois procedimentos são indicados.   [Mais...]
Medical Journal - 24/11/17
Os resultados de uma revisão de meta-análises, sobre múltiplos resultados em saúde1 derivados do consumo de café, foram publicados pelo BMJ e mostram que o consumo de 3 ou 4 xícaras de café ao dia pode ser a medida mais benéfica à saúde1.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Medical Journal - 22/11/17
Um estudo publicado pelo American Journal of Epidemiology mostra que as associações de diabetes1 e hipertensão2 na gravidez3 podem aumentar o risco de doenças cardiometabólicas, principalmente quando ambas as condições estão presentes durante a gravidez3.
1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

» 20/11/2017 - BJOG: posições de sono da mãe podem influenciar na mortalidade fetal tardia
» 16/11/2017 - Novas diretrizes de hipertensão arterial com mudanças na classificação
» 13/11/2017 - Cálcio sérico diminuído pode aumentar risco de parada cardíaca súbita na população
» 10/11/2017 - Nature: lapsos neuronais seletivos precedem os lapsos cognitivos humanos após privação do sono
» 09/11/2017 - Risco em 20 anos de recidiva do câncer de mama após interrupção da terapia endócrina aos 5 anos, publicado pelo NEJM
» 07/11/2017 - JAMA: warfarin pode contribuir para reduzir a taxa de incidência de câncer?
» 31/10/2017 - Exposição de longo prazo ao paracetamol / acetaminofeno durante a gravidez foi associada ao risco de TDAH em estudo do Pediatrics
» 30/10/2017 - NEJM: cirurgia para epilepsia resistente a medicamentos em crianças
» 27/10/2017 - Lesão miocárdica perioperatória na cirurgia cardíaca pode ser menor quando a cirurgia é feita à tarde, estudo com publicação online pelo The Lancet
» 20/10/2017 - Nova cepa do vírus da gripe aviária H7N9 tem potencial para causar futuras pandemias


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar
O news.med.br® é parte integrante da Plataforma HiDoctor® e é oferecido a você gratuitamente.