news.med.br  -  Medical Journal
Medical Journal - 24/05/21
A hemorragia1 intracerebral e a doença arterial isquêmica compartilham fatores de risco, até onde se sabe, mas a associação entre as duas condições permanece desconhecida. Neste estudo, publicado no JAMA Neurology, descobriu-se que a hemorragia1 intracerebral foi associada a um risco aproximadamente 2 vezes maior de acidente vascular cerebral2 isquêmico3 e infarto do miocárdio4, independente de fatores de risco vascular5 e uso de medicação antitrombótica. Esses achados sugerem que a hemorragia1 intracerebral pode ser um novo marcador de risco para doença isquêmica arterial subsequente.
1 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
2 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
3 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
4 Infarto do miocárdio: Interrupção do suprimento sangüíneo para o coração por estreitamento dos vasos ou bloqueio do fluxo. Também conhecido por ataque cardíaco.
5 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
   [Mais...]

Medical Journal - 24/05/21
A terapia antiplaquetária é fundamental para prevenir eventos trombóticos1 após ataque isquêmico2 transitório ou acidente vascular cerebral3 isquêmico2. Nesta pesquisa, publicada na revista Stroke, foi demonstrado que, em comparação com a aspirina sozinha, a terapia antiplaquetária dupla de curto prazo dentro de 24 horas de ataque isquêmico2 transitório de alto risco ou AVC isquêmico2 leve a moderado reduz o risco de AVC recorrente às custas de maior risco de hemorragia4 maior.
1 Trombóticos: Relativo à trombose, ou seja, à formação ou desenvolvimento de um trombo (coágulo).
2 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
3 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
4 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
   [Mais...]

Medical Journal - 21/05/21
Apesar da recente intensificação das medidas de controle, o Plasmodium vivax representa um grande desafio para os esforços de eliminação da malária. A tafenoquina, um novo tratamento de dose única, oferece uma opção alternativa para prevenir recaídas e reduzir a transmissão. Nesse estudo de modelagem, publicado na revista PLOS Medicine, previu-se que a tafenoquina tem o potencial de reduzir a transmissão do P. vivax, melhorando a cura radical eficaz por meio do aumento da adesão e proteção contra novas infecções1. Embora a tafenoquina por si só possa não ser suficiente para a eliminação do P. vivax, sua introdução irá melhorar o gerenciamento de casos, prevenir um número substancial de casos e aproximar os países de alcançar as metas de eliminação da malária.
1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
   [Mais...]

Medical Journal - 20/05/21
A suscetibilidade ao fumo no futuro entre os jovens que nunca fumaram não mudou nos últimos 20 anos, embora o tabagismo experimental tenha diminuído. Nesse estudo, publicado pela revista Pediatrics, pesquisadores avaliaram como a suscetibilidade ao fumo e o marketing relacionado à indústria do tabaco influenciaram a iniciação ao tabagismo, com os resultados indicando que ambos os fatores foram preditivos de tabagismo futuro.   [Mais...]
Medical Journal - 20/05/21
As crianças podem estar em um caminho para o desenvolvimento de alergias, asma1 e eczema2 antes de nascerem. A análise das primeiras fezes de um bebê, conhecida como mecônio3, mostra que a falta de certos compostos bioquímicos e bactérias intestinais normalmente vistos nas fezes está associada a um risco maior de alergias e outras condições. Assim, a primeira defecação de um bebê poderia revelar se ele está sob risco de alergias e asma1. Uma nova pesquisa, publicada na revista científica Cell Reports Medicine, destacou como a trajetória tanto da colonização da microbiota4 quanto do desenvolvimento imunológico são significativamente afetados pelos metabólitos5 presentes no intestino neonatal ao nascimento.
1 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
2 Eczema: Afecção alérgica da pele, ela pode ser aguda ou crônica, caracterizada por uma reação inflamatória com formação de vesículas, desenvolvimento de escamas e prurido.
3 Mecônio: Material mucilaginoso (espesso, de cor variando entre verde e preto) encontrado nos intestinos de fetos à termo. Constituído por secreções de glândulas intestinais, PIGMENTOS BILIARES, ÁCIDOS GRAXOS, LÍQUIDO AMNIÓTICO e fragmentos intra-uterinos. O mecônio constitui as primeiras evacuações feitas pelo recém-nascido.
4 Microbiota: Em ecologia, chama-se microbiota ao conjunto dos microrganismos que habitam um ecossistema, principalmente bactérias, protozoários e outros microrganismos que têm funções importantes na decomposição da matéria orgânica e, portanto, na reciclagem dos nutrientes. Fazem parte da microbiota humana uma quantidade enorme de bactérias que vivem em harmonia no organismo e auxiliam a ação do sistema imunológico e a nutrição, por exemplo.
5 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
   [Mais...]

Medical Journal - 19/05/21
A recuperação de peso após a perda de peso é um grande problema no tratamento de pessoas com obesidade1. Em ensaio clínico publicado no The New England Journal of Medicine, comparou-se 4 estratégias para a manutenção da perda de peso: programa de exercícios; liraglutida; combinação de exercícios mais liraglutida; e placebo2. O estudo concluiu que uma estratégia que combina exercícios e terapia com liraglutida melhorou a manutenção saudável da perda de peso mais do que qualquer um dos tratamentos isoladamente.
1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
2 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Medical Journal - 19/05/21
A massa gorda1 e a massa magra2 podem desempenhar papéis independentes no risco de mortalidade3, mas os estudos disponíveis sobre a composição corporal produziram resultados inconsistentes. Nesse estudo, publicado pelo The American Journal of Clinical Nutrition, demonstrou-se que o excesso de massa gorda1 está relacionado ao aumento do risco de mortalidade3, enquanto a massa magra2 protege contra o risco de mortalidade3. Esses achados sugerem que a composição corporal fornece informações prognósticas importantes sobre o risco de mortalidade3 de um indivíduo, não fornecidas por substitutos tradicionais da adiposidade, como o IMC4.
1 Massa gorda: É a porção de massa do organismo constituída de gordura armazenada (encontrada no tecido subcutâneo) e gordura essencial (encontrada nas vísceras, responsável pelo funcionamento fisiológico normal). A massa gorda é o resultado em quilos do percentual de gordura existente no organismo. Por exemplo, um indivíduo de 100 quilos e com percentual de gordura de 38%, pode ter o valor da massa gorda calculado em 38 quilos.
3 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
4 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
   [Mais...]

Medical Journal - 18/05/21
A obesidade1 é um importante fator de risco2 para resultados adversos após a infecção3 com SARS-CoV-2. Nesse estudo, publicado no The Lancet Diabetes4 & Endocrinology, para um IMC5 de mais de 23 kg/m² foi encontrado um aumento linear no risco de COVID-19 grave levando à internação hospitalar e morte, e um aumento linear na internação em UTI em toda a faixa de IMC5, o que não é atribuível a riscos excessivos de doenças relacionadas. O risco relativo devido ao aumento do IMC5 é particularmente notável em pessoas com menos de 40 anos e de etnia negra.
1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
2 Fator de risco: Qualquer coisa que aumente a chance de uma pessoa desenvolver uma doença.
3 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
4 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
5 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
   [Mais...]

Medical Journal - 18/05/21
Apesar de inicialmente ter sido considerada uma doença respiratória, a Covid-19 pode ser, na verdade, uma doença vascular1, de acordo com um estudo publicado no jornal científico Circulation Research, da American Heart Association. Na pesquisa, foi documentado como a proteína spike do vírus2 Sars-CoV-2 contribui para danificar células3 endoteliais vasculares4. Os pesquisadores acreditam que a descoberta pode explicar melhor as complicações da Covid-19 e abrir portas para criar tratamentos mais eficazes contra a doença.
1 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
2 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
3 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
4 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
   [Mais...]

Medical Journal - 17/05/21
A administração profilática de ácido tranexâmico foi associada à redução da hemorragia1 pós-parto após cesariana em vários pequenos ensaios, mas as evidências de seu benefício neste contexto clínico permanecem inconclusivas. Nesse estudo, publicado no The New England Journal of Medicine, foi demonstrado que, entre as mulheres que realizaram parto cesáreo e receberam agentes uterotônicos profiláticos, o tratamento com ácido tranexâmico resultou em uma incidência2 significativamente menor de perda de sangue3 estimada calculada maior que 1000 ml ou transfusão4 de hemácias5 dentro de 2 dias do que o placebo6, mas não resultou em uma incidência2 menor de desfechos clínicos secundários relacionados à hemorragia1.
1 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
2 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
3 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
4 Transfusão: Introdução na corrente sangüínea de sangue ou algum de seus componentes. Podem ser transfundidos separadamente glóbulos vermelhos, plaquetas, plasma, fatores de coagulação, etc.
5 Hemácias: Também chamadas de glóbulos vermelhos, eritrócitos ou células vermelhas. São produzidas no interior dos ossos a partir de células da medula óssea vermelha e estão presentes no sangue em número de cerca de 4,5 a 6,5 milhões por milímetro cúbico, em condições normais.
6 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

» 14/05/2021 - História de enxaqueca antes da menopausa indica aumento do risco de hipertensão
» 12/05/2021 - Análise de 12 coortes de AVC isquêmico agudo identifica locais estratégicos de infarto para comprometimento cognitivo pós-AVC
» 12/05/2021 - A redução da proteína tau acetilada é neuroprotetora em lesões cerebrais
» 11/05/2021 - Idade mais jovem no início do diabetes tipo 2 foi associada a maior risco de doença cardiovascular e mortalidade por todas as causas
» 11/05/2021 - Idade mais jovem no início do diabetes foi associada a um maior risco de demência subsequente
» 10/05/2021 - Taxas de deficiências de neurodesenvolvimento entre crianças nascidas prematuras permaneceram altas aos 5 anos de idade, em estudo do The BMJ
» 10/05/2021 - O comprometimento do neurodesenvolvimento aos 2 anos de idade prevê apenas fracamente o neurodesenvolvimento aos 10 anos para crianças nascidas extremamente prematuras
» 07/05/2021 - Células imunológicas T-CAR inteligentes podem matar tumores e impedir que eles voltem a crescer, de acordo com estudo em camundongos
» 06/05/2021 - Períodos curtos de uso de corticosteroide oral foram associados a eventos adversos potencialmente graves em crianças
» 05/05/2021 - História anterior de infecção por SARS-CoV-2 foi associada a um risco 84% menor de uma nova infecção


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Receber conteúdos