news.med.br  -  Medical Journal
Medical Journal - 07/01/22
A eficácia comparativa da rivaroxabana e da apixabana, os anticoagulantes1 orais mais frequentemente prescritos para a prevenção do AVC isquêmico2 em pacientes com fibrilação atrial, é incerta. Neste estudo, publicado pelo JAMA, a incidência3 ajustada de eventos isquêmicos ou hemorrágicos4 maiores foi de 16,1 por 1000 pessoas-ano para rivaroxabana vs 13,4 por 1000 pessoas-ano para apixabana, uma diferença que foi estatisticamente significativa. Assim, entre os adultos idosos com fibrilação atrial, o tratamento com rivaroxabana, em comparação com apixabana, foi associado a um risco significativamente aumentado de eventos isquêmicos ou hemorrágicos4 maiores.
1 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
2 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
3 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
4 Hemorrágicos: Relativo à hemorragia, ou seja, ao escoamento de sangue para fora dos vasos sanguíneos.
   [Mais...]

Medical Journal - 06/01/22
Estudo publicado pelo Mayo Clinic Proceedings teve como objetivo examinar a farmacoterapia para obesidade1 nos Estados Unidos de 2011 a 2016 usando uma grande amostra representativa nacionalmente. O estudo demonstrou que houve um ligeiro aumento nas menções a medicamentos antiobesidade, de 0,26% em 2011 para 0,28% em 2016, mas apenas 1% das consultas em consultório para pacientes2 com obesidade1 receberam prescrição de um medicamento antiobesidade. Enquanto isso, houve 760.470 consultas médicas em consultório para pacientes2 sem obesidade1, mas com menção a um medicamento antiobesidade. Os médicos tendiam a prescrever medicamentos antiobesidade para pessoas com obesidade1 com 51 anos ou mais e residentes no sul. A medicação antiobesidade para o tratamento da obesidade1 é significativamente subutilizada.
1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
2 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
   [Mais...]

Medical Journal - 05/01/22
Várias metanálises de ensaios clínicos1 randomizados demonstraram os muitos benefícios para a saúde2 do jejum intermitente3. No entanto, tem havido pouca síntese da força e qualidade dessas evidências no agregado até o momento. Novo estudo, publicado pelo JAMA Network Open, encontrou associações benéficas do jejum intermitente3 com resultados antropométricos e cardiometabólicos apoiados por evidências de qualidade moderada a alta, que apoiam o papel do jejum intermitente3, especialmente o jejum modificado em dias alternados, como uma abordagem de perda de peso para adultos com sobrepeso4 ou obesidade5. Os resultados associados ao jejum modificado em dias alternados incluíram uma redução moderada do peso corporal, do índice de massa corporal6 e de fatores de risco cardiometabólicos.
1 Ensaios clínicos: Há três fases diferentes em um ensaio clínico. A Fase 1 é o primeiro teste de um tratamento em seres humanos para determinar se ele é seguro. A Fase 2 concentra-se em saber se um tratamento é eficaz. E a Fase 3 é o teste final antes da aprovação para determinar se o tratamento tem vantagens sobre os tratamentos padrões disponíveis.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Intermitente: Nos quais ou em que ocorrem interrupções; que cessa e recomeça por intervalos; intervalado, descontínuo. Em medicina, diz-se de episódios de febre alta que se alternam com intervalos de temperatura normal ou cujas pulsações têm intervalos desiguais entre si.
4 Sobrepeso: Peso acima do normal, índice de massa corporal entre 25 e 29,9.
5 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
6 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
   [Mais...]

Medical Journal - 30/12/21
A ansiedade ampliou o risco de comprometimento cognitivo1 leve em pessoas sem comprometimento cognitivo1 com beta amiloide elevada, mostrou um estudo prospectivo2. Embora os depósitos de amiloide aumentem o risco de comprometimento cognitivo1 independentemente, houve uma interação aditiva significativa entre a amiloide e a ansiedade, relataram os pesquisadores no estudo publicado na revista Alzheimer3's & Dementia. Não houve efeito semelhante com a depressão. No que se trata de saúde4 pública, também foi descoberto que controlar a ansiedade na velhice com atividades físicas e apoio social pode diminuir o risco de comprometimento cognitivo1 leve de uma pessoa. O estudo concluiu, portanto, que a ansiedade modificou a associação entre deposição elevada de beta-amiloide e comprometimento cognitivo1 leve incidente5.
1 Cognitivo: 1. Relativo ao conhecimento, à cognição. 2. Relativo ao processo mental de percepção, memória, juízo e/ou raciocínio. 3. Diz-se de estados e processos relativos à identificação de um saber dedutível e à resolução de tarefas e problemas determinados. 4. Diz-se dos princípios classificatórios derivados de constatações, percepções e/ou ações que norteiam a passagem das representações simbólicas à experiência, e também da organização hierárquica e da utilização no pensamento e linguagem daqueles mesmos princípios.
2 Prospectivo: 1. Relativo ao futuro. 2. Suposto, possível; esperado. 3. Relativo à preparação e/ou à previsão do futuro quanto à economia, à tecnologia, ao plano social etc. 4. Em geologia, é relativo à prospecção.
3 Alzheimer: Doença degenerativa crônica que produz uma deterioração insidiosa e progressiva das funções intelectuais superiores. É uma das causas mais freqüentes de demência. Geralmente começa a partir dos 50 anos de idade e tem incidência similar entre homens e mulheres.
4 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
5 Incidente: 1. Que incide, que sobrevém ou que tem caráter secundário; incidental. 2. Acontecimento imprevisível que modifica o desenrolar normal de uma ação. 3. Dificuldade passageira que não modifica o desenrolar de uma operação, de uma linha de conduta.
   [Mais...]

Medical Journal - 29/12/21
Crianças com asma1 moderada a grave continuam a ter complicações da doença, apesar de receberem terapia padrão. O anticorpo2 monoclonal dupilumabe foi aprovado para o tratamento de adultos e adolescentes com asma1, bem como com outras doenças inflamatórias do tipo 2. Neste ensaio clínico, publicado pelo The New England Journal of Medicine, em pacientes com fenótipo3 inflamatório tipo 2, a taxa anual de exacerbações graves da asma1 foi de 0,31 com dupilumabe e 0,75 com placebo4 (redução do risco relativo no grupo dupilumabe de 59,3%). O estudo concluiu que, entre as crianças com asma1 moderada a grave não controlada, aquelas que receberam dupilumabe como complemento tiveram menos exacerbações da asma1 e melhor função pulmonar e controle da asma1 do que aquelas que receberam placebo4.
1 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
2 Anticorpo: Proteína circulante liberada pelos linfócitos em reação à presença no organismo de uma substância estranha (antígeno).
3 Fenótipo: Características apresentadas por um indivíduo sejam elas morfológicas, fisiológicas ou comportamentais. Também fazem parte do fenótipo as características microscópicas e de natureza bioquímica, que necessitam de testes especiais para a sua identificação, como, por exemplo, o tipo sanguíneo do indivíduo.
4 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Medical Journal - 28/12/21
A farmacoterapia oferece uma opção para adultos com sobrepeso1 e obesidade2 reduzirem seu peso corporal se as modificações no estilo de vida falharem. Neste estudo, publicado no The Lancet, pesquisadores resumiram as evidências mais recentes sobre os benefícios e danos dos medicamentos para redução de peso. Com exceção da levocarnitina, todos os medicamentos reduziram o peso corporal em comparação com a modificação do estilo de vida sozinha. Os resultados demonstraram que, em adultos com sobrepeso1 e obesidade2, a fentermina-topiramato e os agonistas dos receptores de GLP-1 provaram ser os melhores medicamentos para reduzir o peso; dos agonistas de GLP-1, a semaglutida pode ser o mais eficaz.
1 Sobrepeso: Peso acima do normal, índice de massa corporal entre 25 e 29,9.
2 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
   [Mais...]

Medical Journal - 27/12/21
Pessoas que param de fumar geralmente ganham peso, o que pode fazer com que alguns indivíduos comecem a fumar novamente. Os fatores subjacentes a este tipo de ganho de peso não são totalmente compreendidos. Sabe-se que microorganismos no intestino (microbiota1) podem influenciar aspectos da saúde2 humana e têm sido implicados na obesidade3. Em estudo publicado na revista Nature, pesquisadores relatam evidências de estudos em camundongos e humanos que apontam para a microbiota1 como tendo um papel no ganho de peso associado à cessação do tabagismo. Essas descobertas podem ajudar nos esforços para permitir que as pessoas evitem os efeitos colaterais4 associados a parar de fumar.
1 Microbiota: Em ecologia, chama-se microbiota ao conjunto dos microrganismos que habitam um ecossistema, principalmente bactérias, protozoários e outros microrganismos que têm funções importantes na decomposição da matéria orgânica e, portanto, na reciclagem dos nutrientes. Fazem parte da microbiota humana uma quantidade enorme de bactérias que vivem em harmonia no organismo e auxiliam a ação do sistema imunológico e a nutrição, por exemplo.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
4 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
   [Mais...]

Medical Journal - 23/12/21
O prognóstico1 de pacientes com linfoma2 de grandes células3 B recidivante4 ou refratário precoce após o recebimento de quimioimunoterapia de primeira linha é ruim. Neste ensaio, publicado pelo The New England Journal of Medicine, avaliou-se os resultados de axicabtagene ciloleucel (axi-cel, uma terapia de células3 T com receptor de antígeno5 quimérico anti-CD19 autólogo) como uma terapia de segunda linha. A análise do desfecho primário de sobrevida6 livre de eventos mostrou que a terapia com axi-cel foi superior ao tratamento padrão. A sobrevida6 livre de eventos em 24 meses foi de 41% para axi-cel e 16% para tratamento padrão. O estudo concluiu que a terapia com axi-cel levou a melhorias significativas, em comparação com o tratamento padrão, na sobrevida6 livre de eventos e na resposta, com o nível esperado de efeitos tóxicos de alto grau.
1 Prognóstico: 1. Juízo médico, baseado no diagnóstico e nas possibilidades terapêuticas, em relação à duração, à evolução e ao termo de uma doença. Em medicina, predição do curso ou do resultado provável de uma doença; prognose. 2. Predição, presságio, profecia relativos a qualquer assunto. 3. Relativo a prognose. 4. Que traça o provável desenvolvimento futuro ou o resultado de um processo. 5. Que pode indicar acontecimentos futuros (diz-se de sinal, sintoma, indício, etc.). 6. No uso pejorativo, pernóstico, doutoral, professoral; prognóstico.
2 Linfoma: Doença maligna que se caracteriza pela proliferação descontrolada de linfócitos ou seus precursores. A pessoa com linfoma pode apresentar um aumento de tamanho dos gânglios linfáticos, do baço, do fígado e desenvolver febre, perda de peso e debilidade geral.
3 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
4 Recidivante: Característica da doença que recidiva, que acontece de forma recorrente ou repetitiva.
5 Antígeno: 1. Partícula ou molécula capaz de deflagrar a produção de anticorpo específico. 2. Substância que, introduzida no organismo, provoca a formação de anticorpo.
6 Sobrevida: Prolongamento da vida além de certo limite; prolongamento da existência além da morte, vida futura.
   [Mais...]

Medical Journal - 22/12/21
Um produto químico isolado do extrato de semente de uva prolonga a expectativa de vida1 de ratos velhos em 9% ao limpar suas células2 velhas e gastas. O tratamento também parece deixar os ratos em boa forma física e reduzir o tamanho dos tumores quando usado junto com a quimioterapia3 para tratar o câncer4, segundo estudo publicado na revista Nature Metabolism. O estudo descobriu que o flavonoide procianidina C1 tem atividade senoterapêutica e aumenta o tempo de vida em camundongos, identificando-o como um agente senoterapêutico natural com atividade in vivo e alto potencial para desenvolvimento posterior como uma intervenção clínica para retardar, aliviar ou prevenir patologias relacionadas à idade. A descoberta fortalece o caso para futuras terapias anti-envelhecimento que tenham como alvo as células2 senescentes5.
1 Expectativa de vida: A expectativa de vida ao nascer é o número de anos que se calcula que um recém-nascido pode viver caso as taxas de mortalidade registradas da população residente, no ano de seu nascimento, permaneçam as mesmas ao longo de sua vida.
2 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
3 Quimioterapia: Método que utiliza compostos químicos, chamados quimioterápicos, no tratamento de doenças causadas por agentes biológicos. Quando aplicada ao câncer, a quimioterapia é chamada de quimioterapia antineoplásica ou quimioterapia antiblástica.
4 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
5 Senescentes: Que está em processo de envelhecimento.
   [Mais...]

Medical Journal - 21/12/21
Estudo publicado na revista Diabetes1 Care teve como objetivo avaliar a associação de um estilo de vida saudável, envolvendo sete fatores de baixo risco mencionados nas diretrizes de gerenciamento de diabetes1 (não fumar, consumo moderado de álcool, atividade física regular, dieta saudável, comportamento menos sedentário, duração adequada do sono e conexão social adequada), com mortalidade2 por todas as causas e por causa específica entre indivíduos com diabetes tipo 23. Foi demonstrado que um estilo de vida saudável foi associado a um menor risco de mortalidade2 por todas as causas e mortalidade2 devido a doenças cardiovasculares4, câncer5, doenças respiratórias e doenças digestivas entre indivíduos com diabetes tipo 23. Na análise de risco atribuível à população, 29,4% das mortes foram atribuídas a um estilo de vida ruim.
1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
3 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
4 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
5 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

» 20/12/2021 - Descoberta nova estratégia para tratamento do câncer de mama triplo-negativo através da modulação e indução de resposta imune mais eficiente
» 20/12/2021 - Novo regime de quimioimunoterapia impressiona no neuroblastoma pediátrico
» 17/12/2021 - Ianalumabe subcutâneo foi eficaz em diminuir a atividade da doença em pacientes com síndrome de Sjögren primária
» 16/12/2021 - Macrófagos do cordão umbilical são capazes de estabelecer respostas antivirais que inibem a replicação do HIV
» 15/12/2021 - Pessoas com catarata podem reduzir o risco de desenvolver demência em cerca de 30%, submetendo-se a uma cirurgia para restaurar a visão
» 15/12/2021 - Viagra pode ser útil contra a demência de Alzheimer
» 14/12/2021 - Dieta rica em alimentos ultraprocessados está associada a riscos aumentados de mortalidade por todas as causas e por doenças cardiovasculares em indivíduos com doença cardiovascular
» 14/12/2021 - Mutação genética pode causar níveis mais baixos de colesterol e de uma proteína de coagulação do sangue associada a doenças cardíacas
» 13/12/2021 - Grande variedade de doenças imunomediadas foram associadas ao risco de câncer
» 13/12/2021 - Cirurgia citorredutora seguida de quimioterapia aumenta a sobrevida no câncer de ovário recidivante


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Receber conteúdos