news.med.br  -  Medical Journal
Medical Journal - 10/12/20
Em estudo de coorte1 conduzido entre 25.317 mulheres aparentemente saudáveis, com publicação no JAMA Network Open, escores mais elevados de ingestão de dieta mediterrânea2 foram associados a uma redução de 30% do risco relativo de diabetes tipo 23 durante um período de 20 anos, o que poderia ser explicado em grande parte por biomarcadores de resistência à insulina4, índice de massa corporal5, metabolismo6 de lipoproteínas e inflamação7.
1 Estudo de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
2 Dieta Mediterrânea: Alimentação rica em carboidratos, fibras, elevado consumo de verduras, legumes e frutas (frescas e secas) e pobre em ácidos graxos saturados. É recomendada uma ingestão maior de gordura monoinsaturada em decorrência da grande utilização do azeite de oliva. Além de vinho.
3 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
4 Resistência à insulina: Inabilidade do corpo para responder e usar a insulina produzida. A resistência à insulina pode estar relacionada à obesidade, hipertensão e altos níveis de colesterol no sangue.
5 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
6 Metabolismo: É o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos. São essas reações que permitem a uma célula ou um sistema transformar os alimentos em energia, que será ultilizada pelas células para que as mesmas se multipliquem, cresçam e movimentem-se. O metabolismo divide-se em duas etapas: catabolismo e anabolismo.
7 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
   [Mais...]

Medical Journal - 09/12/20
Estudo publicado no Journal of Experimental Medicine demonstrou que o inflamassoma NLRP3 é ativado em resposta à infecção1 por SARS-CoV-2 e está ativo em pacientes com COVID-19. Produtos derivados de inflamassoma, como Casp1p20 e IL-18 no soro2, foram correlacionados com os marcadores de gravidade da COVID-19. Os resultados, portanto, sugerem que os inflamassomas participam da fisiopatologia3 da COVID-19 e podem ser um marcador de gravidade da doença e um potencial alvo terapêutico.
1 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
3 Fisiopatologia: Estudo do conjunto de alterações fisiológicas que acontecem no organismo e estão associadas a uma doença.
   [Mais...]

Medical Journal - 09/12/20
Os primeiros resultados completos da análise provisória, publicados pelo The Lancet, confirmam que a vacina1 de Oxford contra COVID-19, a AZD1222, tem um perfil de segurança aceitável e é eficaz contra a doença COVID-19 sintomática2, sem hospitalizações ou doença grave relatada no grupo da vacina1 até agora. Os resultados dos ensaios revelam que a vacina1 protege contra doenças sintomáticas em 70% dos casos - com eficácia da vacina1 de 62% para aqueles que recebem duas doses completas e de 90% para aqueles que recebem meia dose e depois uma dose completa.
1 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
2 Sintomática: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
   [Mais...]

Medical Journal - 08/12/20
Um dos principais fatores que afetam a longevidade é o desenvolvimento de doenças degenerativas1. Estudo publicado no periódico Antioxidants revisou o papel potencial da suplementação2 com coenzima Q10 para a prevenção ou gestão dessas doenças. Descobriu-se que o papel benéfico da coenzima Q10 suplementar em algumas doenças degenerativas1 é considerado o resultado de uma combinação de seus papéis na geração de energia celular, como um antioxidante e um agente anti-inflamatório.
1 Degenerativas: Relativas a ou que provocam degeneração.
2 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
   [Mais...]

Medical Journal - 08/12/20
Os efeitos de longo prazo da tecnologia de reprodução1 assistida sobre o risco de tumor2 ovariano são desconhecidos. Agora, um artigo publicado no Journal of the National Cancer3 Institute sugere que o risco aumentado de câncer3 de ovário4 em mulheres tratadas com tecnologia de reprodução1 assistida em comparação com a população em geral pode provavelmente ser explicado pela nuliparidade, ao invés de pelo tratamento de reprodução1 assistida.
1 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
2 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
3 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
4 Ovário: Órgão reprodutor (GÔNADAS) feminino. Nos vertebrados, o ovário contém duas partes funcionais Sinônimos: Ovários
   [Mais...]

Medical Journal - 07/12/20
A esteatohepatite1 não-alcoólica, também conhecida como esteatose2 metabólica ou doença hepática3 gordurosa não alcoólica, é uma doença comum associada ao aumento da morbidade4 e mortalidade5, mas as opções de tratamento são limitadas. Estudo de fase 2 publicado pelo The New England Journal of Medicine, envolvendo pacientes com a doença, mostrou que o tratamento com semaglutida resultou em uma porcentagem significativamente maior de pacientes com resolução da esteatohepatite1 não-alcoólica do que o placebo6. No entanto, o ensaio não mostrou uma diferença significativa entre os grupos na porcentagem de pacientes com melhora no estágio de fibrose7.
1 Esteatohepatite: Esteatohepatite é o acúmulo de gorduras com inflamação do fígado.
2 Esteatose: Degenerescência gordurosa de um tecido.
3 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
4 Morbidade: Morbidade ou morbilidade é a taxa de portadores de determinada doença em relação à população total estudada, em determinado local e em determinado momento.
5 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
6 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
7 Fibrose: 1. Aumento das fibras de um tecido. 2. Formação ou desenvolvimento de tecido conjuntivo em determinado órgão ou tecido como parte de um processo de cicatrização ou de degenerescência fibroide.
   [Mais...]

Medical Journal - 07/12/20
O diabetes tipo 11 é uma doença autoimune2 caracterizada pela perda progressiva de células beta pancreáticas3. Em novo estudo publicado no The New England Journal of Medicine, foi descoberto que entre crianças e adultos jovens com diabetes tipo 11 evidente recém-diagnosticado, o golimumabe resultou em melhor produção de insulina4 endógena e menos uso de insulina4 exógena do que o placebo5.
1 Diabetes tipo 1: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada por deficiência na produção de insulina. Ocorre quando o próprio sistema imune do organismo produz anticorpos contra as células-beta produtoras de insulina, destruindo-as. O diabetes tipo 1 se desenvolve principalmente em crianças e jovens, mas pode ocorrer em adultos. Há tendência em apresentar cetoacidose diabética.
2 Autoimune: 1. Relativo à autoimunidade (estado patológico de um organismo atingido por suas próprias defesas imunitárias). 2. Produzido por autoimunidade. 3. Autoalergia.
3 Células beta Pancreáticas: Tipo de células pancreáticas, que representam de 50 a 80 por cento das ilhotas. As células beta secretam INSULINA
4 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
5 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Medical Journal - 04/12/20
Resultados de ensaio randomizado1 publicado no The New England Journal of Medicine indicam que a ablação2 por cateter com criobalão foi associada a reduções significativas nos resultados de arritmia3, incluindo carga total de fibrilação atrial e dias com fibrilação atrial, sugerindo que o tratamento inicial com ablação2 pode ser uma abordagem mais eficaz do que o tratamento de primeira linha com medicamentos antiarrítmicos, que é a recomendação atual em diretrizes contemporâneas.
1 Randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle – o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
2 Ablação: Extirpação de qualquer órgão do corpo.
3 Arritmia: Arritmia cardíaca é o nome dado a diversas perturbações que alteram a frequência ou o ritmo dos batimentos cardíacos.
   [Mais...]

Medical Journal - 04/12/20
Pacientes com hipercolesterolemia1 refratária apresentam risco aumentado de aterosclerose2. Agora, resultados de estudo publicado no The New England Journal of Medicine sugerem que os pacientes com hipercolesterolemia1 refratária recebendo evinacumabe, tanto em doses intravenosas quanto subcutâneas, reduziram significativamente o colesterol3 LDL4 em mais de 50% em comparação com a terapia com placebo5, e que o evinacumabe é geralmente bem tolerado entre os participantes do estudo.
1 Hipercolesterolemia: Aumento dos níveis de colesterol do sangue. Está associada a uma maior predisposição ao desenvolvimento de aterosclerose.
2 Aterosclerose: Tipo de arteriosclerose caracterizado pela formação de placas de ateroma sobre a parede das artérias.
3 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
4 LDL: Lipoproteína de baixa densidade, encarregada de transportar colesterol através do sangue. Devido à sua tendência em depositar o colesterol nas paredes arteriais e a produzir aterosclerose, tem sido denominada “mau colesterol“.
5 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Medical Journal - 03/12/20
As consequências adversas da COVID-19 para a saúde1 mental, incluindo ansiedade e depressão, foram amplamente previstas, mas ainda não foram medidas com precisão. Agora, em novo estudo publicado no The Lancet Psychiatry, pesquisadores descobriram que sobreviventes da COVID-19 parecem estar em risco aumentado de sequelas2 psiquiátricas, e um diagnóstico3 psiquiátrico pode ser um fator de risco4 independente para COVID-19. A incidência5 de qualquer diagnóstico3 psiquiátrico nos 14 a 90 dias após o diagnóstico3 de COVID-19 foi de 18,1%, incluindo 5,8% que foram um primeiro diagnóstico3.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Sequelas: 1. Na medicina, é a anomalia consequente a uma moléstia, da qual deriva direta ou indiretamente. 2. Ato ou efeito de seguir. 3. Grupo de pessoas que seguem o interesse de alguém; bando. 4. Efeito de uma causa; consequência, resultado. 5. Ato ou efeito de dar seguimento a algo que foi iniciado; sequência, continuação. 6. Sequência ou cadeia de fatos, coisas, objetos; série, sucessão. 7. Possibilidade de acompanhar a coisa onerada nas mãos de qualquer detentor e exercer sobre ela as prerrogativas de seu direito.
3 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
4 Fator de risco: Qualquer coisa que aumente a chance de uma pessoa desenvolver uma doença.
5 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
   [Mais...]

» 02/12/2020 - Dispositivo portátil usa energia solar para esterilizar equipamentos médicos
» 02/12/2020 - Spray magnético transforma objetos em mini robôs que podem entregar medicamentos
» 01/12/2020 - Médicos que expressam empatia têm influência positiva na lembrança de informações por parte do paciente
» 01/12/2020 - Exercício pode afetar a imunidade para reduzir o risco de câncer: células T citotóxicas medeiam reduções no crescimento tumoral induzidas por exercício
» 27/11/2020 - Estatinas e prevenção cardiovascular: foram necessários 2,5 anos de tratamento com estatina para evitar um evento cardiovascular em pacientes com idade entre 50 e 75 anos
» 27/11/2020 - Tomografia computadorizada para rastreamento de câncer de pulmão é uma chance oportuna de verificação de osteoporose
» 26/11/2020 - Estudo mostrou a insônia como uma condição persistente, com 37,5% dos participantes que tinham insônia relatando a persistência da condição ao longo de 5 anos
» 26/11/2020 - Novo medicamento agonista do receptor de kisspeptina pode melhorar a fertilidade em mulheres com distúrbios reprodutivos
» 25/11/2020 - Uma vacina viável para tumores resistentes: vacina contra o câncer baseada em biomaterial combina quimio e imunoterapia para tratar câncer de mama triplo-negativo em camundongos
» 23/11/2020 - Treinamento com exercícios de resistência pode ajudar a aliviar sintomas de ansiedade entre jovens adultos


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Receber conteúdos