news.med.br
Medical Journal - 06/07/20
Em publicação do Pediatrics, os achados apoiam a continuação da dose eficaz mais baixa de antidepressivos para tratar a depressão ou a ansiedade, o que beneficia a mãe, mas também destacam um risco aumentado de angústia respiratória do recém-nascido em todos os grupos e nascimento prematuro em doses moderadas a altas.   [Mais...]
Medical Journal - 04/06/20
Estudo publicado no JAMA Neurology demonstrou que aproximadamente 25% do risco excessivo de AVC materno associado à enxaqueca1 foi mediado por distúrbios hipertensivos. Embora os AVCs sejam eventos raros, a morbidade2 e mortalidade3 associadas justificam a identificação de alvos de intervenção modificáveis.
1 Enxaqueca: Sinônimo de migrânea. É a cefaléia cuja prevalência varia de 10 a 20% da população. Ocorre principalmente em mulheres com uma proporção homem:mulher de 1:2-3. As razões para esta preponderância feminina ainda não estão bem entendidas, mas suspeita-se de alguma relação com o hormônio feminino. Resulta da pressão exercida por vasos sangüíneos dilatados no tecido nervoso cerebral subjacente. O tratamento da enxaqueca envolve normalmente drogas vaso-constritoras para aliviar esta pressão. No entanto, esta medicamentação pode causar efeitos secundários no sistema circulatório e é desaconselhada a pessoas com problemas cardiológicos.
2 Morbidade: Morbidade ou morbilidade é a taxa de portadores de determinada doença em relação à população total estudada, em determinado local e em determinado momento.
3 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
   [Mais...]

Medical Journal - 07/04/20
Em estudo publicado pelo JAMA, entre 6 mães com COVID-19 confirmada, o SARS-CoV-2 não foi detectado na coleta de amostra da garganta1 ou no soro2 por RT-PCR3 em nenhum de seus recém-nascidos. No entanto, anticorpos4 específicos para o vírus5 foram detectados em amostras de soro2 neonatal.
1 Garganta: Tubo fibromuscular em forma de funil, que leva os alimentos ao ESÔFAGO e o ar à LARINGE e PULMÕES. Situa-se posteriormente à CAVIDADE NASAL, à CAVIDADE ORAL e à LARINGE, extendendo-se da BASE DO CRÂNIO à borda inferior da CARTILAGEM CRICÓIDE (anteriormente) e à borda inferior da vértebra C6 (posteriormente). É dividida em NASOFARINGE, OROFARINGE e HIPOFARINGE (laringofaringe).
2 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
3 PCR: Reação em cadeia da polimerase (em inglês Polymerase Chain Reaction - PCR) é um método de amplificação de DNA (ácido desoxirribonucleico).
4 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.
5 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
   [Mais...]

Medical Journal - 03/04/20
Neste estudo, publicado pela Nature, a análise da região V4 do gene 16S RNAr em amostras fecais mostra que o transporte materno de Prevotella copri durante a gravidez1 prediz fortemente a ausência de alergia2 alimentar na prole.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
   [Mais...]

Medical Journal - 28/01/20
Neste estudo publicado pelo JAMA Network Open, que incluiu mulheres na pré-menopausa1, a paridade e a amamentação2 foram associadas a um risco significativamente menor de menopausa1 natural precoce. Os achados para a amamentação2 sugerem que alguns dos menores riscos atribuídos à paridade podem ser atribuídos à amamentação2.
1 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
2 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
   [Mais...]

Medical Journal - 17/12/19
Estudo de coorte1 com 40 anos de seguimento, coordenado por Yongfu Yu, pesquisador do Departamento de Epidemiologia Clínica do Aarhus University Hospital, na Dinamarca, buscou responder se a prevenção e o tratamento do diabetes2 em mulheres em idade fértil podem reduzir o risco de doença cardíaca na próxima geração.
1 Estudo de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
2 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
   [Mais...]

Medical Journal - 26/11/19
Estudo de coorte1, publicado pelo periódico JAMA Psychiatry, identificou que os distúrbios alimentares ativos ou anteriores, independentemente do subtipo, parecem estar associados a um risco aumentado de resultados adversos na gravidez2 e nos neonatos3.
1 Estudo de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Neonatos: Refere-se a bebês nos seus primeiros 28 dias (mês) de vida. O termo “recentemente-nascido“ refere-se especificamente aos primeiros minutos ou horas que se seguem ao nascimento. Esse termo é utilizado para enfocar os conhecimentos e treinamento da ressuscitação imediatamente após o nascimento e durante as primeiras horas de vida.
   [Mais...]

Medical Journal - 12/11/19
O sangramento no início da gravidez1 está fortemente associado à perda do bebê. Estudo publicado pelo NEJM avaliou se a terapia com progesterona pode melhorar os resultados da gravidez1 em mulheres com sangramento no primeiro trimestre.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

Medical Journal - 15/10/19
Em estudo publicado pelo Neurology, a exposição pré-natal ao ácido valpróico foi associada a 8 tipos específicos de mal formações e a exposição ao topiramato foi associada a um risco aumentado de fissura1 labial, confirmando a teratogenicidade dessas drogas antiepilépticas.
1 Fissura: 1. Pequena abertura longitudinal em; fenda, rachadura, sulco. 2. Em geologia, é qualquer fratura ou fenda pouco alargada em terreno, rocha ou mesmo mineral. 3. Na medicina, é qualquer ulceração alongada e superficial. Também pode significar uma fenda profunda, sulco ou abertura nos ossos; cesura, cissura. 4. Rachadura na pele calosa das mãos ou dos pés, geralmente de pessoas que executam trabalhos rudes. 5. Na odontologia, é uma falha no esmalte de um dente. 6. No uso informal, significa apego extremo; forte inclinação; loucura, paixão, fissuração.
   [Mais...]

Medical Journal - 27/09/19
Em estudo publicado pelo JAMA Pediatrics, a anemia1 diagnosticada no início da gravidez2 foi significativamente associada ao risco aumentado nos filhos de transtorno do espectro autista, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade e deficiência intelectual. Essas associações não eram aparentes para anemia1 diagnosticada posteriormente na gravidez2.
1 Anemia: Condição na qual o número de células vermelhas do sangue está abaixo do considerado normal para a idade, resultando em menor oxigenação para as células do organismo.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - > - >>
1 a 10 (Total: 115)
  • Entrar
  • Assinar