news.med.br
Medical Journal - 19/04/21
Um quarto das mulheres experimenta peso substancialmente maior anos após o parto. Esta pesquisa, publicada pela PLOS Medicine, descobriu que a retenção de peso pós-parto ou novo ganho de peso em todas as mães e a perda de peso pós-parto em mães com peso normal ou abaixo do normal podem estar associados à saúde1 cardiovascular adversa posterior, especificamente com maiores riscos de hipertensão2 e doença cardiovascular.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
   [Mais...]

Medical Journal - 16/04/21
A tuberculose1 continua a ser uma doença rara nos Estados Unidos, mas quando ocorre, os atrasos no diagnóstico2 geralmente excedem as recomendações da Organização Mundial de Saúde3, de acordo com um novo relatório de pesquisadores da Harvard Medical School publicado no The Lancet Infectious Diseases. O atraso típico, ou mediano, no diagnóstico2 de um caso ativo de tuberculose1 foi de 24 dias, de acordo com o estudo, com a maioria dos atrasos variando entre 10 e 45 dias. No entanto, alguns atrasos eram muito maiores – até 250 dias em certos casos.
1 Tuberculose: Doença infecciosa crônica produzida pelo bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis). Produz doença pulmonar, podendo disseminar-se para qualquer outro órgão. Os sintomas de tuberculose pulmonar consistem em febre, tosse, expectoração, hemoptise, acompanhada de perda de peso e queda do estado geral. Em países em desenvolvimento (como o Brasil) aconselha-se a vacinação com uma cepa atenuada desta bactéria (vacina BCG).
2 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Medical Journal - 15/04/21
A obesidade1, definida como um índice de massa corporal2 (IMC3) superior a 30, está associada a um aumento significativo no risco de muitos cânceres e na mortalidade4 geral. No entanto, vários estudos sugeriram que pacientes com câncer5 e sem obesidade1 (ou seja, IMC3 20-25) têm resultados piores do que pacientes com obesidade1. Neste estudo, publicado pelo JAMA Network Open, a obesidade1 foi associada a uma maior mortalidade4 geral e específica por câncer5, especialmente entre pacientes com câncer5 de mama6, cólon7 e útero8. No entanto, pacientes com obesidade1 e câncer5 de pulmão9, carcinoma10 de células11 renais e melanoma12 tiveram um risco menor de morte do que pacientes com os mesmos cânceres sem obesidade1.
1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
2 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
3 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
4 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
5 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
6 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
7 Cólon:
8 Útero: Orgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.
9 Pulmão: Cada um dos órgãos pareados que ocupam a cavidade torácica que tem como função a oxigenação do sangue.
10 Carcinoma: Tumor maligno ou câncer, derivado do tecido epitelial.
11 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
12 Melanoma: Neoplasia maligna que deriva dos melanócitos (as células responsáveis pela produção do principal pigmento cutâneo). Mais freqüente em pessoas de pele clara e exposta ao sol.Podem derivar de manchas prévias que mudam de cor ou sangram por traumatismos mínimos, ou instalar-se em pele previamente sã.
   [Mais...]

Medical Journal - 15/04/21
As consultas virtuais baseadas em vídeo após a alta hospitalar aumentaram dramaticamente durante a pandemia1 de COVID-19. Agora, um ensaio do JAMA Surgery descobriu que essas consultas não são inferiores aos acompanhamentos presenciais após cirurgias de baixo risco. A porcentagem de pacientes que retornaram ao hospital por qualquer motivo dentro de 30 dias da alta foi 12,8% para consultas virtuais e 13,3% para consultas presenciais. Ambos os grupos gastaram cerca de 8 minutos em média com os médicos, mas as consultas virtuais economizaram uma média de 63,9 minutos para os pacientes, eliminando o tempo de viagem e diminuindo os tempos de espera.
1 Pandemia: É uma epidemia de doença infecciosa que se espalha por um ou mais continentes ou por todo o mundo, causando inúmeras mortes. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a pandemia pode se iniciar com o aparecimento de uma nova doença na população, quando o agente infecta os humanos, causando doença séria ou quando o agente dissemina facilmente e sustentavelmente entre humanos. Epidemia global.
   [Mais...]

Medical Journal - 14/04/21
Estudo publicado pelo The Lancet Oncology demonstrou que a citorredução secundária seguida de quimioterapia1 foi associada a uma sobrevida2 livre de progressão da doença significativamente mais longa do que a quimioterapia1 isolada em pacientes com câncer3 de ovário4 recidivante5 sensível à platina, e as pacientes devem ser orientadas sobre a opção de citorredução secundária em centros especializados. A sobrevida2 média livre de progressão foi de 17,4 meses no grupo que passou pela cirurgia citorredutora e 11,9 meses no grupo sem cirurgia.
1 Quimioterapia: Método que utiliza compostos químicos, chamados quimioterápicos, no tratamento de doenças causadas por agentes biológicos. Quando aplicada ao câncer, a quimioterapia é chamada de quimioterapia antineoplásica ou quimioterapia antiblástica.
2 Sobrevida: Prolongamento da vida além de certo limite; prolongamento da existência além da morte, vida futura.
3 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
4 Ovário: Órgão reprodutor (GÔNADAS) feminino. Nos vertebrados, o ovário contém duas partes funcionais Sinônimos: Ovários
5 Recidivante: Característica da doença que recidiva, que acontece de forma recorrente ou repetitiva.
   [Mais...]

Medical Journal - 13/04/21
Em artigo de revisão publicado no Journal of the American College of Cardiology, pesquisadores discutem a identificação e gestão do risco cardiovascular em pacientes com psoríase1, as áreas de incerteza e as direções futuras para pesquisas e terapias. De acordo com o artigo, a psoríase1 é uma doença inflamatória crônica da pele2, e a resposta imune tem sido associada à inflamação3 vascular4 e ao desenvolvimento de aterosclerose5. Pacientes com psoríase1 têm até 50% mais probabilidade de desenvolver doença cardiovascular (CV), e esse risco CV aumenta com a gravidade da condição na pele2.
1 Psoríase: Doença imunológica caracterizada por lesões avermelhadas com descamação aumentada da pele dos cotovelos, joelhos, couro cabeludo e costas juntamente com alterações das unhas (unhas em dedal). Evolui através do tempo com melhoras e pioras, podendo afetar também diferentes articulações.
2 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
3 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
4 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
5 Aterosclerose: Tipo de arteriosclerose caracterizado pela formação de placas de ateroma sobre a parede das artérias.
   [Mais...]

Medical Journal - 13/04/21
A última análise do ensaio REDUCE-IT sugere que a adição de icosapent ethyl (Vascepa) aos algoritmos de tratamento que já incluíam estatinas poderia reduzir ainda mais o risco de acidente vascular cerebral1. Os resultados da análise, que foram apresentados na International Stroke Conference 2021 e publicados no periódico Stroke, indicam que os pacientes com triglicerídeos aumentados recebendo icosapent ethyl além da terapia com estatinas reduziram o risco de AVC isquêmico2 em mais 36%. Para cada 1.000 pacientes tratados por 5 anos com icosapent ethyl, aproximadamente 14 acidentes vasculares3 cerebrais (fatais ou não fatais) foram evitados.
1 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
2 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
3 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
   [Mais...]

Medical Journal - 12/04/21
O uso de corticosteroides tópicos causa eventos adversos sistêmicos1, como os observados com o uso de corticosteroides sistêmicos1? Resultados de uma pesquisa, publicada pelo JAMA Dermatology, demonstram que o uso de altas quantidades cumulativas de corticosteroides tópicos potentes ou muito potentes foi associado a um risco aumentado de osteoporose2 e fratura3 osteoporótica maior. Com base nesses achados, os médicos podem precisar considerar outras opções terapêuticas que substituam o uso de corticosteroides para pessoas que precisam de tratamento anti-inflamatório potente em grandes superfícies corporais por períodos prolongados para limitar o risco de osteoporose2.
1 Sistêmicos: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
2 Osteoporose: Doença óssea caracterizada pela diminuição da formação de matriz óssea que predispõe a pessoa a sofrer fraturas com traumatismos mínimos ou mesmo na ausência deles. É influenciada por hormônios, sendo comum nas mulheres pós-menopausa. A terapia de reposição hormonal, que administra estrógenos a mulheres que não mais o produzem, tem como um dos seus objetivos minimizar esta doença.
3 Fratura: Solução de continuidade de um osso. Em geral é produzida por um traumatismo, mesmo que possa ser produzida na ausência do mesmo (fratura patológica). Produz como sintomas dor, mobilidade anormal e ruídos (crepitação) na região afetada.
   [Mais...]

Medical Journal - 12/04/21
Problemas de comportamento são um dos transtornos mentais mais comuns na infância e podem prejudicar a saúde1, a educação e os resultados de emprego das crianças na vida adulta. Neste ensaio clínico randomizado2 que incluiu 300 crianças e seus cuidadores, publicado pelo JAMA Pediatrics, encontrou-se níveis mais baixos de problemas de comportamento entre as famílias alocadas para receber uma Intervenção de Feedback por Vídeo para Promover a Parentalidade Positiva e a Disciplina Sensível, em comparação com aquelas que receberam os cuidados habituais. Em particular, os problemas de conduta diminuíram.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle – o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
   [Mais...]

Medical Journal - 09/04/21
Estudo publicado pelo The Lancet estimou o grau em que a infecção1 pelo SARS-CoV-2 confere proteção para a reinfecção subsequente. As descobertas mostraram que a proteção geral contra infecção1 recorrente foi de 80,5%. Porém, em indivíduos com 65 anos ou mais, a taxa de proteção contra reinfecção foi de 47,1%, mostrando que essa população é mais propensa a contrair novamente a COVID-19. Essas descobertas podem informar as decisões sobre quais grupos devem ser vacinados e defender a vacinação de indivíduos previamente infectados, uma vez que não se pode confiar na proteção natural, especialmente entre os idosos.
1 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
   [Mais...]

Mostrar: 10
<< - < - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - > - >>
61 a 70 (Total: 2754)
  • Entrar
  • Receber conteúdos