news.med.br
Medical Journal - 20/12/19
Dormir mais de 9 horas por noite, tirar longos cochilos durante o dia e má qualidade do sono estão todos independentemente associados a um risco aumentado de acidente vascular cerebral1, particularmente eventos isquêmicos, sugere estudo publicado no periódico Neurology.
1 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
   [Mais...]

Medical Journal - 19/12/19
Estudo publicado pelo JAMA Psychiatry mostrou que o tratamento da insônia com a terapia cognitivo1 comportamental digital melhorou significativamente os sintomas2 de insônia, a saúde3 funcional, o bem-estar psicológico e a qualidade de vida relacionada ao sono, podendo ser um caminho terapêutico de escolha.
1 Cognitivo: 1. Relativo ao conhecimento, à cognição. 2. Relativo ao processo mental de percepção, memória, juízo e/ou raciocínio. 3. Diz-se de estados e processos relativos à identificação de um saber dedutível e à resolução de tarefas e problemas determinados. 4. Diz-se dos princípios classificatórios derivados de constatações, percepções e/ou ações que norteiam a passagem das representações simbólicas à experiência, e também da organização hierárquica e da utilização no pensamento e linguagem daqueles mesmos princípios.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Medical Journal - 18/12/19
Estudo de Stanford, publicado pelo periódico Psychological Science, indicou que baixos níveis de HDL1, altos níveis de VLDL e altos níveis de triglicerídeos previam maior probabilidade das crianças serem classificadas como menos competentes nos domínios de regulação emocional, autoconsciência e funcionamento interpessoal.
1 HDL: Abreviatura utilizada para denominar um tipo de proteína encarregada de transportar o colesterol sanguíneo, que se relaciona com menor risco cardiovascular. Também é conhecido como “Bom Colesterol”. Seus valores normais são de 35-50mg/dl.
   [Mais...]

Medical Journal - 17/12/19
Estudo de coorte1 com 40 anos de seguimento, coordenado por Yongfu Yu, pesquisador do Departamento de Epidemiologia Clínica do Aarhus University Hospital, na Dinamarca, buscou responder se a prevenção e o tratamento do diabetes2 em mulheres em idade fértil podem reduzir o risco de doença cardíaca na próxima geração.
1 Estudo de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
2 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
   [Mais...]

Medical Journal - 13/12/19
Qual é a prevalência1 de hipertensão2 na população pediátrica em geral? Estudo sugere que a hipertensão2 infantil está se tornando mais comum, com a estimativa combinada da prevalência1 sendo de 4% entre indivíduos com 19 anos ou menos, representando um considerável desafio à saúde3 pública em todo o mundo.
1 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
2 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Medical Journal - 12/12/19
A olanzapina 10 mg adicionada à terapia antiemética padrão, incluindo aprepitante, palonossetrona e dexametasona, tem sido recomendada para a prevenção de náusea1 e vômito2 induzidos pela quimioterapia3. As diretrizes sugerem que uma redução da dose para 5 mg deve ser considerada para evitar a sedação4; foi o que investigou este estudo publicado pelo The Lancet Oncology.
1 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
2 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
3 Quimioterapia: Método que utiliza compostos químicos, chamados quimioterápicos, no tratamento de doenças causadas por agentes biológicos. Quando aplicada ao câncer, a quimioterapia é chamada de quimioterapia antineoplásica ou quimioterapia antiblástica.
4 Sedação: 1. Ato ou efeito de sedar. 2. Aplicação de sedativo visando aliviar sensação física, por exemplo, de dor. 3. Diminuição de irritabilidade, de nervosismo, como efeito de sedativo. 4. Moderação de hiperatividade orgânica.
   [Mais...]

Medical Journal - 11/12/19
Após o uso de medicamentos específicos para fertilidade e tecnologia de reprodução1 assistida, as crianças nascem com maior risco de desenvolver câncer2? O uso da transferência de embriões congelados foi associado a um aumento pequeno, mas estatisticamente significativo, do risco de câncer2 na infância, segundo trabalho publicado pelo Journal of the American Medical Association (JAMA).
1 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

Saúde - 10/12/19
As mulheres que conseguem se exercitar vigorosamente têm um risco significativamente menor de morrer de doenças cardíacas, câncer1 e outras causas. A pesquisa foi apresentada em 7 de dezembro no EuroEcho 2019, um congresso científico da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC).
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

Medical Journal - 09/12/19
Globalmente, as fraturas do quadril estão entre as dez principais causas de incapacidade em adultos. No caso das fraturas deslocadas do colo do fêmur1, há incerteza quanto ao efeito da artroplastia total do quadril em relação à hemiartroplastia. Para estudar esses procedimentos, foi realizado um estudo publicado pelo The New England Journal of Medicine (NEJM).
1 Colo do Fêmur: Porção comprimida do osso da coxa entre cabeça do fêmur e trocanter.
   [Mais...]

Medical Journal - 06/12/19
A relevância das concentrações de lipídios no sangue1 para a incidência2 a longo prazo de doenças cardiovasculares3 e a relevância da terapia hipolipemiante para os resultados de doenças cardiovasculares3 não são claras, por isso, pesquisadores do Departamento de Cardiologia da University Heart & Vascular4 Center Hamburg, criaram uma ferramenta simples para avaliação individual de risco a longo prazo e o potencial benefício da intervenção precoce na redução dos lipídios.
1 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
2 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
3 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
4 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
   [Mais...]

Mostrar: 10
< - 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - > - >>
31 a 40 (Total: 2311)
  • Entrar
  • Assinar