news.med.br
O análogo de amilina de ação prolongada experimental, cagrilintida (AM833), ajudou pessoas com sobrepeso1 ou obesidade2, mas sem diabetes3, a perder peso em um ensaio clínico de fase II. No estudo randomizado4, publicado no The Lancet, todas as doses do novo tratamento injetável uma vez por semana produziram perda de peso significativamente maior do que o placebo5. A dose mais alta de cagrilintida também resultou em perda de peso significativamente maior do que 3,0 mg de liraglutida. Isso equivale a uma perda de peso média de 11,5 kg no braço de cagrilintida de 4,5 mg versus 9,6 kg no braço de liraglutida de 3,0 mg. O estudo concluiu que o tratamento com cagrilintida em pessoas com sobrepeso1 e obesidade2 levou a reduções significativas no peso corporal e foi bem tolerado.
1 Sobrepeso: Peso acima do normal, índice de massa corporal entre 25 e 29,9.
2 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
3 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
4 Estudo randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle - o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
5 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Nesse estudo publicado no jornal Stroke, estudou-se associações entre a progressão em medidas combinadas de microangiopatia cerebral e risco de AVC no estudo ARIC. Comparado com nenhuma mudança na medida combinada, a progressão moderada da microangiopatia cerebral foi significativamente associada com maior risco de AVC.    [Mais...]
A Organização Mundial de Saúde1 divulgou as principais causas de morte no mundo. Estas informações podem ajudar a avaliar a eficácia do sistema de saúde1 de um país, promover melhorias nas ações de saúde1 pública e colaborar para a redução das mortes evitáveis.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Trabalho publicado pelo periódico Stroke relata uma associação causal entre o uso recente de cocaína e o risco de um acidente vascular1 isquêmico2 (AVCI) em jovens, principalmente quando este uso ocorre nas 24 horas que antecedem o início do evento vascular1.
1 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
2 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
   [Mais...]

A combinação de aspirina, um inibidor da ECA e uma estatina em uma única “polipílula” melhorou os resultados cardiovasculares na prevenção secundária em comparação com a prescrição dos medicamentos separadamente, mostrou o estudo randomizado1 SECURE, publicado no The New England Journal of Medicine. A polipílula reduziu o risco composto primário de morte cardiovascular, infarto2 agudo3 do miocárdio4 tipo 1 não fatal, acidente vascular cerebral5 isquêmico6 não fatal e revascularização urgente em 24% em relação aos cuidados usuais, com uma taxa de 9,5% versus 12,7%, respectivamente. Observar apenas os desfechos secundários sem revascularização também favoreceu a polipílula (8,2% vs 11,7%). Os pesquisadores atribuíram as diferenças a uma melhor adesão levando a uma maior exposição antiplaquetária. O estudo concluiu que o tratamento com uma polipílula contendo aspirina, ramipril e atorvastatina dentro de 6 meses após o infarto do miocárdio7 resultou em um risco significativamente menor de eventos cardiovasculares adversos maiores do que o tratamento usual.
1 Estudo randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle - o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
2 Infarto: Morte de um tecido por irrigação sangüínea insuficiente. O exemplo mais conhecido é o infarto do miocárdio, no qual se produz a obstrução das artérias coronárias com conseqüente lesão irreversível do músculo cardíaco.
3 Agudo: Descreve algo que acontece repentinamente e por curto período de tempo. O oposto de crônico.
4 Miocárdio: Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sangüíneo. Sinônimos: Músculo Cardíaco; Músculo do Coração
5 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
6 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
7 Infarto do miocárdio: Interrupção do suprimento sangüíneo para o coração por estreitamento dos vasos ou bloqueio do fluxo. Também conhecido por ataque cardíaco.
   [Mais...]

As evidências que ligam a doença renal1 crônica à hemorragia2 intracerebral espontânea são inconclusivas devido à possível confusão por comorbidades3 que frequentemente coexistem em pacientes com essas duas doenças. O objetivo deste estudo, publicado no JAMA Neurology, foi determinar se existe associação entre doença renal1 crônica e o risco de hemorragia2 intracerebral. Neste estudo de 3 estágios que combinou análises observacionais e genéticas entre os participantes inscritos em 2 grandes estudos observacionais com diferentes características e desenhos de estudo, a doença renal1 crônica foi consistentemente associada a maior risco de hemorragia2 intracerebral. Análises de randomização mendeliana sugerem que essa associação foi causal. Mais estudos são necessários para identificar as vias biológicas específicas que medeiam essa associação.
1 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
2 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
3 Comorbidades: Coexistência de transtornos ou doenças.
   [Mais...]

Resultados de estudo publicado no JAMA Network Open sugerem que a amplitude de distribuição dos glóbulos vermelhos (RDW) elevada na admissão e RDW crescente durante a hospitalização foram associadas a aumentos estatisticamente significativos no risco de mortalidade1 em pacientes hospitalizados com COVID-19. O teste RDW pode ser útil para a estratificação de risco do paciente.
1 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
   [Mais...]

Estudo com cobaias de laboratório mostrou que uma dose de apenas 2 mg de Prozac (fluoxetina) ao dia, apenas nos dias em que os sintomas1 da síndrome2 de tensão pré-menstrual (TPM) aparecem, pode ajudar a prevenir os danos causados por esta condição, de acordo com estudo divulgado no British Science Festival.
1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
   [Mais...]

Um aplicativo de telefone celular que combina ruído branco, terapia ativa baseada em jogos e aconselhamento pode ajudar a “reconectar” o cérebro1 para aliviar os sintomas2 do zumbido no ouvido3, ou tinnitus4, sugere uma nova pesquisa publicada na revista científica Frontiers in Neurology. Em um estudo controlado randomizado5, os resultados em 12 semanas mostraram que pacientes com zumbido relataram reduções clinicamente significativas nas classificações de aborrecimento, incapacidade de ignorar, desconforto e volume após o uso de um protótipo de aplicativo politerapêutico digital que se concentra no alívio, relaxamento e retreinamento focado na atenção. Além disso, as melhorias para esses pacientes foram significativamente maiores do que para o grupo controle, que utilizaram um aplicativo de ruído branco comum. Os pesquisadores chamaram os resultados de “promissores” para uma condição que não tem cura e há poucos tratamentos bem-sucedidos.
1 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Zumbido no ouvido: Pode ser descrito como um som parecido com campainhas no ouvido ou outros barulhos dentro da cabeça que são percebidos na ausência de qualquer fonte de barulho externa.
4 Tinnitus: Pode ser descrito como um som parecido com campainhas no ouvido ou outros barulhos dentro da cabeça que são percebidos na ausência de qualquer fonte de barulho externa.
5 Randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle – o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
   [Mais...]

O número de adultos com idade entre 30-79 anos com hipertensão1 aumentou de 650 milhões para 1,28 bilhões nos últimos trinta anos, de acordo com a primeira análise global abrangente de tendências na prevalência2, detecção, tratamento e controle da hipertensão1, liderada pelo Imperial College London e pela OMS, e publicado no The Lancet. Embora seja simples de diagnosticar a hipertensão1 e relativamente fácil de tratar a doença com medicamentos de baixo custo, o estudo revelou lacunas significativas no diagnóstico3 e tratamento. Cerca de 580 milhões de pessoas com hipertensão1 (41% das mulheres e 51% dos homens) desconheciam sua condição porque nunca foram diagnosticadas. O estudo também indicou que mais da metade das pessoas (53% das mulheres e 62% dos homens) com hipertensão1, ou um total de 720 milhões de pessoas, não estavam recebendo o tratamento de que precisam.
1 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
2 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
3 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
   [Mais...]

Mostrar: 10
<< - « Anteriores - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - Próximos » - >>
51 a 60 (Total: 2251)
  • Entrar
  • Receber conteúdos