news.med.br
Pharma News - 04/06/10
O diagnóstico1 de depressão ou outras doenças psiquiátricas durante a gravidez2 pode levar à prescrição de antidepressivos a despeito de seus efeitos colaterais3. Artigo, publicado no Canadian Medical Association Journal, avaliou os efeitos de alguns destes medicamentos na gestação e concluiu que o uso especialmente de paroxetina, venlafaxina ou uma combinação de diferentes classes de antidepressivos está associado ao risco aumentado de aborto espontâneo.
1 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
   [Mais...]

Medical Journal - 08/04/08
Mais de 100 milhões de pessoas têm mutações que reduzem a pressão arterial1, conseqüentemente reduzindo o risco de doenças cardíacas, doenças renais e acidentes vasculares2 cerebrais, segundo relato de pesquisadores americanos em estudo publicado na revista Nature Genetics.
1 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
2 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
   [Mais...]

Saúde - 14/10/05
A Associação Médica Brasileira, o Conselho Federal de Medicina e a Federação Nacional dos Médicos, em conjunto com as Sociedades de Especialidade, acabam de lançar a quarta edição da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), totalmente revisada e atualizada.   [Mais...]
Pharma News - 13/07/21
A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA concedeu aprovação ao etexilato de dabigatrana (Pradaxa) para o tratamento de coágulos sanguíneos em pacientes pediátricos com tromboembolismo1 venoso (TEV) e prevenção de coágulos sanguíneos recorrentes em pacientes que completaram o tratamento para TEV. Este é o primeiro medicamento anticoagulante2 oral para uso em crianças na história da organização. O medicamento foi aprovado para tratar crianças de 3 meses a menos de 12 anos com tromboembolismo1 venoso imediatamente após terem sido tratadas com um anticoagulante2 injetável durante pelo menos cinco dias. A FDA também aprovou as pílulas orais de Pradaxa para prevenir coágulos recorrentes entre pacientes da mesma faixa etária que completaram o tratamento para seu primeiro tromboembolismo1 venoso.
1 Tromboembolismo: Doença produzida pela impactação de um fragmento de um trombo. É produzida quando este se desprende de seu lugar de origem, e é levado pela corrente sangüínea até produzir a oclusão de uma artéria distante do local de origem do trombo. Esta oclusão pode ter diversas conseqüências, desde leves até fatais, dependendo do tamanho do vaso ocluído e do tipo de circulação do órgão onde se deu a oclusão.
2 Anticoagulante: Substância ou medicamento que evita a coagulação, especialmente do sangue.
   [Mais...]

Medical Journal - 11/09/20
Estudo publicado pelo NEJM demonstrou que o fenilbutirato de sódio – taurursodiol resultou em declínio funcional mais lento do que o placebo1 em pacientes com esclerose2 lateral amiotrófica (ELA), conforme medido pelo escore ALSFRS-R durante um período de 24 semanas.
1 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
2 Esclerose: 1. Em geriatria e reumatologia, é o aumento patológico de tecido conjuntivo em um órgão, que ocorre em várias estruturas como nervos, pulmões etc., devido à inflamação crônica ou por razões desconhecidas. 2. Em anatomia botânica, é o enrijecimento das paredes celulares das plantas, por espessamento e/ou pela deposição de lignina. 3. Em fitopatologia, é o endurecimento anormal de um tecido vegetal, especialemnte da polpa dos frutos.
   [Mais...]

Medical Journal - 13/05/16
Para entender a relação entre a suplementação1 multivitamínica materna durante a gravidez2, os níveis de folato e de vitamina3 B12 maternos e o risco de desenvolvimento do Transtorno do Espectro Autista em crianças, no futuro, foi realizada uma pesquisa publicada pelo The FASEB Journal.
1 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
   [Mais...]

Pharma News - 22/03/16
Os homens não devem usar medicamentos para a disfunção erétil, tais como Viagra e Cialis, por pelo menos por 24 horas antes de procedimentos cirúrgicos, segundo especialistas da American Association of Nurse Anesthetists.   [Mais...]
Saúde - 17/07/14
Os indivíduos com diabetes tipo 11 ou tipo 2 estão em maior risco para desenvolver depressão, ansiedade e transtornos alimentares. Estas comorbidades2 comprometem a adesão ao tratamento e, assim, aumentam o risco de complicações graves que podem resultar em cegueira, amputações, acidentes vasculares3 cerebrais, declínio cognitivo4, diminuição da qualidade de vida e morte prematura.
1 Diabetes tipo 1: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada por deficiência na produção de insulina. Ocorre quando o próprio sistema imune do organismo produz anticorpos contra as células-beta produtoras de insulina, destruindo-as. O diabetes tipo 1 se desenvolve principalmente em crianças e jovens, mas pode ocorrer em adultos. Há tendência em apresentar cetoacidose diabética.
2 Comorbidades: Coexistência de transtornos ou doenças.
3 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
4 Cognitivo: 1. Relativo ao conhecimento, à cognição. 2. Relativo ao processo mental de percepção, memória, juízo e/ou raciocínio. 3. Diz-se de estados e processos relativos à identificação de um saber dedutível e à resolução de tarefas e problemas determinados. 4. Diz-se dos princípios classificatórios derivados de constatações, percepções e/ou ações que norteiam a passagem das representações simbólicas à experiência, e também da organização hierárquica e da utilização no pensamento e linguagem daqueles mesmos princípios.
   [Mais...]

Medical Journal - 18/01/06
Foi publicado na revista The Lancet que a relação cintura-quadril é melhor que o índice de massa corporal1 (IMC2) para prognóstico3 de risco de ataques cardíacos para vários grupos étnicos. Se a obesidade4 for redefinida segundo a relação cintura-quadril ao invés do uso do IMC2, a proporção de pessoas com risco de um ataque cardíaco triplica, segundo dados do estudo Interheart. Confira aqui uma calculadora do índice cintura X quadril e confira seus resultados.
1 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
2 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
3 Prognóstico: 1. Juízo médico, baseado no diagnóstico e nas possibilidades terapêuticas, em relação à duração, à evolução e ao termo de uma doença. Em medicina, predição do curso ou do resultado provável de uma doença; prognose. 2. Predição, presságio, profecia relativos a qualquer assunto. 3. Relativo a prognose. 4. Que traça o provável desenvolvimento futuro ou o resultado de um processo. 5. Que pode indicar acontecimentos futuros (diz-se de sinal, sintoma, indício, etc.). 6. No uso pejorativo, pernóstico, doutoral, professoral; prognóstico.
4 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
   [Mais...]

Medical Journal - 14/12/18
Um antidepressivo tricíclico de baixa dose é eficaz no tratamento da dor lombar crônica? Os resultados deste ensaio clínico publicado pelo JAMA Internal Medicine sugerem que amitriptilina em baixas doses pode ser um tratamento efetivo para dor lombar crônica, especialmente se a alternativa for o uso de um opióide.   [Mais...]
Mostrar: 10
<< - < - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - > - >>
41 a 50 (Total: 1425)
  • Entrar
  • Receber conteúdos