news.med.br  -  Pharma News
Pharma News - 26/06/14
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, alerta que a solução oral de lidocaína viscosa a 2% não deve ser usada para o tratamento de bebês1 e crianças com dor durante a erupção2 dos dentes. A FDA está exigindo que seja colocado um novo alerta na bula desta medicação, destacando esta informação. Esta medicação não está aprovada para tratar a dor do rompimento dos dentes na gengiva e o seu uso em bebês1 e crianças pequenas pode causar danos graves, incluindo a morte
1 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
2 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
   [Mais...]

Pharma News - 16/06/14
Agência Europeia de Medicamentos (EMA) iniciou uma revisão para avaliar os riscos cardiovasculares do uso de altas doses de ibuprofeno tomadas durante longos períodos.   [Mais...]
Pharma News - 05/06/14
O Comitê de Monitoramento de Dados (Data Monitoring Committee ou DMC) recomendou, por unanimidade, o encerramento antecipado do estudo PARADIGM-HF, confirmando o seu endpoint primário, ou seja, o atraso das mortes cardiovasculares e a redução das hospitalizações por insuficiência cardíaca1 crônica com o uso de LCZ696 quando comparado ao uso de enalapril.
1 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
   [Mais...]

Pharma News - 26/05/14
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Dalvance (dalbavancina), um novo medicamento antibacteriano utilizado para tratar adultos com infecções1 de pele2.
1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
   [Mais...]

Pharma News - 09/05/14
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Zontivity (vorapaxar) comprimidos para reduzir o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral1, morte cardiovascular e necessidade de procedimentos para restaurar o fluxo sanguíneo para o coração2 em pacientes com um histórico de ataque cardíaco ou bloqueios nas artérias3 das pernas.
1 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
2 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
3 Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.
   [Mais...]

Pharma News - 24/04/14
A injeção1 de corticoides, incluindo metilprednisolona, hidrocortisona, triamcinolona, betametasona e dexametasona, no espaço epidural2 para o tratamento da dor pode levar a problemas neurológicos raros, mas graves, segundo alerta da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA.
1 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
2 Espaço Epidural: Espaço entre a dura-máter e as paredes do canal vertebral.
   [Mais...]

Pharma News - 16/04/14
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Tanzeum (albiglutide), uma injeção subcutânea1 para melhorar o controle glicêmico, juntamente com dieta e exercício físico, em adultos com diabetes mellitus2 tipo 2.
1 Injeção subcutânea: Injetar fluido no tecido localizado abaixo da pele, o tecido celular subcutâneo, com uma agulha e seringa.
2 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
   [Mais...]

Pharma News - 14/04/14
Para testar a hipótese de que as pessoas que tomam ansiolíticos e hipnóticos estão em maior risco de mortalidade1 prematura, usando registros de prescrições de cuidados médicos primários e após ajuste para uma ampla gama de potenciais fatores de confusão, foi realizado um estudo de coorte2 retrospectivo3.
1 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
2 Estudo de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
3 Retrospectivo: Relativo a fatos passados, que se volta para o passado.
   [Mais...]

Pharma News - 10/04/14
Com o objetivo de avaliar a associação entre o uso de sildenafil e risco de melanoma1 incidente2 entre os homens norte-americanos, foi realizado um estudo prospectivo3 de coorte4, publicado pelo JAMA Internal Medicine.
1 Melanoma: Neoplasia maligna que deriva dos melanócitos (as células responsáveis pela produção do principal pigmento cutâneo). Mais freqüente em pessoas de pele clara e exposta ao sol.Podem derivar de manchas prévias que mudam de cor ou sangram por traumatismos mínimos, ou instalar-se em pele previamente sã.
2 Incidente: 1. Que incide, que sobrevém ou que tem caráter secundário; incidental. 2. Acontecimento imprevisível que modifica o desenrolar normal de uma ação. 3. Dificuldade passageira que não modifica o desenrolar de uma operação, de uma linha de conduta.
3 Prospectivo: 1. Relativo ao futuro. 2. Suposto, possível; esperado. 3. Relativo à preparação e/ou à previsão do futuro quanto à economia, à tecnologia, ao plano social etc. 4. Em geologia, é relativo à prospecção.
4 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
   [Mais...]

Pharma News - 04/04/14
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Oralair para tratar rinite1 alérgica (febre do feno2), com ou sem conjuntivite3, que é induzida por certos pólens de gramíneas em pessoas com idades entre 10 a 65 anos. Oralair é o primeiro extrato de alérgeno4 sublingual aprovado nos Estados Unidos.
1 Rinite: Inflamação da mucosa nasal, produzida por uma infecção viral ou reação alérgica. Manifesta-se por secreção aquosa e obstrução das fossas nasais.
2 Febre do Feno: Doença polínica, polinose, rinite alérgica estacional ou febre do feno. Deve-se à sensibilização aos componentes de polens, sendo que os alérgenos de pólen provocam sintomas clínicos quando em contato com a mucosa do aparelho respiratório e a conjuntiva de indivíduos previamente sensibilizados.
3 Conjuntivite: Inflamação da conjuntiva ocular. Pode ser produzida por alergias, infecções virais, bacterianas, etc. Produz vermelhidão ocular, aumento da secreção e ardor.
4 Alérgeno: Substância capaz de provocar reação alérgica em certos indivíduos.
   [Mais...]

» 10/03/2014 - Doribax (doripenem): FDA alerta sobre risco quando usado para tratar pneumonia em pacientes em uso de ventilador mecânico
» 25/02/2014 - JAMA: uso de anti-hipertensivos e risco de quedas graves em idosos
» 13/02/2014 - FDA aprova Imbruvica para tratar a leucemia linfocítica crônica
» 11/02/2014 - Pediatrics: dose única ou dupla de dexametasona para tratamento de crise aguda de asma em crianças pode equivaler ao tratamento com cinco dias de prednisona/prednisolona
» 28/01/2014 - FDA alerta para possíveis danos renais e cardíacos com o uso excessivo de fosfato de sódio para tratar constipação
» 20/01/2014 - FDA recomenda interromper a prescrição e a dispensação de medicamentos com mais de 325 mg de paracetamol em combinação com outras medicações
» 15/01/2014 - The Lancet Diabetes & Endocrinology: reflexões sobre a suplementação de vitamina D e seus benefícios não esqueléticos
» 17/12/2013 - Metilfenidato: FDA alerta sobre risco raro de ereções duradouras e dolorosas em homens que fazem uso deste medicamento
» 12/12/2013 - FDA aprova Perjeta para o tratamento neoadjuvante do câncer de mama
» 28/11/2013 - JAMA: talidomida para remissão clínica da doença de Crohn refratária em crianças


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar