news.med.br
Medical Journal - 22/08/16
Estudo publicado pelo The New England Journal of Medicine (NEJM) relatou que seis crianças que receberam tratamento com biotina em dose elevada, no contexto das doenças metabólicas hereditárias, surpreendentemente, apresentaram resultados laboratoriais sugestivos de doença de Graves durante exames de rotina.   [Mais...]
Medical Journal - 12/05/15
Pesquisadores da University of Ottawa, Canadá, e da University of Alabama, em Birmingham, EUA, fizeram uma revisão sistemática e meta-análise de infecções1 graves em portadores de artrite reumatoide2 tratados com medicamentos biológicos em comparação com aqueles tratados com DMARDs tradicionais.
1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.
   [Mais...]

Pharma News - 11/09/14
A Food and Drug Administration, dos EUA, aprovou o Contrave (cloridrato de naltrexona e cloridrato de bupropiona, comprimidos de liberação prolongada) como opção de tratamento para o controle crônico1 de peso corporal, associado a uma dieta reduzida em calorias2 e atividades físicas regulares.
1 Crônico: Descreve algo que existe por longo período de tempo. O oposto de agudo.
2 Calorias: Dizemos que um alimento tem “x“ calorias, para nos referirmos à quantidade de energia que ele pode fornecer ao organismo, ou seja, à energia que será utilizada para o corpo realizar suas funções de respiração, digestão, prática de atividades físicas, etc.
   [Mais...]

Medical Journal - 20/09/19
Em estudo publicado no periódico The Lancet Psychiatry, pacientes com sintomas1 depressivos leves a graves, ou ansiedade, ou uma mistura de ambos, foram selecionados por pesquisadores da University College London (UCL) para avaliar a ação da sertralina no tratamento desses pacientes. Foi observado que a sertralina não reduzia os sintomas1 depressivos dentro de seis semanas de uso, mas melhorava a ansiedade, a qualidade de vida e a saúde2 mental auto-avaliada.
1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Medical Journal - 06/10/16
Uma revisão sistemática foi publicada pelo periódico The Journal of the American Medical Association (JAMA), sobre as opções de tratamento em casos leves, moderados ou graves de hiperêmese gravídica.   [Mais...]
Medical Journal - 21/07/16
Uma análise retrospectiva sobre os efeitos antiacne dos diferentes contraceptivos hormonais foi publicada no periódico Journal of Drugs in Dermatology. As injeções de depósito, implantes subcutâneos e dispositivos intrauterinos hormonais pioram a acne1, enquanto o anel vaginal e os contraceptivos orais combinados têm um bom efeito na melhoria dessas lesões2 de pele3.
1 Acne: Doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. As lesões começam a surgir na puberdade, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos. Os cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.
2 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
   [Mais...]

Medical Journal - 01/02/12
Diferença na pressão arterial sistólica1 (PAS) de 10 mmHg ou mais, ou de 15 mmHg ou mais, entre um braço e outro já foi associada à doença vascular periférica2 e atribuída à estenose3 da subclávia. O estudo publicado pelo The Lancet investigou se existe associação entre esta diferença e doenças vasculares4 centrais ou periféricas e mortalidade5.
1 Pressão arterial sistólica: É a pressão mais elevada (pico) verificada nas artérias durante a fase de sístole do ciclo cardíaco, é também chamada de pressão máxima.
2 Doença vascular periférica: Doença dos grandes vasos dos braços, pernas e pés. Pode ocorrer quando os principais vasos dessas áreas são bloqueados e não recebem sangue suficiente. Os sinais são: dor e cicatrização lenta de lesões nessas áreas.
3 Estenose: Estreitamento patológico de um conduto, canal ou orifício.
4 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
5 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
   [Mais...]

Medical Journal - 15/06/11
Estudo publicado no The Lancet Neurology relata que o uso de lamotrigina em doses menores que 300mg/dia mostrou as menores taxas de malformações1 fetais quando comparado ao uso de ácido valproico, fenobarbital e carbamazepina.
1 Malformações: 1. Defeito na forma ou na formação; anomalia, aberração, deformação. 2. Em patologia, é vício de conformação de uma parte do corpo, de origem congênita ou hereditária, geralmente curável por cirurgia. Ela é diferente da deformação (que é adquirida) e da monstruosidade (que é incurável).
   [Mais...]

Medical Journal - 19/09/19
Em estudo publicado pelo periódico Cell Metabolism, pesquisadores mostraram que 4 semanas de jejum estrito em dias alternados melhorou os marcadores de saúde1 geral em humanos saudáveis e de meia-idade, lançando luz sobre o impacto fisiológico2 deste modelo de alimentação e apoiando sua segurança.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
   [Mais...]

Medical Journal - 28/10/19
O Hygia Chronotherapy Trial, um estudo realizado no âmbito de atendimentos clínicos na atenção primária à saúde1, foi projetado para testar se a ingestão de medicamentos anti-hipertensivos na hora de dormir, em comparação com a ingestão habitual após o despertar, exerce melhor redução do risco de doenças cardiovasculares2 (DCV).
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
   [Mais...]

Mostrar: 10
<< - < - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - > - >>
41 a 50 (Total: 930)
  • Entrar
  • Assinar