news.med.br  -  Saúde
Saúde - 05/10/16
Em trabalho apresentado na 52ª Reunião Anual da European Association for the Study of Diabetes1, em Munique, na Alemanha, foi demonstrado que o aumento do teor de proteínas2 no café da manhã tem um impacto significativo sobre a glicemia pós-prandial3, HbA1c4, sobre a perda de peso e a saciedade. No entanto, para o mesmo teor de proteína, o whey protein vs outras fontes de proteína produziu benefícios adicionais sobre a redução dos parâmetros citados.
1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
3 Glicemia pós-prandial: Teste de glicose feito entre 1 a 2 horas após refeição.
4 HbA1C: Hemoglobina glicada, hemoglobina glicosilada, glico-hemoglobina ou HbA1C e, mais recentemente, apenas como A1C é uma ferramenta de diagnóstico na avaliação do controle glicêmico em pacientes diabéticos. Atualmente, a manutenção do nível de A1C abaixo de 7% é considerada um dos principais objetivos do controle glicêmico de pacientes diabéticos. Algumas sociedades médicas adotam metas terapêuticas mais rígidas de 6,5% para os valores de A1C.
   [Mais...]

Saúde - 20/09/16
Com o aumento alarmante das doenças infantis do desenvolvimento neurológico, como o autismo e o transtorno do déficit de atenção/hiperatividade (TDAH), um grupo de cientistas, profissionais de saúde1 e defensores da saúde1 das crianças estão convidando para uma maior monitorização de produtos químicos neurotóxicos.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Saúde - 14/09/16
Documentos recentemente descobertos por uma pesquisadora da Universidade da Califórnia, em São Francisco, e publicados pela revista JAMA Internal Medicine, sugerem que cinco décadas de pesquisas sobre o papel da nutrição1 nas doenças cardíacas, incluindo muitas das recomendações dietéticas de hoje em dia, pode ter sido em grande parte moldado pela indústria do açúcar2.
1 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
2 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
   [Mais...]

Saúde - 13/09/16
As evidências epidemiológicas, observacionais e experimentais acumuladas até o momento demonstram as consequências cardiovasculares prejudiciais à saúde1 geradas pela exposição de crianças ao fumo passivo. Isto exige uma política forte que tenha tolerância zero com esta exposição, segundo declaração da American Heart Association.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Saúde - 09/09/16
A primeira vacina1 aprovada contra a dengue2 já foi licenciada em seis países. Cientistas do Imperial College London, Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health e da University of Florida estudaram a nova vacina1 e preveem que a sua eficácia depende fortemente do grupo de idade das pessoas vacinadas e da intensidade de transmissão local.
1 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
2 Dengue: Infecção viral aguda transmitida para o ser humano através da picada do mosquito Aedes aegypti, freqüente em regiões de clima quente. Caracteriza-se por apresentar febre, cefaléia, dores musculares e articulares e uma erupção cutânea característica. Existe uma variedade de dengue que é potencialmente fatal, chamada dengue hemorrágica.
   [Mais...]

Saúde - 25/08/16
Há mais uma razão para manter um peso corporal saudável à medida que envelhecemos: limitar o ganho de peso pode ajudar a reduzir o risco de mais oito tipos de câncer1. Uma equipe internacional de pesquisadores da Agência Internacional de Investigação do Câncer1 (IARC) identificou oito tipos adicionais de câncer1 ligados ao excesso de peso e à obesidade2: estômago3, fígado4, vesícula5, pâncreas6, ovário7, tireoide8, meningioma e mieloma9 múltiplo.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
3 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
4 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
5 Vesícula: Lesão papular preenchida com líquido claro.
6 Pâncreas: Órgão nodular (no ABDOME) que abriga GLÂNDULAS ENDÓCRINAS e GLÂNDULAS EXÓCRINAS. A pequena porção endócrina é composta pelas ILHOTAS DE LANGERHANS, que secretam vários hormônios na corrente sangüínea. A grande porção exócrina (PÂNCREAS EXÓCRINO) é uma glândula acinar composta, que secreta várias enzimas digestivas no sistema de ductos pancreáticos (que desemboca no DUODENO).
7 Ovário: Órgão reprodutor (GÔNADAS) feminino. Nos vertebrados, o ovário contém duas partes funcionais Sinônimos: Ovários
8 Tireoide: Glândula endócrina altamente vascularizada, constituída por dois lobos (um em cada lado da TRAQUÉIA) unidos por um feixe de tecido delgado. Secreta os HORMÔNIOS TIREOIDIANOS (produzidos pelas células foliculares) e CALCITONINA (produzida pelas células para-foliculares), que regulam o metabolismo e o nível de CÁLCIO no sangue, respectivamente.
9 Mieloma: Variedade de câncer que afeta os linfócitos tipo B, encarregados de produzir imunoglobulinas. Caracteriza-se pelo surgimento de dores ósseas, freqüentemente a nível vertebral, anemia, insuficiência renal e um estado de imunodeficiência crônica.
   [Mais...]

Saúde - 24/08/16
Uma declaração científica da American Heart Association diz que existe associação entre o consumo de açúcares adicionados e o risco de desenvolver doenças cardiovasculares1 em crianças, por isso elas não devem exceder as 25 gramas diárias de açúcares adicionados por dia em sua dieta.
1 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
   [Mais...]

Saúde - 23/08/16
Quase uma em cada cinco infecções1 oculares relacionadas ao uso de lentes de contato, relatadas pela Food and Drug Administration (FDA), resulta em danos aos olhos2, de acordo com uma nova análise divulgada pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos EUA.
1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Olhos:
   [Mais...]

Saúde - 05/08/16
O Instituto Nacional de Alergia1 e Doenças Infecciosas (NIAID), parte do Instituto Nacional de Saúde2 dos Estados Unidos, lançou um ensaio clínico para testar a segurança e a imunogenicidade de uma vacina3 com a intenção de prevenir a infecção4 pelo vírus5 Zika.
1 Alergia: Reação inflamatória anormal, perante substâncias (alérgenos) que habitualmente não deveriam produzi-la. Entre estas substâncias encontram-se poeiras ambientais, medicamentos, alimentos etc.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
4 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
5 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
   [Mais...]

Saúde - 03/08/16
Foi publicado um estudo no The Journal of Pediatrics que avaliou se crianças em idade pré-escolar com “hora para dormir” têm menor risco de obesidade1 na adolescência e se essa redução de risco é modificada pela sensibilidade materna.
1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
   [Mais...]

» 27/07/2016 - Aumentar o consumo de frutas e legumes colabora para melhorar o bem-estar e a felicidade
» 22/07/2016 - O consumo de álcool pode causar câncer em sete locais diferentes do corpo
» 14/07/2016 - A suplementação de vitamina durante a gravidez é realmente necessária?
» 08/07/2016 - Global Burden of Disease Study 2013: estudo mostra impacto da hepatite viral no mundo
» 30/06/2016 - Um padrão irregular de alimentação pode colaborar para fatores de risco cardiometabólicos
» 24/06/2016 - Olimpíadas no Brasil: o que a OMS recomenda aos viajantes que virão aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016?
» 22/06/2016 - Enjoos na gravidez e hiperêmese gravídica: protocolo de cuidados do Royal College of Obstetricians & Gynaecologists
» 16/06/2016 - Consumir café, mate ou bebidas muito quentes causa câncer?
» 15/06/2016 - Quanto uma criança deve dormir? Primeiro consenso sobre sono infantil da Academia Americana de Medicina do Sono
» 13/06/2016 - Comer gordura para emagrecer! Protocolos atuais de combate à obesidade podem estar errados, segundo relatório divulgado na Inglaterra


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar
O news.med.br® é parte integrante da Plataforma HiDoctor® e é oferecido a você gratuitamente.