news.med.br
Saúde - 24/09/18
O Royal Marsden NHS Foundation Trust e o Institute of Cancer1 Research, de Londres, fizeram o primeiro tratamento no Reino Unido usando uma nova máquina de radioterapia2 conhecida como Magnetic Resonance Linear Accelerator (MR Linac).
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Radioterapia: Método que utiliza diversos tipos de radiação ionizante para tratamento de doenças oncológicas.
   [Mais...]

Medical Journal - 21/09/18
A lorcaserina, um agonista1 seletivo do receptor 2C da serotonina, que modula o apetite, tem eficácia comprovada no controle do peso em pacientes com sobrepeso2 ou obesidade3. Um estudo publicado pelo The New England Journal of Medicine (NEJM) mostrou que a lorcaserina facilitou a perda de peso sustentada sem uma taxa alta de eventos cardiovasculares maiores do que aquela com o placebo4.
1 Agonista: 1. Em farmacologia, agonista refere-se às ações ou aos estímulos provocados por uma resposta, referente ao aumento (ativação) ou diminuição (inibição) da atividade celular. Sendo uma droga receptiva. 2. Lutador. Na Grécia antiga, pessoa que se dedicava à ginástica para fortalecer o físico ou como preparação para o serviço militar.
2 Sobrepeso: Peso acima do normal, índice de massa corporal entre 25 e 29,9.
3 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
4 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Medical Journal - 20/09/18
O tratamento com ácido graxo poli-insaturado ômega-3 está associado à melhora dos sintomas1 de ansiedade? Nesta revisão sistemática e metanálise de 19 ensaios clínicos2, com participantes de 11 países, a melhora dos sintomas1 de ansiedade foi associada ao tratamento com ômega-3. Os efeitos ansiolíticos foram maiores em participantes com condições clínicas específicas.
1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Ensaios clínicos: Há três fases diferentes em um ensaio clínico. A Fase 1 é o primeiro teste de um tratamento em seres humanos para determinar se ele é seguro. A Fase 2 concentra-se em saber se um tratamento é eficaz. E a Fase 3 é o teste final antes da aprovação para determinar se o tratamento tem vantagens sobre os tratamentos padrões disponíveis.
   [Mais...]

Medical Journal - 19/09/18
Um estudo com publicação online pelo American Journal of Psychiatry diz que níveis elevados de um metabólito1 do diclorodifeniltricloroetano (DDT) no soro2 de grávidas fornecem a primeira evidência com biomarcadores de que um inseticida pode estar envolvido na etiologia3 do autismo em crianças.
1 Metabólito: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
2 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
3 Etiologia: 1. Ramo do conhecimento cujo objeto é a pesquisa e a determinação das causas e origens de um determinado fenômeno. 2. Estudo das causas das doenças.
   [Mais...]

Medical Journal - 18/09/18
A progressão para o diabetes tipo 21 em pessoas com pré-diabetes2 pode ser acentuadamente reduzida com intervenções destinadas a corrigir os distúrbios fisiopatológicos subjacentes (ou seja, a secreção prejudicada de insulina3 e a resistência à insulina4), segundo publicação do The Lancet Diabetes5 & Endocrinology.
1 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
2 Pré-diabetes: Condição em que um teste de glicose, feito após 8 a 12 horas de jejum, mostra um nível de glicose mais alto que o normal mas não tão alto para um diagnóstico de diabetes. A medida está entre 100 mg/dL e 125 mg/dL. A maioria das pessoas com pré-diabetes têm um risco aumentado de desenvolver diabetes tipo 2.
3 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
4 Resistência à insulina: Inabilidade do corpo para responder e usar a insulina produzida. A resistência à insulina pode estar relacionada à obesidade, hipertensão e altos níveis de colesterol no sangue.
5 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
   [Mais...]

Medical Journal - 17/09/18
Um estudo publicado pelo The New England Journal of Medicine (NEJM) avaliou a relação entre aspirina e sobrevida1 livre de incapacidades em idosos saudáveis e mostrou que o uso deste medicamento não prolongou a sobrevida1 livre de incapacidades por um período de cinco anos, mas levou a uma taxa mais alta de hemorragia2 grave do que o uso de placebo3.
1 Sobrevida: Prolongamento da vida além de certo limite; prolongamento da existência além da morte, vida futura.
2 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
3 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Saúde - 14/09/18
O Colorado está vivendo um surto de enterovírus1 (EV) A71 que causa doenças neurológicas em crianças. O vírus2 é uma causa comum da síndrome3 mão4-pé-boca5. De maio a agosto, 34 crianças com doença neurológica tiveram resultado positivo para EV-A71.
1 Enterovírus: Grupo de picornavírus, geralmente presentes no intestino, que podem causar doenças respiratórias ou do tecido nervoso como, por exemplo, no homem, a poliomielite e, nos animais, a febre aftosa.
2 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
3 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
4 Mão: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
5 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
   [Mais...]

Saúde - 13/09/18
Níveis sanguíneos elevados de uma partícula gordurosa chamada lipoproteína (a) podem explicar alguns ataques cardíacos prematuros e inesperados, mesmo em pessoas com níveis normais de LDL colesterol1, conhecido como colesterol2 ruim. A informação está na página da Harvard Health Publishing (Harvard Medical School).
1 LDL colesterol: Do inglês low-density lipoprotein cholesterol, colesterol de baixa densidade ou colesterol ruim.
2 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
   [Mais...]

Medical Journal - 11/09/18
Pesquisa publicada pelo periódico Sleep estudou afro-americanos em relação à apneia obstrutiva do sono1 (AOS). O Jackson Heart Sleep Study determinou a prevalência2 e as relações da AOS em geral e por sexo entre os afro-americanos e seus fatores de risco.
1 Apnéia obstrutiva do sono: Pausas na respiração durante o sono.
2 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
   [Mais...]

Medical Journal - 06/09/18
Estudo publicado pelo periódico Cancer1 Epidemiology mostra crescimento dos casos de câncer1 atribuíveis ao alto índice de massa corporal2 (IMC3) no Brasil. Os pontos mais importantes do estudo são: o IMC3 elevado é responsável por 15.000 (3.8%) de todos os novos casos de câncer1 diagnosticados no Brasil; os locais mais comuns foram mama4 em mulheres e cólon5 em homens; a carga de câncer1 atribuível ao alto IMC3 foi maior em mulheres e mais pronunciada nos estados mais ricos. Em 2025, os casos de câncer1 atribuíveis ao IMC3 elevado devem dobrar em relação a 2012.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
3 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
4 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
5 Cólon:
   [Mais...]

Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - > - >>
1 a 10 (Total: 2051)
  • Entrar
  • Assinar