news.med.br  -  Pharma News
Pharma News - 06/07/15
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o primeiro medicamento para tratar a causa da fibrose cística1 em pessoas que têm duas cópias de uma mutação2 específica, a F508del.
1 Fibrose cística: Doença genética autossômica recessiva que promove alteração de glândulas exócrinas do organismo. Caracterizada por infecções crônicas das vias aéreas, que leva ao desenvolvimento de bronquiectasias, insuficiência pancreática exócrina, disfunções intestinais, anormalidades das glândulas sudoríparas e disfunção genitourinária.
2 Mutação: 1. Ato ou efeito de mudar ou mudar-se. Alteração, modificação, inconstância. Tendência, facilidade para mudar de ideia, atitude etc. 2. Em genética, é uma alteração súbita no genótipo de um indivíduo, sem relação com os ascendentes, mas passível de ser herdada pelos descendentes.
   [Mais...]

Pharma News - 01/07/15
Baricitinib diário, um inibidor da Janus quinase JAK1 e JAK2, de uso oral, produz melhora rápida dos sinais1 e sintomas2 da artrite reumatoide3 em pacientes com doença ativa que não obtiveram resposta a pelo menos um inibidor do fator de necrose4 tumoral (TNF), como indica o estudo RA-BEACON, apresentado no congresso da The European League Against Rheumatism (EULAR Rome 2015).
1 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.
4 Necrose: Conjunto de processos irreversíveis através dos quais se produz a degeneração celular seguida de morte da célula.
   [Mais...]

Pharma News - 11/06/15
Medicamentos amplamente utilizados no tratamento da doença do refluxo gastroesofágico1 (DRGE), conhecidos como inibidores da bomba de prótons, podem aumentar o risco de ataque cardíaco, de acordo com um estudo de análise de dados que envolveu quase três milhões de pessoas.
1 Refluxo gastroesofágico: Presença de conteúdo ácido proveniente do estômago na luz esofágica. Como o dito órgão não está adaptado fisiologicamente para suportar a acidez do suco gástrico, pode ser produzida inflamação de sua mucosa (esofagite).
   [Mais...]

Pharma News - 01/06/15
A Food and Drug Administration (FDA) está alertando sobre o risco de desenvolver cetoacidose diabética1 com o uso de medicamentos inibidores de SGLT2 para o tratamento da diabetes tipo 22, tais como canagliflozina, dapagliflozina e empagliflozina.
1 Cetoacidose diabética: Complicação aguda comum do diabetes melito, é caracterizada pela tríade de hiperglicemia, cetose e acidose. Laboratorialmente se caracteriza por pH arterial 250 mg/dl, com moderado grau de cetonemia e cetonúria. Esta condição pode ser precipitada principalmente por infecções, infarto agudo do miocárdio, acidente vascular encefálico, trauma e tratamento inadequado do diabetes. Os sinais clínicos da cetoacidose são náuseas, vômitos, dor epigástrica (no estômago), hálito cetônico e respiração rápida. O não-tratamento desta condição pode levar ao coma e à morte.
2 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
   [Mais...]

Pharma News - 05/05/15
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Raplixa (selante de fibrina1 [humana]), o primeiro selante de fibrina1 em forma de spray seco (pulverizador) aprovado pela agência. Ele pode ser usado para ajudar a controlar a hemorragia2 durante uma cirurgia.
1 Fibrina: Proteína formada no plasma a partir da ação da trombina sobre o fibrinogênio. Ela é o principal componente dos coágulos sanguíneos.
2 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
   [Mais...]

Pharma News - 01/04/15
Com o objetivo de investigar a eficácia e a segurança do paracetamol (acetaminofeno) no alívio das dores na coluna lombar e na artrose1 do quadril ou do joelho, foi realizada uma revisão sistemática e meta-análise de estudos randomizados, controlados com placebo2, publicada pelo The British Medical Journal (BMJ).
1 Artrose: Também chamada de osteoartrose ou processo degenerativo articular, resulta de um processo anormal entre a destruição cartilaginosa e a reparação da mesma. Entende-se por cartilagem articular, um tipo especial de tecido que reveste a extremidade de dois ossos justapostos que possuem algum grau de movimentação entre eles, sua função básica é a de diminuir o atrito entre duas superfícies ósseas quando estas executam qualquer tipo de movimento, funcionando como mecanismo de absorção de choque. O estado de hidratação da cartilagem e a integridade da mesma, é fator preponderante para o não desenvolvimento da artrose.
2 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Pharma News - 31/03/15
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, ampliou o uso aprovado para o Eylea (aflibercept), injeção1 para tratar a retinopatia diabética2 em pacientes com edema macular3 diabético. O medicamento já era aprovado para tratar a degeneração macular4 úmida relacionada à idade (degeneração5 neovascular ou DMRI).
1 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
2 Retinopatia diabética: Dano causado aos pequenos vasos da retina dos diabéticos. Pode levar à perda da visão. Retinopatia não proliferativa ou retinopatia background Caracterizada por alterações intra-retinianas associadas ao aumento da permeabilidade capilar e à oclusão vascular que pode ou não ocorrer. São encontrados microaneurismas, edema macular e exsudatos duros (extravasamento de lipoproteínas). Também chamada de retinopatia simples.
3 Edema macular: Inchaço na mácula.
4 Degeneração macular: A degeneração macular destrói gradualmente a visão central, afetando a mácula, parte do olho que permite enxergar detalhes finos necessários para realizar tarefas diárias tais como ler e dirigir. Existem duas formas - úmida e seca. Na forma úmida, há crescimento anormal de vasos sanguíneos no fundo do olho, podendo extravasar fluidos que prejudicam a visão central. Na forma seca, que é a mais comum e menos grave, há acúmulo de resíduos do metabolismo celular da retina, aliado a graus variáveis de atrofia do tecido retiniano, causando uma perda visual central, de progressão lenta, podendo dificultar a realização de algumas atividades como ler e escrever ou a identificação de traços de fisionomia.
5 Degeneração: 1. Ato ou efeito de degenerar (-se). 2. Perda ou alteração (no ser vivo) das qualidades de sua espécie; abastardamento. 3. Mudança para um estado pior; decaimento, declínio. 4. No sentido figurado, é o estado de depravação. 5. Degenerescência.
   [Mais...]

Pharma News - 09/03/15
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Cresemba (sulfato de isavuconazonium), um novo medicamento antifúngico utilizado para tratar adultos com aspergilose invasiva e mucormicose invasiva; infecções1 raras, mas graves.
1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
   [Mais...]

Pharma News - 26/02/15
A Food and Drug Administration, dos EUA, aprovou hoje o Avycaz (ceftazidime-avibactam), um novo medicamento antibacteriano para o tratamento de adultos com infecções1 complicadas intra-abdominais (ICIA), em combinação com o metronidazol, e infecções1 complicadas do trato urinário2 (ITUc), incluindo infecção3 nos rins4 (pielonefrite5), que têm pouca ou nenhuma opção alternativa de tratamento.
1 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Trato Urinário:
3 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
4 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
5 Pielonefrite: Infecção dos rins produzida em geral por bactérias. A forma de aquisição mais comum é por ascensão de bactérias através dos ureteres, como complicação de uma infecção prévia de bexiga. Seus sintomas são febre, dor lombar, calafrios, eliminação de urina turva ou com traços de sangue, etc. Deve ser tratada cuidadosamente com antibióticos pelo risco de lesão permanente dos rins, com perda de função renal.
   [Mais...]

Pharma News - 04/02/15
A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Ibrance (palbociclib) para tratar o câncer1 de mama2 avançado (metastático) em mulheres na pós-menopausa3.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
3 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
   [Mais...]

» 03/02/2015 - CMAJ: sulfametoxazol-trimetoprim aumenta o risco de hipercalemia e morte súbita quando associado à espironolactona
» 28/01/2015 - Paracetamol foi o tratamento menos eficaz para a osteoartrite do joelho: revisão sistemática e meta-análise publicada pelo Annals of Internal Medicine
» 22/01/2015 - Novo medicamento para tratar psoríase em placas é aprovado pela FDA
» 07/01/2015 - Novo medicamento para tratamento da hepatite C é aprovado pela Anvisa, o Daklinza (daclatasvir)
» 06/01/2015 - Saxenda: novo medicamento é aprovado pela FDA para controle de peso corporal
» 23/12/2014 - FDA aprova novo antibiótico, o Zerbaxa
» 19/12/2014 - FDA aprova Xtoro para tratar a otite dos nadadores
» 18/12/2014 - JAMA: omeprazol e demência. Esclareça suas dúvidas.
» 12/12/2014 - FDA: antipsicótico ziprasidona vinculado à reação potencialmente fatal na pele conhecida como DRESS
» 20/11/2014 - Danos comuns causados pela amoxicilina e amoxicilina-clavulanato: uma revisão sistemática e meta-análise publicada pelo Canadian Medical Association Journal


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar