news.med.br
Medical Journal - 31/01/19
Com o objetivo de examinar a associação entre o consumo total e individual de alimentos fritos com a mortalidade1 por todas as causas e por causa específica, em mulheres na pós-menopausa2, nos Estados Unidos, foi realizado um estudo de coorte3 prospectivo4 publicado pelo BMJ.
1 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
2 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
3 Estudo de coorte: Um estudo de coorte é realizado para verificar se indivíduos expostos a um determinado fator apresentam, em relação aos indivíduos não expostos, uma maior propensão a desenvolver uma determinada doença. Um estudo de coorte é constituído, em seu início, de um grupo de indivíduos, denominada coorte, em que todos estão livres da doença sob investigação. Os indivíduos dessa coorte são classificados em expostos e não-expostos ao fator de interesse, obtendo-se assim dois grupos (ou duas coortes de comparação). Essas coortes serão observadas por um período de tempo, verificando-se quais indivíduos desenvolvem a doença em questão. Os indivíduos expostos e não-expostos devem ser comparáveis, ou seja, semelhantes quanto aos demais fatores, que não o de interesse, para que as conclusões obtidas sejam confiáveis.
4 Prospectivo: 1. Relativo ao futuro. 2. Suposto, possível; esperado. 3. Relativo à preparação e/ou à previsão do futuro quanto à economia, à tecnologia, ao plano social etc. 4. Em geologia, é relativo à prospecção.
   [Mais...]

Saúde - 30/01/19
Os desafios de saúde1 são muitos no mundo: surtos de doenças evitáveis por vacinação, crescimento de patógenos resistentes a medicamentos, taxas crescentes de obesidade2 e inatividade física, poluição ambiental, mudança climática e múltiplas crises humanitárias. Em 2019, a Organização Mundial de Saúde1 põe em prática um novo plano estratégico de 5 anos — o 13th General Programme of Work — para enfrentar essas ameaças.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
   [Mais...]

Saúde - 29/01/19
A cada ano, a American Cancer1 Society estima o número de novos casos de câncer1 e mortes que ocorrerão nos Estados Unidos e compila os dados mais recentes sobre incidência2, mortalidade3 e sobrevivência4 de câncer1. Os dados do documento deste ano mostram que a taxa de mortalidade3 por câncer1 (2007‐2016) diminuiu anualmente em mulheres e homens em 1,4% e 1,8%, respectivamente.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
3 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
4 Sobrevivência: 1. Ato ou efeito de sobreviver, de continuar a viver ou a existir. 2. Característica, condição ou virtude daquele ou daquilo que subsiste a um outro. Condição ou qualidade de quem ainda vive após a morte de outra pessoa. 3. Sequência ininterrupta de algo; o que subsiste de (alguma coisa remota no tempo); continuidade, persistência, duração.
   [Mais...]

Medical Journal - 24/01/19
Estudo publicado na revista PLOS Medicine analisou a grande epidemia de Zika de 2016 no Nicarágua, em uma coorte1 pediátrica com histórias de infecção2 pelo vírus3 da dengue4 (DENV), e descobriu que a infecção2 prévia por DENV pode proteger os indivíduos contra a infecção2 sintomática5 por Zika vírus3.
1 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
2 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
3 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
4 Dengue: Infecção viral aguda transmitida para o ser humano através da picada do mosquito Aedes aegypti, freqüente em regiões de clima quente. Caracteriza-se por apresentar febre, cefaléia, dores musculares e articulares e uma erupção cutânea característica. Existe uma variedade de dengue que é potencialmente fatal, chamada dengue hemorrágica.
5 Sintomática: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
   [Mais...]

Medical Journal - 23/01/19
Um trabalho publicado na revista Nature Medicine mostra que o NfL sérico, um biomarcador sanguíneo, pode dar uma indicação de perda neuronal, prevendo a progressão e a neurodegeneração cerebral nos estágios pré-sintomáticos iniciais da doença de Alzheimer1 familiar, o que sustenta sua utilidade potencial como um biomarcador clinicamente útil nesta patologia2.
1 Doença de Alzheimer: É uma doença progressiva, de causa e tratamentos ainda desconhecidos que acomete preferencialmente as pessoas idosas. É uma forma de demência. No início há pequenos esquecimentos, vistos pelos familiares como parte do processo normal de envelhecimento, que se vão agravando gradualmente. Os pacientes tornam-se confusos e por vezes agressivos, passando a apresentar alterações da personalidade, com distúrbios de conduta e acabam por não reconhecer os próprios familiares e até a si mesmos quando colocados frente a um espelho. Tornam-se cada vez mais dependentes de terceiros, iniciam-se as dificuldades de locomoção, a comunicação inviabiliza-se e passam a necessitar de cuidados e supervisão integral, até mesmo para as atividades elementares como alimentação, higiene, vestuário, etc..
2 Patologia: 1. Especialidade médica que estuda as doenças e as alterações que estas provocam no organismo. 2. Qualquer desvio anatômico e/ou fisiológico, em relação à normalidade, que constitua uma doença ou caracterize determinada doença. 3. Por extensão de sentido, é o desvio em relação ao que é próprio ou adequado ou em relação ao que é considerado como o estado normal de uma coisa inanimada ou imaterial.
   [Mais...]

Medical Journal - 22/01/19
A vacinação contra o papilomavírus humano e o rastreio do colo do útero1 são deficientes na maioria dos locais com poucos recursos. Este estudo publicado pelo periódico JNCI apresentou um modelo de avaliação visual automatizada de imagens cervicais baseado em aprendizagem profunda que pode permitir a disseminação de triagem cervical efetiva para o câncer2 do colo do útero1.
1 Colo do útero: Porção compreendendo o pescoço do ÚTERO (entre o ístmo inferior e a VAGINA), que forma o canal cervical.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

Medical Journal - 21/01/19
O aumento da ingestão diária de água previne a cistite1 em mulheres na pré-menopausa2 que sofrem de cistite1 recorrente e que ingerem baixos volumes de líquidos diariamente, é o que mostra um estudo publicado pelo periódico JAMA Internal Medicine.
1 Cistite: Inflamação ou infecção da bexiga. É uma das infecções mais freqüentes em mulheres, e manifesta-se por ardor ao urinar, urina escura ou com traços de sangue, aumento na freqüência miccional, etc.
2 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
   [Mais...]

Saúde - 18/01/19
As mulheres geralmente têm acesso limitado à contracepção1, e os métodos de barreira têm baixa aceitação e uma alta taxa de falha, principalmente devido ao uso incorreto, o que pode resultar em gravidez2 não planejada. Uma equipe da Georgia Tech inventou um adesivo com microagulhas que se implantam na pele3 e se dissolvem, liberando hormônio4.
1 Contracepção: Qualquer processo que evite a fertilização do óvulo ou a implantação do ovo. Os métodos de contracepção podem ser classificados de acordo com o seu objetivo em barreiras mecânicas ou químicas, impeditivas de nidação e contracepção hormonal.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
4 Hormônio: Substância química produzida por uma parte do corpo e liberada no sangue para desencadear ou regular funções particulares do organismo. Por exemplo, a insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que diz a outras células quando usar a glicose para energia. Hormônios sintéticos, usados como medicamentos, podem ser semelhantes ou diferentes daqueles produzidos pelo organismo.
   [Mais...]

Medical Journal - 17/01/19
Muhammad S. Panhware e outros colaboradores do University Hospitals Cleveland Medical Center publicaram na revista Heart Failure um estudo realizado com o objetivo de determinar se a infecção1 por influenza2 aumenta a morbidade3 e mortalidade4 em pacientes hospitalizados com insuficiência cardíaca5 (IC).
1 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Influenza: Doença infecciosa, aguda, de origem viral que acomete o trato respiratório, ocorrendo em epidemias ou pandemias e frequentemente se complicando pela associação com outras infecções bacterianas.
3 Morbidade: Morbidade ou morbilidade é a taxa de portadores de determinada doença em relação à população total estudada, em determinado local e em determinado momento.
4 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
5 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
   [Mais...]

Medical Journal - 16/01/19
Pesquisa publicada pelo Journal of the American College of Cardiology destaca associação independente entre menor tempo de sono e sono mais fragmentado com um risco aumentado de aterosclerose1 subclínica em vasos sanguíneos2 distintos. Os resultados indicam a importância de hábitos de sono saudáveis para a prevenção de doenças cardiovasculares3.
1 Aterosclerose: Tipo de arteriosclerose caracterizado pela formação de placas de ateroma sobre a parede das artérias.
2 Vasos Sanguíneos: Qualquer vaso tubular que transporta o sangue (artérias, arteríolas, capilares, vênulas e veias).
3 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
   [Mais...]

Mostrar: 10
<< - < - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - > - >>
61 a 70 (Total: 2164)
  • Entrar
  • Assinar