news.med.br
Medical Journal - 14/03/16
Os pesquisadores do presente trabalho, publicado pelo Annals of Internal Medicine, queriam ver se prednisolona oral era tão eficaz e segura como a indometacina para pacientes1 com sintomas2 de gota3 aguda, vistos no departamento de emergência4 (DE). Para isso estudaram pacientes com sintomas2 da artrite5 gotosa aguda em quatro unidades de atendimento de emergência4 de Hong Kong.
1 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Gota: 1. Distúrbio metabólico produzido pelo aumento na concentração de ácido úrico no sangue. Manifesta-se pela formação de cálculos renais, inflamação articular e depósito de cristais de ácido úrico no tecido celular subcutâneo. A inflamação articular é muito dolorosa e ataca em crises. 2. Pingo de qualquer líquido.
4 Emergência: 1. Ato ou efeito de emergir. 2. Situação grave, perigosa, momento crítico ou fortuito. 3. Setor de uma instituição hospitalar onde são atendidos pacientes que requerem tratamento imediato; pronto-socorro. 4. Eclosão. 5. Qualquer excrescência especializada ou parcial em um ramo ou outro órgão, formada por tecido epidérmico (ou da camada cortical) e um ou mais estratos de tecido subepidérmico, e que pode originar nectários, acúleos, etc. ou não se desenvolver em um órgão definido.
5 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
   [Mais...]

Medical Journal - 04/10/21
O tratamento com inosina oral por até 2 anos diminui a progressão da doença de Parkinson1? Neste estudo, publicado no JAMA, entre os pacientes recentemente diagnosticados com doença de Parkinson1, o tratamento com inosina, em comparação com o placebo2, não resultou em uma diferença significativa na taxa de progressão clínica da doença. A pontuação total na Escala de Avaliação da Doença de Parkinson1 antes do início da medicação dopaminérgica foi de 11,1 pontos por ano no grupo da inosina e 9,9 pontos por ano no grupo do placebo2. Assim, o tratamento com inosina que eleva o urato não foi clinicamente benéfico no início da doença de Parkinson1 e os resultados não apoiam o uso de inosina como tratamento para doença de Parkinson1 inicial.
1 Doença de Parkinson: Doença degenerativa que afeta uma região específica do cérebro (gânglios da base), e caracteriza-se por tremores em repouso, rigidez ao realizar movimentos, falta de expressão facial e, em casos avançados, demência. Os sintomas podem ser aliviados por medicamentos adequados, mas ainda não se conhece, até o momento, uma cura definitiva.
2 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
   [Mais...]

Medical Journal - 29/09/21
Nesta análise sistemática do Estudo sobre a Carga Global de Doenças, Lesões1 e Fatores de Risco, publicada no The Lancet Neurology, os resultados mostram que o número anual de acidentes vasculares2 cerebrais e mortes devido a acidentes vasculares2 cerebrais aumentou substancialmente de 1990 a 2019, apesar das reduções substanciais nas taxas padronizadas por idade, particularmente entre pessoas com mais de 70 anos. As maiores taxas de mortalidade3 e anos de vida ajustados por incapacidade padronizadas por idade relacionadas ao AVC ocorreram em países de baixa renda. O fator de risco4 de crescimento mais rápido para AVC entre 1990 e 2019 foi o alto índice de massa corporal5. Sem a implementação urgente de estratégias eficazes de prevenção primária, a carga de AVC provavelmente continuará a crescer em todo o mundo, particularmente em países de baixa renda.
1 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
2 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
3 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
4 Fator de risco: Qualquer coisa que aumente a chance de uma pessoa desenvolver uma doença.
5 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
   [Mais...]

Medical Journal - 06/09/21
Voltar à forma depois de ter um bebê é difícil, mesmo para mulheres que estavam em forma e eram fortes antes de engravidar, mostra um novo estudo publicado na revista PLOS One, que avaliou o impacto da gravidez1 na aptidão física de 460 mulheres que engravidaram durante o serviço militar. Antes de engravidar, as mulheres tinham altos níveis de aptidão física como requisito para serem soldadas na ativa. Elas continuaram o treinamento físico modificado durante a gravidez1 e a maioria voltou ao treinamento regular 12 semanas após o parto. Mesmo com esse treinamento dedicado, muitas das mulheres lutaram para recuperar a forma física. Um ano após o parto, apenas 30% conseguiram obter a mesma pontuação que tinham antes da gravidez1 no Teste de Aptidão Física do Exército dos EUA, que envolve abdominais, flexões e uma corrida cronometrada de 3,2 km. Três anos após o parto, 75% alcançaram suas pontuações pré-gravidez1.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

Medical Journal - 22/09/21
Um novo estudo indica que uma enzima1 chamada proteína fosfatase 2A (PP2A) parece ser um dos principais fatores que causam a pré-eclâmpsia2, uma perigosa complicação da gravidez3 caracterizada pelo desenvolvimento de pressão alta e excesso de proteína na urina4. A descoberta, publicada na revista Circulation Research, pode levar a novos tratamentos para a pré-eclâmpsia2 além do parto prematuro, que muitas vezes é a única opção. No estudo foi demonstrado que a ativação da proteína fosfatase 2A via ApoER2 em trofoblastos5 estimula a pré-eclâmpsia2 em um modelo de camundongo da síndrome6 antifosfolípide. Os anticorpos7 antifosfolípides circulantes característicos da síndrome6 antifosfolípide alteram a função do trofoblasto8 da placenta para causar pré-eclâmpsia2 e também colocar o feto9 em perigo.
1 Enzima: Proteína produzida pelo organismo que gera uma reação química. Por exemplo, as enzimas produzidas pelo intestino que ajudam no processo digestivo.
2 Pré-eclâmpsia: É caracterizada por hipertensão, edema (retenção de líquidos) e proteinúria (presença de proteína na urina). Manifesta-se na segunda metade da gravidez (após a 20a semana de gestação) e pode evoluir para convulsão e coma, mas essas condições melhoram com a saída do feto e da placenta. No meio médico, o termo usado é Moléstia Hipertensiva Específica da Gravidez. É a principal causa de morte materna no Brasil atualmente.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
4 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
5 Trofoblastos: Células que revestam a parte externa do BLASTOCISTO. Depois que os trofoblastos se ligam ao ENDOMÉTRIO, desenvolvem duas camadas distintas
6 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
7 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.
8 Trofoblasto: Na embriologia, é a camada de células epiteliais que forma a parede externa da blástula dos mamíferos (blastocisto) e atua na implantação e nutrição do embrião. É a camada de células que vem a formar a camada superficial da placenta.
9 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
   [Mais...]

Medical Journal - 02/09/21
As taxas de diabetes gestacional1 aumentaram significativamente na última década nos EUA, de acordo com uma análise retrospectiva. O diabetes gestacional1 está associado a resultados adversos para a mãe e a prole. Entre mais de 12 milhões de indivíduos incluídos no estudo, a taxa geral padronizada por idade de diabetes gestacional1 aumentou de 47,6 para 63,5 por 1.000 nascidos vivos de 2011 a 2019 – um aumento médio de 3,7% ao ano. Essas taxas aumentaram em todos os grupos raciais, étnicos e etários, escreveram os pesquisadores no artigo publicado no JAMA. A taxa absoluta de diabetes gestacional1 foi mais alta em participantes indianas asiáticas, e este grupo tinha mais do que o dobro de probabilidade de ter diabetes gestacional1 em comparação com mulheres brancas.
1 Diabetes gestacional: Tipo de diabetes melito que se desenvolve durante a gravidez e habitualmente desaparece após o parto, mas aumenta o risco da mãe desenvolver diabetes no futuro. O diabetes gestacional é controlado com planejamento das refeições, atividade física e, em alguns casos, com o uso de insulina.
   [Mais...]

Medical Journal - 01/10/21
Um teste barato de 5 minutos pode determinar com precisão se uma pessoa teve covid-19 no passado ou determinar se ela tem proteção de uma vacina1 detectando anticorpos2 no sangue3 ou saliva. Em um estudo publicado na revista Science Advances, pesquisadores relatam uma plataforma de detecção de imunoglobulina4 G (IgG) para SARS-CoV-2 ultrarrápida, de baixo custo e portátil baseada em transistores eletroquímicos orgânicos, que podem ser controlados remotamente por um telefone celular. O teste provou ser altamente preciso na medição de anticorpos2 contra o coronavírus quando foi testado em amostras de sangue3 e saliva que foram enriquecidas com diferentes níveis de anticorpos2 no laboratório, incluindo níveis muito baixos.
1 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
2 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.
3 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
4 Imunoglobulina: Proteína do soro sanguíneo, sintetizada pelos plasmócitos provenientes dos linfócitos B como reação à entrada de uma substância estranha (antígeno) no organismo; anticorpo.
   [Mais...]

Medical Journal - 30/09/21
Um tratamento de câncer1 que usa RNA mensageiro para lançar um ataque imunológico às células2 cancerosas pode reduzir completamente os tumores em camundongos e agora está sendo testado em pessoas. RNAs mensageiros – ou RNAms – são moléculas que instruem as células2 a produzir proteínas3. Eles alcançaram a fama com o lançamento das vacinas de RNAm contra a covid-19. A BioNTech, empresa que desenvolveu a vacina4 de RNAm contra a covid-19 da Pfizer, agora está testando se os RNAms podem ser usados para tratar o câncer1, estimulando as células2 a produzir proteínas3 que combatem o tumor5. Em um estudo publicado na revista Science Translational Medicine, a empresa relata dados promissores sobre um coquetel de RNAm em modelos de camundongos de câncer1 de cólon6 e melanoma7. Segundo o estudo, a entrega local de citocinas8 codificadas por RNAm promove a imunidade9 antitumoral e a erradicação do tumor5 em vários modelos pré-clínicos de tumor5.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
3 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
4 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
5 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
6 Cólon:
7 Melanoma: Neoplasia maligna que deriva dos melanócitos (as células responsáveis pela produção do principal pigmento cutâneo). Mais freqüente em pessoas de pele clara e exposta ao sol.Podem derivar de manchas prévias que mudam de cor ou sangram por traumatismos mínimos, ou instalar-se em pele previamente sã.
8 Citocinas: Citoquina ou citocina é a designação genérica de certas substâncias segregadas por células do sistema imunitário que controlam as reações imunes do organismo.
9 Imunidade: Capacidade que um indivíduo tem de defender-se perante uma agressão bacteriana, viral ou perante qualquer tecido anormal (tumores, enxertos, etc.).
   [Mais...]

Tecnologia e Saúde - 16/11/20
Conheça o podcast do News.med.br! Saúde1 pelas principais fontes internacionais. Acompanhe os resumos das notícias publicadas nos principais periódicos médicos do mundo. Ouça agora!
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Medical Journal - 29/09/21
Um novo ensaio clínico revela o período ideal para a reabilitação intensiva do uso de braço e mão1 após acidente vascular cerebral2. Foi demonstrado que pessoas que sofreram um AVC podem se beneficiar do tratamento com fisioterapia3 por muito mais tempo do que normalmente é o caso, para aproveitar ao máximo uma janela crítica para exercícios de reabilitação. No estudo publicado na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, a intervenção com 20 horas extras de terapia motora específica de tarefa foi mais eficaz nos primeiros 2 a 3 meses após o AVC, demonstrando um período sensível ou ideal 60 a 90 dias após o AVC, com efeitos menores 30 dias pós AVC ou mais cedo, e nenhum efeito 6 meses ou mais tarde após o AVC.
1 Mão: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
2 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
3 Fisioterapia: Especialidade paramédica que emprega agentes físicos (água doce ou salgada, sol, calor, eletricidade, etc.), massagens e exercícios no tratamento de doenças.
   [Mais...]

Mostrar: 10
« Anteriores - 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - Próximos » - >>
21 a 30 (Total: 762)
  • Entrar
  • Receber conteúdos