news.med.br  -  Saúde
Saúde - 12/04/17
Alguns retardadores de chama1 usados ​​em muitos produtos de casa parecem estar associados com o tipo mais comum de câncer2 de tireóide, o carcinoma3 papilífero, de acordo com um novo estudo que foi apresentado na 99ª reunião anual da Sociedade Endócrina, ENDO 2017, na Flórida, Estados Unidos.
1 Retardadores de chama: Retardante de chama ou retardador de chama é uma substância química utilizada para retardar ou, se possível, eliminar a propagação de chamas em um material. Os aditivos anti-chama tornam o processo da propagação de calor entre os compostos muito mais lento. As substâncias químicas empregadas nesses aditivos têm alto calor especifico, ou seja, precisam de muito calor para aumentar sua temperatura e, por isso, ajudam a retardar ou impedem a combustão. Em nosso cotidiano, eles estão em quase tudo que nos cerca, desde fios até na espuma de travesseiros e colchões, passando por chips de computador, placas eletrônicas, televisores, micro-ondas, videogames, aspiradores de pó e outros eletrodomésticos, além de móveis e tecidos sintéticos.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
3 Carcinoma: Tumor maligno ou câncer, derivado do tecido epitelial.
   [Mais...]

Saúde - 07/04/17
A ampliação do controle do tabagismo, especialmente após a adoção da Framework Convention for Tobacco Control, é uma grande história de sucesso na saúde1 pública. No entanto, o tabagismo continua a ser um dos principais fatores de risco de morte precoce e incapacidade em todo o mundo, e, portanto, continua a exigir um compromisso político sustentado.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Saúde - 28/03/17
Aproximadamente um quarto das mulheres com câncer1 de mama2 HER2 positivo, que foram tratadas com uma combinação de drogas - lapatinib e trastuzumab - antes da cirurgia e da quimioterapia3 tiveram seus tumores significativamente reduzidos ou mesmo desaparecidos, de acordo com os resultados de um ensaio clínico apresentado na 10th European Breast Cancer1 Conference (EBCC-10) em Amsterdã.
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
3 Quimioterapia: Método que utiliza compostos químicos, chamados quimioterápicos, no tratamento de doenças causadas por agentes biológicos. Quando aplicada ao câncer, a quimioterapia é chamada de quimioterapia antineoplásica ou quimioterapia antiblástica.
   [Mais...]

Saúde - 24/03/17
Será que a vitamina1 E e o selênio podem prevenir a demência2 em homens idosos assintomáticos? Para responder a esta questão, Richard J. Kryscio e colaboradores da University of Kentucky realizaram o ensaio clínico The Prevention of Alzheimer’s Disease by Vitamin E and Selenium (PREADViSE), com publicação online pelo periódico JAMA Neurology.
1 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
2 Demência: Deterioração irreversível e crônica das funções intelectuais de uma pessoa.
   [Mais...]

Saúde - 16/03/17
Dietas com baixo teor de glúten1 podem estar associadas a maior risco de desenvolvimento de diabetes tipo 22. O estudo foi apresentado na conferência Lifestyle Scientific Sessions 2017, da American Heart Association, em Portland.
1 Glúten: Substância viscosa, extraída de cereais, depois de eliminado o amido. É uma proteína composta pela mistura das proteínas gliadina e glutenina.
2 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
   [Mais...]

Saúde - 13/03/17
Revisão do American College of Cardiology Foundation aborda alguns dos alimentos e padrões alimentares mais populares que promovem a saúde1 cardiovascular para fornecer aos médicos algumas informações mais precisas a serem discutidas com seus pacientes na clínica diária.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Saúde - 07/03/17
Em busca de novas possibilidades terapêuticas para a diabetes1, pesquisadores do Mount Sinai Hospital fizeram triagem de mais de 100 mil moléculas e apenas uma se destacou como capaz de induzir reprodução2 das células3 pancreáticas produtoras de insulina4: a harmina. Esta molécula primeiramente encontrada nas sementes da planta Peganum harmala ou arruda da Síria é também a principal molécula com efeitos farmacológicos no “cipó das almas” ou "ayahuasca".
1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
3 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
4 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
   [Mais...]

Saúde - 06/03/17
Em 23 de julho de 1967, Thomas Starzl entrou para a história da Medicina ao realizar o primeiro transplante de fígado1 com sucesso. O aperfeiçoamento das técnicas de transplante e das terapias antirrejeição permitiram que muitos pacientes pudessem viver longos anos após serem transplantados.
1 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
   [Mais...]

Saúde - 24/02/17
Pesquisa, publicada no International Journal of Epidemiology, mostra que cerca de 7,8 milhões de mortes prematuras em todo o mundo poderiam ser potencialmente prevenidas a cada ano se as pessoas comessem 10 porções ou 800 gramas de frutas e legumes por dia.   [Mais...]
Saúde - 13/02/17
O livro "Incidência1, mortalidade2 e morbidade3 hospitalar por câncer4 em crianças, adolescentes e adultos jovens no Brasil: Informações dos registros de câncer4 e do sistema de mortalidade2" foi lançado pelo INCA e preenche a lacuna de informações nacionais sobre a incidência1, a mortalidade2 e a morbidade3 hospitalar relacionadas ao câncer4 no grupo de pessoas de zero a 29 anos.
1 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
2 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
3 Morbidade: Morbidade ou morbilidade é a taxa de portadores de determinada doença em relação à população total estudada, em determinado local e em determinado momento.
4 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
   [Mais...]

» 10/02/2017 - Número de filhos está surgindo como fator de risco cardiovascular para ambos os pais, publicado pelo Circulation
» 16/01/2017 - OMS divulga as dez principais causas de morte no mundo
» 23/12/2016 - Novas orientações de manejo clínico para Chikungunya publicadas pelo Ministério da Saúde
» 16/12/2016 - Uma nova escala destaca os melhores nutrientes para depressão
» 13/12/2016 - Otimismo pode melhorar a saúde e aumentar a longevidade, estudo publicado pelo American Journal of Epidemiology
» 06/12/2016 - Posição da Academia de Nutrição e Dietética sobre dietas vegetarianas em diferentes estágios da vida, incluindo infância, gravidez e lactação
» 22/11/2016 - Uma comparação da prevalência da demência nos Estados Unidos em 2000 e 2012
» 10/11/2016 - Nature: macacos com lesão na medula espinhal voltam a andar com um dispositivo cérebro-vertebral sem fio
» 24/10/2016 - Crianças e adolescentes e as mídias digitais: o que dizem os especialistas da Academia Americana de Pediatria (AAP) e do governo americano
» 19/10/2016 - Homens ansiosos têm mais do dobro de chance de morrer de câncer do que os que não apresentam este transtorno


Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar