Gostou do artigo? Compartilhe!

Uma vacina de mRNA contra SARS-CoV-2 - Relatório Preliminar

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O coronavírus 2 da síndrome1 respiratória aguda grave (SARS-CoV-2) surgiu no final de 2019 e se espalhou globalmente, levando a um esforço internacional para acelerar o desenvolvimento de uma vacina2. A candidata a vacina2 mRNA-1273 codifica a proteína spike de pré-fusão estabilizada do SARS-CoV-2.

Em publicação do The New England Journal of Medicine, descreve-se um estudo de fase 1, com escalonamento de dose, e aberto, incluindo 45 adultos saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos, que receberam duas vacinas, com 28 dias de intervalo, com mRNA-1273 na dose de 25 μg, 100 μg ou 250 μg. Havia 15 participantes em cada grupo de dose.

Após a primeira vacinação, as respostas de anticorpos3 foram mais altas com doses mais altas (dia 29 do teste imunoabsorvente enzimático - concentração média geométrica [CMG] do anticorpo4 anti-S-2P, 40.227 no grupo de 25 μg, 109.209 no grupo de 100 μg e 213.526 no grupo de 250 μg).

Após a segunda vacinação, as concentrações aumentaram (dia 57 CMG, 299.751, 782.719 e 1.192.154, respectivamente).

Após a segunda vacinação, a atividade de neutralização do soro5 foi detectada por dois métodos em todos os participantes avaliados, com valores geralmente semelhantes aos da metade superior da distribuição de um painel de amostras de soro5 convalescente de controle.

Os eventos adversos solicitados que ocorreram em mais da metade dos participantes incluíram fadiga6, calafrios7, dor de cabeça8, mialgia9 e dor no local da injeção10. Os eventos adversos sistêmicos11 foram mais comuns após a segunda vacinação, particularmente com a dose mais alta, e três participantes (21%) no grupo de doses de 250 μg relataram um ou mais eventos adversos graves.

A vacina2 mRNA-1273 induziu respostas imunes anti-SARS-CoV-2 em todos os participantes, e não foram identificadas preocupações de segurança limitadoras de estudo. Esses achados apoiam a progressão do desenvolvimento desta vacina2.

Leia sobre "Vacina2 contra a COVID-19 - o que se sabe" e "Estudo da segurança e imunogenicidade de candidata a vacina2 de RNA de COVID-19".

 

Fonte: NEJM, publicação em 14 de julho de 2020.

 

NEWS.MED.BR, 2020. Uma vacina de mRNA contra SARS-CoV-2 - Relatório Preliminar. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1374178/uma-vacina-de-mrna-contra-sars-cov-2-relatorio-preliminar.htm>. Acesso em: 5 ago. 2020.

Complementos

1 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
2 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
3 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.
4 Anticorpo: Proteína circulante liberada pelos linfócitos em reação à presença no organismo de uma substância estranha (antígeno).
5 Soro: Chama-se assim qualquer líquido de características cristalinas e incolor.
6 Fadiga: 1. Sensação de enfraquecimento resultante de esforço físico. 2. Trabalho cansativo. 3. Redução gradual da resistência de um material ou da sensibilidade de um equipamento devido ao uso continuado.
7 Calafrios: 1. Conjunto de pequenas contrações da pele e dos músculos cutâneos ao longo do corpo, muitas vezes com tremores fortes e palidez, que acompanham uma sensação de frio provocada por baixa temperatura, má condição orgânica ou ainda por medo, horror, nojo, etc. 2. Sensação de frio e tremores fortes, às vezes com bater de dentes, que precedem ou acompanham acessos de febre.
8 Cabeça:
9 Mialgia: Dor que se origina nos músculos. Pode acompanhar outros sintomas como queda no estado geral, febre e dor de cabeça nas doenças infecciosas. Também pode estar associada a diferentes doenças imunológicas.
10 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
11 Sistêmicos: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
Gostou do artigo? Compartilhe!