Gostou do artigo? Compartilhe!

Estilo de vida sedentário em mulheres de meia-idade está associado a sintomas mais severos na menopausa e à obesidade

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O objetivo do estudo, divulgado no periódico Menopause, foi avaliar a associação entre sedentarismo1 e a gravidade dos sintomas2 da menopausa3 e a obesidade4 em mulheres de meia-idade.

Três escalas para avaliação (The Menopause Rating Scale, Goldberg Anxiety and Depression Scale e a Athens Insomnia Scale) foram administradas a 6.079 mulheres latino-americanas, com idades entre 40 a 59 anos. O sedentarismo1 foi definido como menos de trinta minutos de atividade física, menos de três vezes na semana.

As mulheres sedentárias tiveram sintomas2 da menopausa3 mais severos (pontuação total na Menopause Rating Scale: 9,57 +/- 6,71 vs 8,01 +/- 6,27 pontos, P<0,0001) e mais sintomas2 depressivos (Goldberg), ansiedade (Goldberg) e insônia (Atenas Scale) em comparação com as mulheres não sedentárias. Elas também tinham maior circunferência média da cintura (86,2 +/- 12,3 vs 84,3 +/- 1,8 cm, P<0,0001) e uma maior prevalência5 de obesidade4 (20,9% vs 14,3%, P<0,0001). A análise de regressão logística mostrou que tanto a obesidade4 como os sintomas2 mais graves na menopausa3, incluindo insônia e humor depressivo, foram associados positivamente a um estilo de vida sedentário. Ter um parceiro estável, usar de terapia hormonal e ter um maior nível de escolaridade foram negativamente relacionados ao estilo de vida sedentário.

Neste estudo, houve uma alta prevalência5 de sedentarismo1 nesta amostra de mulheres de meia idade latino-americanas, o que foi associado a sintomas2 mais graves na menopausa3 e à obesidade4.

 

Fonte: Menopause - The Journal of The North American Menopause Society, publicação online de 19 de janeiro de 2016

NEWS.MED.BR, 2016. Estilo de vida sedentário em mulheres de meia-idade está associado a sintomas mais severos na menopausa e à obesidade. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/818114/estilo-de-vida-sedentario-em-mulheres-de-meia-idade-esta-associado-a-sintomas-mais-severos-na-menopausa-e-a-obesidade.htm>. Acesso em: 9 dez. 2019.

Complementos

1 Sedentarismo: Qualidade de quem ou do que é sedentário, ou de quem tem vida e/ou hábitos sedentários. Sedentário é aquele que se exercita pouco, que não se movimenta muito.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
4 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
5 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
Gostou do artigo? Compartilhe!