news.med.br
Pharma News - 08/11/07
As estatinas, ou inibidores da HMG-CoA redutase, são bem conhecidas por reduzirem o LDL colesterol1 e os triglicérides2, além de elevarem o HDL colesterol3. São usadas na prevenção da doença coronariana4 arterial e do infarto do miocárdio5. Entretanto, na revisão de 11 estudos (que envolveram 120 mil pacientes com insuficiência cardíaca6 que faziam uso de estatinas), pesquisadores encontraram novos benefícios relacionados a seu uso.
1 LDL colesterol: Do inglês low-density lipoprotein cholesterol, colesterol de baixa densidade ou colesterol ruim.
2 Triglicérides: A principal maneira de armazenar os lipídeos no tecido adiposo é sob a forma de triglicérides. São também os tipos de lipídeos mais abundantes na alimentação. Podem ser definidos como compostos formados pela união de três ácidos graxos com glicerol. Os triglicérides sólidos em temperatura ambiente são conhecidos como gorduras, enquanto os líquidos são os óleos. As gorduras geralmente possuem uma alta proporção de ácidos graxos saturados de cadeia longa, já os óleos normalmente contêm mais ácidos graxos insaturados de cadeia curta.
3 HDL colesterol: Do inglês high-density-lipoprotein cholesterol, ou colesterol de alta densidade. Também chamado de bom colesterol.
4 Doença coronariana: Doença do coração causada por estreitamento das artérias que fornecem sangue ao coração. Se o fluxo é cortado, o resultado é um ataque cardíaco.
5 Infarto do miocárdio: Interrupção do suprimento sangüíneo para o coração por estreitamento dos vasos ou bloqueio do fluxo. Também conhecido por ataque cardíaco.
6 Insuficiência Cardíaca: É uma condição na qual a quantidade de sangue bombeada pelo coração a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as demandas normais de oxigênio e de nutrientes do organismo. Refere-se à diminuição da capacidade do coração suportar a carga de trabalho.
   [Mais...]

Saúde - 08/05/07
Pesquisas recentes mostraram que o amaranto, um dos vegetais mais importantes da América pré-colombiana, além de altamente nutritivo, é um excelente redutor dos níveis de colesterol1 plasmático através de sua fração proteica que, ao ser digerida, inibe a enzima2 responsável pelo acúmulo de colesterol1 no organismo.
1 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
2 Enzima: Proteína produzida pelo organismo que gera uma reação química. Por exemplo, as enzimas produzidas pelo intestino que ajudam no processo digestivo.
   [Mais...]

Pharma News - 15/01/07
Pacientes com hipercolesterolemia1 familiar apresentam elevados níveis de colesterol2, baixa resposta a terapias com medicamentos e um alto risco de doenças cardiovasculares3 precoces. Estes pacientes podem se beneficiar com o BMS-201038, um novo medicamento inibidor de proteína de transferência de triglicéride microssomal que está sendo estudado. Publicado no The New England Journal of Medicine de 11 de janeiro de 2007, o estudo mostrou evidências de ter reduzido o mau colesterol2 (LDL4) em 51%.
1 Hipercolesterolemia: Aumento dos níveis de colesterol do sangue. Está associada a uma maior predisposição ao desenvolvimento de aterosclerose.
2 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
3 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
4 LDL: Lipoproteína de baixa densidade, encarregada de transportar colesterol através do sangue. Devido à sua tendência em depositar o colesterol nas paredes arteriais e a produzir aterosclerose, tem sido denominada “mau colesterol“.
   [Mais...]

Medical Journal - 11/10/06
Comer nozes após a refeição pode ajudar a diminuir os malefícios causados às artérias1 por comidas gordurosas, de acordo com um estudo do Hospital Clínico da Universidade de Barcelona. A dose diária recomendada é de 28 gramas de nozes e traz mais benefícios que o azeite. Confira na íntegra a pesquisa publicada no Journal of the American College of Cardiology.
1 Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.
   [Mais...]

Medical Journal - 16/08/06
Estudo publicado na edição de agosto do periódico Lancet Neurology mostrou que a hipertensão1, a obesidade2 e os altos índices de colesterol3 aumentam a probabilidade de desenvolver demência4.
1 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
2 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
3 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
4 Demência: Deterioração irreversível e crônica das funções intelectuais de uma pessoa.
   [Mais...]

Medical Journal - 13/03/06
Após 12 anos de estudos randomizados com mais de 90.000 pacientes, verificou-se que a redução do LDL colesterol1 impacta diretamente na redução do risco cardiovascular. Já o aumento de 1 mg/dl2 de HDL colesterol3 tem um impacto de 3% na redução do risco para eventos cardiovasculares.
1 LDL colesterol: Do inglês low-density lipoprotein cholesterol, colesterol de baixa densidade ou colesterol ruim.
2 Mg/dL: Miligramas por decilitro, unidade de medida que mostra a concentração de uma substância em uma quantidade específica de fluido.
3 HDL colesterol: Do inglês high-density-lipoprotein cholesterol, ou colesterol de alta densidade. Também chamado de bom colesterol.
   [Mais...]

Mostrar: 10
< - 1 - 2 - 3 - 4
31 a 36 (Total: 36)
  • Entrar
  • Assinar