Atalho: 64CKEOR
Gostou do artigo? Compartilhe!

Infartos e derrames: com nova campanha EUA querem evitar um milhão de casos até 2017. Publicado no The Lancet

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O Departamento de Saúde1 e Recursos Humanos dos Estados Unidos (US Department of Health and Human Services) lançou uma campanha conhecida como The Million Hearts initiative, com o objetivo de prevenir um milhão de infartos do miocárdio2 e acidentes vasculares3 cerebrais nos próximos 5 anos.

A iniciativa se concentrará em cinco áreas:

1.A prevenção clínica será fortalecida com a chamada abordagem ABCS (sigla em inglês para aspirina, pressão arterial4, colesterol5 e tabagismo).

Atualmente, apenas 47% das pessoas nos EUA com risco aumentado para desenvolver doença cardíacas estão usando aspirina para a prevenção destas condições. Apenas 46% dos hipertensos controlam adequadamente seus níveis pressóricos6, 33% das pessoas com colesterol5 alto fazem controle adequado da sua hiperlipidemia7 e apenas 23% daqueles que estão tentando parar de fumar obtêm ajuda para fazê-lo.

2.Uso de tecnologia da informação em saúde1 para melhorar a gestão de fatores de risco e cuidados preventivos.

3.Melhor aproveitamento da equipe de cuidados com a saúde1 incluindo aliados, como os farmacêuticos, na educação dos pacientes e na avaliação de fatores de risco.

4.Campanha renovada e revigorada antitabagismo desencorajando a iniciação deste hábito prejudicial, facilitando o abandono ao vício.

5.Iniciativas focadas em estratégias de prevenção para a comunidade, como o enfoque na diminuição da ingestão de sódio e na eliminação de gorduras trans8 artificiais nos alimentos.

Cada um desses fatores de risco e estratégias de prevenção tem um alvo claro para 2017. Por exemplo, o alvo de diminuição médio na ingestão de sódio é uma redução de 20% a partir de um nível basal de 3,5 g/dia.

A doença cardiovascular ainda é a principal causa de morte nos EUA, com mais de 800 mil mortes por ano e com custos globais anuais de 444 bilhões de dólares. Quase metade dos adultos americanos tem um fator de risco9 importante para as doenças cardiovasculares10.

A iniciativa conhecida como The Million Hearts não é baseada em “mágica” contra a doença cardíaca ou o derrame11. Todas as estratégias de prevenção de fatores de risco são conhecidas por terem funcionado por algum tempo. O que esta nova e bem-vinda iniciativa faz, no entanto, é definir uma meta clara, que fará com que o sistema de saúde1 dos EUA seja responsável pela consistente prevenção das doenças cardíacas.

Fonte: The Lancet – volume 378, de 24 de setembro de 2011

NEWS.MED.BR, 2011. Infartos e derrames: com nova campanha EUA querem evitar um milhão de casos até 2017. Publicado no The Lancet. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/235960/infartos-e-derrames-com-nova-campanha-eua-querem-evitar-um-milhao-de-casos-ate-2017-publicado-no-the-lancet.htm>. Acesso em: 3 abr. 2020.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Miocárdio: Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sangüíneo. Sinônimos: Músculo Cardíaco; Músculo do Coração
3 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
4 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
5 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
6 Níveis pressóricos: Em cardiologia, níveis pressóricos são os níveis de pressão arterial.
7 Hiperlipidemia: Condição em que os níveis de gorduras e colesterol estão mais altos que o normal.
8 Gorduras trans: Tipo específico de gordura formada por um processo de hidrogenação natural (ocorrido no rúmen de animais) ou industrial. Esta hidrogenação industrial transforma óleos vegetais líquidos em gordura sólida à temperatura ambiente e são utilizadas para melhorar a consistência dos alimentos e também aumentar a vida de prateleira de alguns produtos. Mas o consumo excessivo de alimentos ricos em gorduras trans pode causar aumento do colesterol total e do colesterol ruim (LDL-colesterol) e também redução dos níveis de colesterol bom (HDL-colesterol).
9 Fator de risco: Qualquer coisa que aumente a chance de uma pessoa desenvolver uma doença.
10 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
11 Derrame: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
Gostou do artigo? Compartilhe!