Gostou do artigo? Compartilhe!

Covid-19: a budesonida reduz o tempo de recuperação em pacientes não internados no hospital, de acordo com estudo

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A budesonida inalada, um corticosteroide comum usado para tratar asma1 e doença pulmonar obstrutiva crônica, pode encurtar em três dias o tempo que leva para pessoas não internadas no hospital se recuperarem da covid-19, de acordo com um estudo em pessoas com mais de 50 anos com maior risco de covid-19 e pessoas com mais de 65 anos.

Como parte do ensaio Principle, 961 pessoas foram aleatoriamente designadas para receber budesonida inalada em casa e foram comparadas com 1.819 pacientes designados aleatoriamente para o padrão usual de tratamento do NHS (National Health Service – UK) sozinho.

A análise provisória, relatada pelo The British Medical Journal, com base nos dados coletados até 25 de março de 2021, envolveu 751 pessoas no grupo da budesonida (800 µg duas vezes por dia durante 14 dias) e 1.028 no grupo de tratamento usual que eram positivas para SARS-CoV-2. Descobriu-se que o tempo médio de recuperação autorrelatado para pessoas que usaram budesonida inalada foi 3,011 dias mais curto em comparação com o tratamento usual (intervalo de credibilidade bayesiano [ICB] de 95% 1,134 a 5,410 dias), com alta probabilidade (0,999) de ser superior ao padrão usual de tratamento.

Leia sobre "Coquetel de anticorpos2 REGEN-COV para prevenção da infecção3 pelo SARS-CoV-2" e "Dexametasona para COVID-19".

Cerca de um terço (32%) das pessoas que usaram budesonida inalada se recuperaram nos primeiros 14 dias após a randomização e permaneceram bem até 28 dias, em comparação com pouco mais de um quinto (22%) no grupo de tratamento usual. O grupo da budesonida também relatou maior bem-estar após duas semanas (diferença média na pontuação do Índice de Bem-estar da OMS [WHO-5] +3,37, intervalo de confiança de 95% 0,97 a 5,76, P = 0,006).

Olhando para as admissões hospitalares, os pesquisadores relataram que daqueles que completaram todos os 28 dias de estudo até a data limite, 8,5% (59 de 692) no grupo da budesonida foram admitidos no hospital com covid-19 em comparação com 10,3% (100 de 968) no grupo de cuidados habituais (benefício percentual estimado, 2,1% [ICB 95% -0,7% a 4,8%], probabilidade de superioridade 0,928).

No entanto, como menos pessoas do que o esperado foram admitidas no hospital no estudo, e como os casos de covid-19 e as internações hospitalares estavam diminuindo no Reino Unido, os pesquisadores disseram não estar claro se a budesonida reduziu as internações hospitalares.

Fiona Watt, presidente executiva do Conselho de Pesquisa Médica, que co-financiou o estudo, disse: “Os pesquisadores envolvidos no ensaio Principle superaram obstáculos logísticos consideráveis ​​para estabelecer um ensaio rigoroso de medicamentos nas casas das pessoas. Agora somos recompensados ​​com o primeiro medicamento barato e amplamente disponível que pode encurtar o tempo de recuperação para pacientes4 com covid-19 na comunidade.”

O investigador-chefe adjunto Chris Butler, um clínico geral do sul do País de Gales e professor de cuidados primários da Universidade de Oxford, disse: “Portanto, prevemos que os médicos em todo o mundo que cuidam de pessoas com covid-19 na comunidade podem considerar esta evidência quando tomarem decisões de tratamento.”

Os resultados serão publicados assim que todos os participantes restantes do estudo tiverem completado o acompanhamento e a análise completa tenha sido concluída. O estudo Principle é financiado pelo UK Research and Innovation e pelo Departamento de Saúde5 e Assistência Social.

O governo do Reino Unido disse em um comunicado que a budesonida “não está sendo recomendada como padrão de tratamento, mas pode ser considerada (off label) caso a caso para pacientes4 sintomáticos positivos para covid-19 com 65 anos ou mais, ou 50 anos ou mais com comorbidades6.”

Veja também sobre "Conhecendo melhor os corticoides" e "Tratamentos medicamentosos para covid-19".

 

Fonte: The British Medical Journal, notícia publicada em 12 de abril de 2021.

 

NEWS.MED.BR, 2021. Covid-19: a budesonida reduz o tempo de recuperação em pacientes não internados no hospital, de acordo com estudo. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/1392530/covid-19-a-budesonida-reduz-o-tempo-de-recuperacao-em-pacientes-nao-internados-no-hospital-de-acordo-com-estudo.htm>. Acesso em: 13 mai. 2021.

Complementos

1 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
2 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.
3 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
4 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
5 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
6 Comorbidades: Coexistência de transtornos ou doenças.
Gostou do artigo? Compartilhe!