Gostou do artigo? Compartilhe!

Risco de recorrência do câncer de próstata aumenta com triglicerídeos elevados, publicado pelo Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Evidências de uma associação entre o colesterol1 total, as lipoproteínas de baixa e de alta densidade (LDL2 e HDL3, respectivamente), os triglicérides4 e o câncer5 de próstata6 são conflitantes. Uma vez que o câncer5 de próstata6 e as dislipidemias afetam grandes proporções da sociedade ocidental, a compreensão destas associações tem importância fundamental para a saúde7 pública.

Foi realizada uma análise de coorte8 retrospectiva de 843 pacientes submetidos à prostatectomia radical que nunca tinham usado estatinas antes da cirurgia no banco de dados compartilhado Shared Equal Access Regional Cancer5 Hospital (SEARCH). Análises multivariáveis foram utilizadas para investigar a associação entre o colesterol1 total, LDL2, HDL3 e triglicerídeos e o risco de recorrência9 bioquímica do câncer5 de próstata6. Na análise secundária, foram exploradas essas associações em pacientes com dislipidemias, definidas de acordo com as diretrizes do National Cholesterol Education Program.

Os resultados mostraram que níveis séricos elevados de triglicérides4 foram associados ao maior risco de recorrência9 do câncer5 de próstata6 [taxa de risco para cada aumento de 10 mg/dl10 1,03; intervalo de confiança de 95% (IC), 1,01-1,05], mas a associação entre o colesterol1 total, LDL2 e HDL3 e o risco de recorrência9 foram nulos. No entanto, entre os homens com dislipidemia, cada aumento de 10mg/dl nos níveis do colesterol1 total ou de HDL3 foi associado a um risco de recorrência9 9% maior (taxa de risco 1,09, IC 95%, 1,01-1,17) e a uma redução do risco de recorrência9 de 39% (taxa de risco 0,61; IC 95%, 0,41-0,91), respectivamente.

Concluiu-se que elevados níveis séricos de triglicérides4 foram associados ao aumento do risco de recorrência9 do câncer5 de próstata6. Colesterol1 total, LDL2 ou HDL3 não foram associados ao risco de recorrência9 entre todos os homens. No entanto, entre os homens com dislipidemia, níveis elevados de colesterol1 total e de HDL3 foram associados ao aumento e à diminuição do risco de recorrência9, respectivamente.

Estes resultados, juntamente com a evidência de que o uso de estatinas está associado ao risco de recorrência9 reduzido, sugerem que os níveis de lipídios devem ser explorados como um fator de risco11 modificável para a recorrência9 do câncer5 de próstata6.

Fonte: Cancer5 Epidemiology, Biomarkers & Prevention, publicação online de 10 de outubro de 2014

NEWS.MED.BR, 2014. Risco de recorrência do câncer de próstata aumenta com triglicerídeos elevados, publicado pelo Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/576547/risco-de-recorrencia-do-cancer-de-prostata-aumenta-com-triglicerideos-elevados-publicado-pelo-cancer-epidemiology-biomarkers-amp-prevention.htm>. Acesso em: 17 set. 2019.

Complementos

1 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
2 LDL: Lipoproteína de baixa densidade, encarregada de transportar colesterol através do sangue. Devido à sua tendência em depositar o colesterol nas paredes arteriais e a produzir aterosclerose, tem sido denominada “mau colesterol“.
3 HDL: Abreviatura utilizada para denominar um tipo de proteína encarregada de transportar o colesterol sanguíneo, que se relaciona com menor risco cardiovascular. Também é conhecido como “Bom Colesterol”. Seus valores normais são de 35-50mg/dl.
4 Triglicérides: A principal maneira de armazenar os lipídeos no tecido adiposo é sob a forma de triglicérides. São também os tipos de lipídeos mais abundantes na alimentação. Podem ser definidos como compostos formados pela união de três ácidos graxos com glicerol. Os triglicérides sólidos em temperatura ambiente são conhecidos como gorduras, enquanto os líquidos são os óleos. As gorduras geralmente possuem uma alta proporção de ácidos graxos saturados de cadeia longa, já os óleos normalmente contêm mais ácidos graxos insaturados de cadeia curta.
5 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
6 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
9 Recorrência: 1. Retorno, repetição. 2. Em medicina, é o reaparecimento dos sintomas característicos de uma doença, após a sua completa remissão. 3. Em informática, é a repetição continuada da mesma operação ou grupo de operações. 4. Em psicologia, é a volta à memória.
10 Mg/dL: Miligramas por decilitro, unidade de medida que mostra a concentração de uma substância em uma quantidade específica de fluido.
11 Fator de risco: Qualquer coisa que aumente a chance de uma pessoa desenvolver uma doença.
Gostou do artigo? Compartilhe!