Gostou do artigo? Compartilhe!

Pesquisadores descobrem metabólitos preditivos para infarto do miocárdio incidente

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A identificação de biomarcadores de infarto do miocárdio1 (IM) incidente2 é uma necessidade não atendida de diagnósticos cardiovasculares. Na maior metanálise de estudos metabolômicos até hoje, que incluiu dados individuais de quase 8.000 pacientes, foram encontrados 56 metabólitos3 preditivos de IM, com 10 novos entre eles.

O estudo foi publicado na revista Cardiovascular Research e os achados constituem uma fonte única de informações para futuras pesquisas no desenvolvimento de terapêuticas e diagnósticos cardiovasculares de precisão.

No artigo, os pesquisadores contextualizam que o infarto do miocárdio1 é uma das principais causas de morte e incapacidade em todo o mundo. A maioria dos estudos metabolômicos que investigam metabólitos3 que predizem IM são limitados pelo número de participantes e/ou pela diversidade demográfica. Procurou-se, portanto, identificar biomarcadores de IM incidente2 no COnsortium of METabolomics Studies.

Leia sobre "Macronutrientes4 - quais são eles", "Aminoácidos" e "Infarto do miocárdio1".

Foram incluídos 7.897 indivíduos com idade média de 66 anos de seis coortes intercontinentais com perfil metabolômico sanguíneo (n = 1.428 metabólitos3, dos quais 168 estavam presentes em pelo menos três coortes com prevalência5 superior a 80%) e informações de IM (1.373 casos).

Realizou-se uma metanálise de dados individuais de pacientes em duas etapas. Primeiro avaliou-se as associações entre metabólitos3 circulantes e IM incidente2 para cada coorte6 ajustando os fatores de risco tradicionais e, em seguida, realizou-se uma metanálise de variância inversa de efeito fixo para reunir os resultados. Finalmente, foi conduzida uma análise de enriquecimento de vias para identificar possíveis vias ligadas ao IM.

Na metanálise, 56 metabólitos3, incluindo 21 lipídios e 17 aminoácidos, foram associados ao infarto do miocárdio1 incidente2 após ajuste para múltiplos testes (taxa de descoberta falsa <0,05), e 10 eram novos.

O maior risco aumentado foi observado para o carboidrato7 manitol/sorbitol8 (taxa de risco [HR] = 1,40; intervalo de confiança [IC] de 95%, 1,26-1,56, P <0,001), enquanto a maior diminuição no risco foi encontrada para a glutamina (HR = 0,74; IC 95%, 0,67-0,82, P <0,001].

Além disso, os metabólitos3 identificados foram significativamente enriquecidos (P corrigido <0,05) em vias previamente ligadas a doenças cardiovasculares9, incluindo a biossíntese de aminoacil-tRNA.

No estudo metabolômico mais abrangente sobre IM incidente2 até o momento, 10 novos metabólitos3 foram associados ao IM. Perfis metabólicos podem ajudar a identificar indivíduos de alto risco antes do início da doença. Mais pesquisas são necessárias para compreender completamente os mecanismos de ação e elaborar as descobertas sobre as vias envolvidas.

 

Fonte: Cardiovascular Research, publicação em 14 de setembro de 2023.

 

NEWS.MED.BR, 2023. Pesquisadores descobrem metabólitos preditivos para infarto do miocárdio incidente. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1460425/pesquisadores-descobrem-metabolitos-preditivos-para-infarto-do-miocardio-incidente.htm>. Acesso em: 28 mai. 2024.

Complementos

1 Infarto do miocárdio: Interrupção do suprimento sangüíneo para o coração por estreitamento dos vasos ou bloqueio do fluxo. Também conhecido por ataque cardíaco.
2 Incidente: 1. Que incide, que sobrevém ou que tem caráter secundário; incidental. 2. Acontecimento imprevisível que modifica o desenrolar normal de uma ação. 3. Dificuldade passageira que não modifica o desenrolar de uma operação, de uma linha de conduta.
3 Metabólitos: Qualquer composto intermediário das reações enzimáticas do metabolismo.
4 Macronutrientes: Os macronutrientes fornecem as calorias aos alimentos. São eles: carboidratos, proteínas e lipídeos.
5 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
6 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
7 Carboidrato: Um dos três tipos de nutrientes dos alimentos, é um macronutriente. Os alimentos que possuem carboidratos são: amido, açúcar, frutas, vegetais e derivados do leite.
8 Sorbitol: Adoçante com quatro calorias por grama. Substância produzida pelo organismo em pessoas com diabetes e que pode causar danos aos olhos e nervos.
9 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
Gostou do artigo? Compartilhe!