Gostou do artigo? Compartilhe!

Medicamento anticoncepcional masculino se mostrou 100% eficaz em camundongos

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Uma nova forma de controle de natalidade para homens está mostrando resultados promissores em ratos de laboratório, tornando-os “temporariamente inférteis” por meio de uma única dose injetável, de acordo com um estudo publicado na revista médica Nature Communications.

O contraceptivo masculino imobiliza o esperma1 por 2 horas e impediu a gravidez2 em camundongos, não resultando em efeitos colaterais3 adversos.

O medicamento pode se tornar a primeira pílula anticoncepcional masculina sob demanda. Em camundongos, o anticoncepcional foi 100% eficaz na prevenção da gravidez2 por cerca de 2 horas, com retorno total da fertilidade 24 horas depois.

“Isso é, no campo contraceptivo masculino, totalmente revolucionário”, diz Jochen Buck, da Cornell University, em Nova York. A maioria dos outros contraceptivos masculinos prospectivos em desenvolvimento clínico só são eficazes após oito a 12 semanas, diz ele.

Leia sobre "Anticoncepção — métodos reversíveis e métodos irreversíveis" e "Infertilidade4 masculina".

Pesquisas anteriores mostraram que o esperma1 requer uma proteína chamada adenilato ciclase solúvel (ACs) para se mover, e que os homens que não podem produzir ACs devido a raras mutações genéticas são inférteis. Assim, Buck e seus colegas avaliaram se um medicamento inibidor de ACs poderia ser usado como contraceptivo masculino. Se os espermatozoides5 estiverem imóveis, eles não podem viajar pelo trato vaginal para fertilizar um óvulo6.

A equipe avaliou a movimentação do esperma1 coletado de 17 camundongos machos, oito dos quais receberam o medicamento. Em amostras coletadas 2 horas depois que os camundongos receberam o medicamento, apenas cerca de 6% dos espermatozoides5 eram móveis em média, em comparação com cerca de 30% nas amostras de camundongos de controle. O efeito passou após cerca de 24 horas, “o que significa que não só temos um contraceptivo sob demanda, mas também um que é rapidamente reversível”, diz Melanie Balbach, também da Cornell University.

Em outro teste, os pesquisadores parearam 52 camundongos machos com fêmeas 30 minutos depois de dar aos machos o medicamento anticoncepcional. Após 2 horas, cada par acasalou, mas não houve nenhuma gravidez2 resultante, indicando que o anticoncepcional foi 100% eficaz. O medicamento também não causou efeitos colaterais3 perceptíveis, mesmo quando os ratos receberam três vezes a dose padrão de um composto comparável continuamente por 42 dias.

“O que eu gosto no anticoncepcional proposto neste estudo é a opção sob demanda”, diz Ulrike Schimpf, do KTH Royal Institute of Technology, na Suécia. “Ele agiria rapidamente, temporariamente e é eficiente na primeira dose.”

Buck e Balbach planejam refinar o medicamento para que ele dure mais antes de testá-lo em humanos. Se tudo correr bem, eles esperam começar os ensaios clínicos7 até 2025.

“Precisamos de mais opções de controle de natalidade, e os homens precisam de uma opção para que o ônus da contracepção8 não caia mais nas mulheres”, diz Balbach. “Estamos muito otimistas de que, uma vez que os homens tomem o inibidor, ele terá o mesmo efeito.”

No artigo, os pesquisadores relatam que quase metade de todas as gestações são indesejadas; portanto, as opções existentes de planejamento familiar são inadequadas. Para os homens, as únicas opções são preservativos e vasectomia, e os esforços mais atuais para desenvolver novos contraceptivos para homens afetam o desenvolvimento do esperma1, o que significa que a contracepção8 requer meses de pré-tratamento contínuo.

Neste estudo, é fornecida uma prova de conceito9 para uma estratégia inovadora de contracepção8 sob demanda, em que um homem tomaria uma pílula anticoncepcional pouco antes do sexo, apenas quando necessário.

A adenilato ciclase solúvel (ACs) é essencial para a motilidade e maturação dos espermatozoides5. Mostrou-se que uma dose única de um inibidor de ACs seguro e de ação aguda com longo tempo de residência torna camundongos machos temporariamente inférteis.

Os camundongos exibem um comportamento normal de acasalamento e a fertilidade total retorna no dia seguinte.

Esses estudos definem os inibidores de ACs como líderes para contraceptivos sob demanda para homens e fornecem prova de conceito9 in vivo para paradigmas de contracepção8 não testados anteriormente; contracepção8 sob demanda após apenas uma dose e contracepção8 farmacológica para homens.

Veja também sobre "Métodos anticoncepcionais", "Pílulas anticoncepcionais" e "Alguns conceitos ligados à reprodução10 humana".

 

Fontes:
Nature Communications, publicação em 14 de fevereiro de 2023.
New Scientist, notícia publicada em 14 de fevereiro de 2023.

 

NEWS.MED.BR, 2023. Medicamento anticoncepcional masculino se mostrou 100% eficaz em camundongos. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1434495/medicamento-anticoncepcional-masculino-se-mostrou-100-eficaz-em-camundongos.htm>. Acesso em: 26 fev. 2024.

Complementos

1 Esperma: Esperma ou sêmen. Líquido denso, gelatinoso, branco acinzentado e opaco, que contém espermatozoides e que serve para conduzi-los até o óvulo. O esperma é o líquido da ejaculação. Ele é composto de plasma seminal e espermatozoides. Este plasma contém nutrientes que alimentam e protegem os espermatozoides.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
4 Infertilidade: Capacidade diminuída ou ausente de gerar uma prole. O termo não implica a completa inabilidade para ter filhos e não deve ser confundido com esterilidade. Os clínicos introduziram elementos físicos e temporais na definição. Infertilidade é, portanto, freqüentemente diagnosticada quando, após um ano de relações sexuais não protegidas, não ocorre a concepção.
5 Espermatozóides: Células reprodutivas masculinas.
6 Óvulo: Célula germinativa feminina (haplóide e madura) expelida pelo OVÁRIO durante a OVULAÇÃO.
7 Ensaios clínicos: Há três fases diferentes em um ensaio clínico. A Fase 1 é o primeiro teste de um tratamento em seres humanos para determinar se ele é seguro. A Fase 2 concentra-se em saber se um tratamento é eficaz. E a Fase 3 é o teste final antes da aprovação para determinar se o tratamento tem vantagens sobre os tratamentos padrões disponíveis.
8 Contracepção: Qualquer processo que evite a fertilização do óvulo ou a implantação do ovo. Os métodos de contracepção podem ser classificados de acordo com o seu objetivo em barreiras mecânicas ou químicas, impeditivas de nidação e contracepção hormonal.
9 Prova de conceito: Prova de conceito (PoC ou Proof of Concept) é um termo utilizado para denominar um modelo prático que possa provar o conceito (teórico) estabelecido por uma pesquisa ou artigo técnico. Ela pode ser considerada uma implementação, em geral resumida ou incompleta, de um método ou de uma ideia, realizada com o propósito de verificar se o conceito ou a teoria em questão é susceptível de ser explorado de maneira útil.
10 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
Gostou do artigo? Compartilhe!