Gostou do artigo? Compartilhe!

Tratamento precoce com imunoterapia pode acelerar a atividade das células antitumorais

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Drogas que desencadeiam respostas imunes contra o câncer1 também podem ser eficazes quando administradas antes da cirurgia, de acordo com um novo estudo publicado na revista científica Cell.

Foi identificado que drogas que liberam o poder do sistema imunológico2 contra os tumores podem provocar respostas de células3 T de combate ao câncer1 quando administradas a pessoas antes da cirurgia inicial.

No artigo, os pesquisadores relatam como a memória residente em tecidos e as células3 T circulantes respondem precocemente à imunoterapia pré-cirúrgica do câncer1.

Saiba mais sobre "Imunoterapia" e "Câncer1 - informações importantes".

Destaques

  • O bloqueio de checkpoint imunológico neoadjuvante induz respostas de células3 T locais e sistêmicas em pacientes com câncer1 oral.
  • Os clones de células3 T responsivos ao tratamento reconhecem autoantígenos, incluindo antígenos4 tumorais.
  • As células3 T responsivas em tumores exibem um programa de memória residente em tecido5.
  • A frequência das células3 T CD8 PD-1+ KLRG1- circulantes se correlaciona com a resposta patológica.

Resumo

O bloqueio do checkpoint imunológico neoadjuvante mostrou atividade clínica promissora. Neste estudo, caracterizou-se a cinética6 precoce em células3 imunes infiltrantes de tumor7 e circulantes em pacientes com câncer1 oral tratados com anti-PD-1 ou anti-PD-1/CTLA-4 neoadjuvantes em um ensaio clínico.

As células3 T CD8 infiltrantes de tumor7 que se expandiram clonalmente durante a imunoterapia expressaram programas de memória residente em tecido5 e de citotoxicidade elevados, que já estavam ativos antes da terapia, apoiando a capacidade de resposta rápida.

A descoberta sistemática de alvos revelou que os clones de células3 T tumorais expandidos pelo tratamento em pacientes que responderam reconheceram vários autoantígenos, incluindo o antígeno8 específico do câncer1 MAGEA1.

O tratamento também induziu uma resposta imune sistêmica caracterizada pela expansão de células3 T ativadas enriquecidas para clonótipos de células3 T infiltrantes de tumor7, incluindo clonótipos pré-existentes e emergentes indetectáveis antes da terapia.

A frequência de células3 T CD8 do sangue9 ativadas, notavelmente células3 T negativas para KLRG1 e positivas para PD-1 pré-tratamento, foi fortemente associada à resposta patológica intratumoral.

Esses resultados demonstram como o bloqueio do checkpoint neoadjuvante induz a imunidade10 tumoral local e sistêmica.

Leia sobre "Sistema imunológico2", "Câncer1 de boca11" e "Oncogênese".

 

Fontes:
Cell, publicação em 07 de julho de 2022.
Nature, notícia publicada em 11 de julho de 2022.

 

NEWS.MED.BR, 2022. Tratamento precoce com imunoterapia pode acelerar a atividade das células antitumorais. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1421335/tratamento-precoce-com-imunoterapia-pode-acelerar-a-atividade-das-celulas-antitumorais.htm>. Acesso em: 15 ago. 2022.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Sistema imunológico: Sistema de defesa do organismo contra infecções e outros ataques de micro-organismos que enfraquecem o nosso corpo.
3 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
4 Antígenos: 1. Partículas ou moléculas capazes de deflagrar a produção de anticorpo específico. 2. Substâncias que, introduzidas no organismo, provocam a formação de anticorpo.
5 Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.
6 Cinética: Ramo da física que trata da ação das forças nas mudanças de movimento dos corpos.
7 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
8 Antígeno: 1. Partícula ou molécula capaz de deflagrar a produção de anticorpo específico. 2. Substância que, introduzida no organismo, provoca a formação de anticorpo.
9 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
10 Imunidade: Capacidade que um indivíduo tem de defender-se perante uma agressão bacteriana, viral ou perante qualquer tecido anormal (tumores, enxertos, etc.).
11 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
Gostou do artigo? Compartilhe!