news.med.br
Medical Journal - 25/11/09
O novo protocolo do Institute of Medicine (IOM) recomenda que nenhuma mulher, em qualquer situação que esteja em relação ao seu índice de massa corporal1 (IMC2) antes de engravidar, deve perder peso durante a gravidez3. No entanto, todas devem pensar no assunto durante o planejamento de uma futura gravidez3 e não só quando já estão grávidas.
1 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
2 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

Medical Journal - 09/11/09
O The Royal College of Obstetricians and Gynaecologists (RCOG) Scientific Advisory Committee divulgou as novas recomendações para suplementação1 de vitaminas durante a gravidez2. O protocolo examina evidências de suplementação1 vitamínica e fornece uma orientação para mulheres grávidas do Reino Unido.
1 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

Medical Journal - 06/03/09
Artigo publicado na revista científica Pediatrics mostra que a suplementação1 de vitamina2 B12 pode reduzir a incidência3 de defeitos do tubo neural4 quando a mulher está planejando uma gravidez5, além do já conhecido uso de ácido fólico.
1 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
2 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
3 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
4 Tubo neural: Estrutura embrionária que dará origem ao cérebro e à medula espinhal. Durante a gestação humana, o tubo neural dá origem a três vesículas: romboencéfalo, mesencéfalo e prosencéfalo.
5 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

Medical Journal - 06/02/09
Estudo publicado na revista Archives of General Psychiatry mostra associação entre valores mais altos nos níveis do hormônio1 liberador de corticotropina (CRH) - principalmente da 23ª à 26ª semana de gestação - e sintomas2 de depressão pós-parto. Esses resultados podem ter implicações na identificação e tratamento de mulheres grávidas com risco de apresentar depressão pós-parto.
1 Hormônio: Substância química produzida por uma parte do corpo e liberada no sangue para desencadear ou regular funções particulares do organismo. Por exemplo, a insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que diz a outras células quando usar a glicose para energia. Hormônios sintéticos, usados como medicamentos, podem ser semelhantes ou diferentes daqueles produzidos pelo organismo.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
   [Mais...]

Medical Journal - 19/05/08
Mulheres estressadas durante a gravidez1 podem dar à luz bebês2 com tendência a desenvolver asma3 e outras doenças alérgicas. O estudo foi apresentado na conferência da Sociedade Torácica Americana em Toronto (Canadá) esta semana.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
3 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
   [Mais...]

Medical Journal - 28/04/08
Neonatos1 nascidos de mães com IMC2 normal têm menos gordura3 total, menos massa gorda4 e mais massa magra5 do que os neonatos1 nascidos de mães com sobrepeso6 ou obesas. Não foram encontradas diferenças significativas em relação ao comprimento ou ao peso corporal por ocasião do nascimento.
1 Neonatos: Refere-se a bebês nos seus primeiros 28 dias (mês) de vida. O termo “recentemente-nascido“ refere-se especificamente aos primeiros minutos ou horas que se seguem ao nascimento. Esse termo é utilizado para enfocar os conhecimentos e treinamento da ressuscitação imediatamente após o nascimento e durante as primeiras horas de vida.
2 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
3 Gordura: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Os alimentos que fornecem gordura são: manteiga, margarina, óleos, nozes, carnes vermelhas, peixes, frango e alguns derivados do leite. O excesso de calorias é estocado no organismo na forma de gordura, fornecendo uma reserva de energia ao organismo.
4 Massa gorda: É a porção de massa do organismo constituída de gordura armazenada (encontrada no tecido subcutâneo) e gordura essencial (encontrada nas vísceras, responsável pelo funcionamento fisiológico normal). A massa gorda é o resultado em quilos do percentual de gordura existente no organismo. Por exemplo, um indivíduo de 100 quilos e com percentual de gordura de 38%, pode ter o valor da massa gorda calculado em 38 quilos.
6 Sobrepeso: Peso acima do normal, índice de massa corporal entre 25 e 29,9.
   [Mais...]

Medical Journal - 27/03/08
O NICE (National Institute for Health and Clinical Excellence) lançou, em março de 2008, o novo protocolo de recomendações a mulheres durante a gravidez1 e a lactação2. O protocolo, dentre outras atualizações, recomenda que mulheres grávidas não usem qualquer quantidade de álcool durante a gestação, utilizem 10 microgramas de vitamina3 D diariamente, além de ácido fólico até a 12ª semana de gestação. O rastreamento para anemia falciforme4 e talassemia5 é outra novidade.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
3 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
4 Anemia falciforme: Doença hereditária que causa a má formação das hemácias, que assumem forma semelhante a foices (de onde vem o nome da doença), com maior ou menor severidade de acordo com o caso, o que causa deficiência do transporte de gases nos indivíduos que possuem a doença. É comum na África, na Europa Mediterrânea, no Oriente Médio e em certas regiões da Índia.
5 Talassemia: Anemia mediterrânea ou talassemia. Tipo de anemia hereditária, de transmissão recessiva, causada pela redução ou ausência da síntese da cadeia de hemoglobina, uma proteína situada no interior do glóbulos vermelhos e que tem a função de transportar o oxigênio. É classificada dentro das hemoglobinopatias. Afeta principalmente populações da Itália e da Grécia (e seus descendentes), banhadas pelo Mar Mediterrâneo.
   [Mais...]

Medical Journal - 21/01/08
Grávidas que ingerem duas xícaras de café ao dia ou mais podem ter um risco duas vezes maior de abortamento1 quando comparadas àquelas que evitam cafeína. Estudo publicado no American Journal of Obstetrics and Gynecology revela que a ingestão de 200 miligramas ou mais de cafeína por dia, ou o equivalente a duas xícaras de café, pode aumentar o risco de aborto em gestantes.
1 Abortamento: Interrupção precoce da gravidez, espontânea ou induzida, seguida pela expulsão do produto gestacional pelo canal vaginal (Aborto). Pode ser precedido por perdas sangüíneas através da vagina.
   [Mais...]

Medical Journal - 27/11/07
Cientistas canadenses publicaram, no The Journal of Clinical Investigation, que a exposição ao fumo durante a gravidez1 e a amamentação2 pode comprometer a fertilidade futura de bebês3 do sexo feminino. A exposição a hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, presentes no cigarro, afetou a fertilidade por interferir na formação de óvulos, segundo estudo realizado com camundongos.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
3 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
   [Mais...]

Para pacientes - 24/07/07
O March of Dimes é uma instituição que trabalha para que toda gravidez1 seja bem planejada e bem- sucedida evitando o nascimento prematuro de bebês2. Com o objetivo de orientar as futuras mães sobre uma gravidez1 saudável e os cuidados que devem ser tomados desde o planejamento da gravidez1 até o nascimento do bebê, o March of Dimes publicou conselhos nutricionais baseados em evidências científicas.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
   [Mais...]

Mostrar: 10
<< - « Anteriores - 10 - 11 - 12 - 13 - 14 - 15 - Próximos »
131 a 140 (Total: 146)
  • Entrar
  • Receber conteúdos