Atalho: 5RC9Y2F
Gostou do artigo? Compartilhe!

Unicamp desenvolve anti-inflamatório à base do extrato de uma planta brasileira

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O creme anti-inflamatório terá o nome comercial de Acheflan e será feito com base no extrato da planta nativa brasileira conhecida como erva-da-praia e maria-milagrosa. Usada por pescadores no litoral das regiões Sul e Sudeste, a planta natural da Mata Atlântica é a matéria-prima do medicamento que será lançado no mercado em algumas semanas.

O creme surgiu no Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas da Unicamp. O princípio ativo da planta foi descoberto em 2001 e se chama alfa-humuleno. É recomendado para casos de dores musculares e foi liberado pela Anvisa, classificado como fitomedicamento (aqueles que têm em sua composição apenas substâncias ativas extraídas de plantas, sem a mistura de princípios ativos sintéticos).

Com 800 quilos da erva obtém-se um litro de óleo essencial, que é o princípio do creme. Foram plantados 12 hectares da erva no centro de pesquisas da Unicamp em Paulínia (SP) para garantir a extração de 120 litros anuais de óleo (que atenderiam à produção na fase de lançamento do produto).

Os pesquisadores levaram oito anos para adaptar o vegetal a condições de plantio adequadas para a produção do medicamento. O equipamento custou R$ 240 mil pagos pela Unicamp e pelo Laboratório Aché, que comercializará o medicamento.

Fonte: Universidade Estadual de Campinas

Equipe Médica Centralx1

NEWS.MED.BR, 2005. Unicamp desenvolve anti-inflamatório à base do extrato de uma planta brasileira. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/951/unicamp-desenvolve-anti-inflamatorio-a-base-do-extrato-de-uma-planta-brasileira.htm>. Acesso em: 20 set. 2019.

Complementos

1 Centralx: Empresa fornecedora de produtos e serviços na área de medicina. Fundada em 1989 a Centralx é líder no mercado de softwares e sistemas de informação médicos no Brasil.
Gostou do artigo? Compartilhe!