Gostou do artigo? Compartilhe!

Dose baixa de aspirina (75mg ao dia) pode proteger contra o câncer colorretal, diz estudo publicado no jornal GUT

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Estudos prévios já demonstraram que a aspirina e outros anti-inflamatórios não esteróides (AINHs) diminuem o risco de câncer1 colorretal. Entretanto, a menor dose efetiva, a duração do tratamento e os efeitos na sobrevida2 não estão definidos. Pesquisadores da University of Edinburgh fizeram um estudo caso-controle com uma grande população para explorar esta relação entre AINHs e o risco de câncer1 colorretal.

O estudo foi publicado no jornal GUT (An International Journal of Gastroenterology and Hepatology). Foram avaliados 2.279 casos e 2.907 controles. Os participantes responderam questionário sobre alimentação e estilo de vida. Naqueles que receberam 75mg de aspirina ao dia, uma dose baixa desta medicação, foi encontrado um risco menor para o câncer1 colorretal, evidenciado após um ano de uso do remédio. De acordo com o estudo, o uso desta dose durante o período de um a três anos reduziu a chance de desenvolver câncer1 de intestino em 19%. De três a cinco anos de uso a redução foi de 24%. De cinco a dez anos, 31%.

Não foram demonstrados benefícios para o uso da aspirina ou outros AINHs em pessoas que já estão com este tipo de tumor3.

A dose de aspirina habitualmente usada para alívio de dores em adultos fica entre 300 e 900mg. A dose usada neste estudo é menor do que a indicada para crianças, mas é importante saber que mesmo dosagens baixas de aspirina podem não ser adequadas para todas as pessoas e o seu uso deve ser recomendado e acompanhado por médicos.

Este é o primeiro estudo a demonstrar um efeito de proteção contra tumores de intestino com o uso de baixa dose de aspirina (75mg ao dia) depois de apenas um ano de uso da medicação.

Fonte: GUT – An International Journal of Gastroenterology and Hepatology, publicação online de 15 de setembro de 2010

NEWS.MED.BR, 2010. Dose baixa de aspirina (75mg ao dia) pode proteger contra o câncer colorretal, diz estudo publicado no jornal GUT. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/71062/dose-baixa-de-aspirina-75mg-ao-dia-pode-proteger-contra-o-cancer-colorretal-diz-estudo-publicado-no-jornal-gut.htm>. Acesso em: 14 abr. 2021.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Sobrevida: Prolongamento da vida além de certo limite; prolongamento da existência além da morte, vida futura.
3 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.

Artigos selecionados

Gostou do artigo? Compartilhe!

Complementos

18/09/2010 - Complemento feito por MARCOS
Re: Dose baixa de aspirina (75mg ao dia) pode proteger contra o câncer colorretal, diz estudo publicado no jornal GUT
Como já comentado, vivemos em uma era em que as pesquisas avançam em grande velocidade e a cada dia, podemos ler artigos científicos de credibilidade, apontando para novas perspectivas de tratamento de doenças de difícil abordagem como é o caso de NEOPLASIAS.

Este fato nos coloca diante de uma nova responsabilidade, queé saber se utilizar das novas descobertas de forma a não causar danos a nossa saúde, o que parece paradoxal, mas na realidade é um fato preocupante.

O exemplo acima é bem didático, pois sabemos que os DERIVADOS DO ÁCIDO ACETIL SALICÍLICO, apear de estar no mercado , muito tempo, é um reconhecido ANTITÉRIMICO, ANTINFLAMATÓRIO E ANALGÉSICO, PORÉM EXISTEM PESSOAS QUE APRESENTAM RESTRIÇÕES QUANTO A SEU USO E ALGUMAS PATOLOGIAS TAMBÉM IMPEDEM SEU USO COMO O CASO DA DENGUE.

Finalizando, hoje devemos contar com profissionais que se atualizam diariamente , pois o uso inadvertido de algum medicamento, mesmo que seja bem conhecido, deve ser pautado pela extrema cautela,muitos testes de alta seriedade estão sendo feitos, em várias partes do mundo, e devemos gerenciar estas informações de forma equilibrada, este é um papel que devemos desempenhar, principalmente na era da informação rápida, mas nem sempre segura!

  • Entrar
  • Receber conteúdos