Atalho: 5RC9YF4
Gostou do artigo? Compartilhe!

Pressão Arterial: amamentação na infância influencia tanto quanto exercícios físicos e dietas na vida adulta

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Debbie Lawlor (University of Bristol, UK) e colaboradores examinaram a relação entre lactentes1 amamentados ao seio2 e componentes da síndrome metabólica3 em 2192 crianças com idade entre 9 e 15 anos da Estônia e Dinamarca.


A síndrome4 consiste em um grupo de fatores cardiovasculares, incluindo hipertensão arterial5, aumento de triglicérides6, baixos níveis de HDL7 (lipoproteína de baixa densidade), resistência insulínica e obesidade8. A amamentação9 foi classificada por tempo com os seguintes parâmetros: menos de um mês, entre um e três meses, entre quatro e seis meses e acima de seis meses. Crianças que foram amamentadas exclusivamente ao seio2 por qualquer período de tempo tiveram média de PA sistólica 1.7mmHg menor do que as que não foram. A despeito de diferenças sociais, culturais e dietéticas, o efeito foi similar na Estônia e na Dinamarca, com a média de PA sistólica diminuindo de acordo com o maior tempo de amamentação exclusiva10 nos dois países.


Lawlor e colaboradores não observaram outras associações entre aleitamento materno11 exclusivo e outros componentes da síndrome metabólica3. "A magnitude do efeito que encontramos entre amamentação9 e PA na infância é semelhante ao efeito da restrição de sal na dieta (-1.3 mmHg) e da atividade física (-0.7 mmHg) em uma pesquisa sobre PA relatada em uma revisão sistemática de intervenções não-farmacológicas em adultos. Se a relação que achamos é de causa, a amamentação9 pode ter um importante benefício no que diz respeito à redução da PA e, por conseguinte, ser capaz de reduzir o risco de futuras doenças cardiovasculares12". 

Fonte:   Archives of Disease in Childhood 2005; 90:582-588.

NEWS.MED.BR, 2005. Pressão Arterial: amamentação na infância influencia tanto quanto exercícios físicos e dietas na vida adulta. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/896/pressao-arterial-amamentacao-na-infancia-influencia-tanto-quanto-exercicios-fisicos-e-dietas-na-vida-adulta.htm>. Acesso em: 14 abr. 2021.

Complementos

1 Lactentes: Que ou aqueles que mamam, bebês. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
2 Seio: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
3 Síndrome metabólica: Tendência de várias doenças ocorrerem ao mesmo tempo. Incluindo obesidade, resistência insulínica, diabetes ou pré-diabetes, hipertensão e hiperlipidemia.
4 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
5 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
6 Triglicérides: A principal maneira de armazenar os lipídeos no tecido adiposo é sob a forma de triglicérides. São também os tipos de lipídeos mais abundantes na alimentação. Podem ser definidos como compostos formados pela união de três ácidos graxos com glicerol. Os triglicérides sólidos em temperatura ambiente são conhecidos como gorduras, enquanto os líquidos são os óleos. As gorduras geralmente possuem uma alta proporção de ácidos graxos saturados de cadeia longa, já os óleos normalmente contêm mais ácidos graxos insaturados de cadeia curta.
7 HDL: Abreviatura utilizada para denominar um tipo de proteína encarregada de transportar o colesterol sanguíneo, que se relaciona com menor risco cardiovascular. Também é conhecido como “Bom Colesterol”. Seus valores normais são de 35-50mg/dl.
8 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
9 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
10 Amamentação exclusiva: Uso do leite materno, habitualmente até os 6 meses de vida como único alimento da criança, não sendo admitidos chás ou água como exceção.
11 Aleitamento Materno: Compreende todas as formas do lactente receber leite humano ou materno e o movimento social para a promoção, proteção e apoio à esta cultura. Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
12 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
Gostou do artigo? Compartilhe!