Gostou do artigo? Compartilhe!

Cirurgia bariátrica em obesos diabéticos parece aumentar a expectativa de vida para pessoas com IMC de até 62 kg/m²

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O objetivo do estudo divulgado pelo Annals of Surgery foi criar um modelo de decisão analítica para estimar o equilíbrio entre os riscos e benefícios do tratamento para pacientes1 severamente obesos com diabetes2.

A cirurgia bariátrica3 leva a muitas mudanças metabólicas desejáveis, mas o impacto em longo prazo da cirurgia bariátrica3 sobre a expectativa de vida4 em pacientes com diabetes2 ainda não foi quantificado.

Os pesquisadores desenvolveram modelos para avaliar e comparar a cirurgia bariátrica3 versus nenhum tratamento cirúrgico para pacientes1 diabéticos severamente obesos. O modelo foi formado por dados de três grandes coortes:

  1. 159.000 pacientes diabéticos severamente obesos (4.185 fizeram uma cirurgia bariátrica3) de três locais da HMO Research Network.
  2. 23.000 indivíduos da amostra Nationwide Inpatient Sample.
  3. 18.000 indivíduos da National Health Interview Survey ligada ao National Death Index.

Nas principais análises, os pesquisadores descobriram que uma mulher de 45 anos com diabetes2 e índice de massa corporal5 (IMC6) de 45 kg/m² ganha um adicional de 6,7 anos de expectativa de vida4 com a cirurgia bariátrica3 (38,4 anos com cirurgia bariátrica3 versus 31,7 anos sem cirurgia). As análises de sensibilidade revelaram que o ganho na expectativa de vida4 diminui com o aumento do IMC6, até que um IMC6 de 62 kg/m² seja atingido, neste ponto o tratamento não cirúrgico foi associado a uma maior expectativa de vida4. Resultados semelhantes foram observados para homens e mulheres em todas as faixas etárias.

Para a maioria dos pacientes severamente obesos com diabetes2, a cirurgia bariátrica3 parece melhorar a expectativa de vida4; no entanto, a cirurgia pode reduzir a expectativa de vida4 para os obesos graves com IMC6 maior do que 62 kg/m².

Fonte: Annals of Surgery, volume 261, número 5, de maio de 2015

NEWS.MED.BR, 2015. Cirurgia bariátrica em obesos diabéticos parece aumentar a expectativa de vida para pessoas com IMC de até 62 kg/m². Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/754917/cirurgia-bariatrica-em-obesos-diabeticos-parece-aumentar-a-expectativa-de-vida-para-pessoas-com-imc-de-ate-62-kg-m.htm>. Acesso em: 15 nov. 2019.

Complementos

1 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
2 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
3 Cirurgia Bariátrica:
4 Expectativa de vida: A expectativa de vida ao nascer é o número de anos que se calcula que um recém-nascido pode viver caso as taxas de mortalidade registradas da população residente, no ano de seu nascimento, permaneçam as mesmas ao longo de sua vida.
5 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
6 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
Gostou do artigo? Compartilhe!