Gostou do artigo? Compartilhe!

Revisão descreve as correlações entre nutrição e saúde mental, apontando o impacto da dieta nos transtornos mentais

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A psicofarmacoterapia e a psicoterapia aplicadas nem sempre trazem os resultados esperados no tratamento dos transtornos mentais. Como resultado, outras intervenções estão recebendo atenção crescente.

Nos últimos anos, houve um aumento nas pesquisas sobre os efeitos da nutrição1 no estado mental, o que pode ser um aspecto importante na prevenção de muitos transtornos mentais e, ao mesmo tempo, pode levar a uma redução na proporção de pessoas com transtornos mentais.

Leia sobre "Saúde2 mental - o que é" e "Dicas para melhorar a alimentação".

Esta revisão, publicada na revista Frontiers in Nutrition, visa responder se e em que medida o estilo de vida e a nutrição1 relacionada afetam a saúde2 mental e se há evidências científicas que apoiem uma ligação entre dieta e saúde2 mental.

Foi realizada uma revisão das evidências científicas com base na literatura disponível, digitando frases relacionadas a nutrição1 e saúde2 mental usando a ferramenta metodológica do banco de dados PubMed.

A busca bibliográfica resultou em 3.473 registros, dos quais foram selecionadas 356 fontes diretamente relacionadas ao tema do estudo e, a seguir, foram selecionadas aquelas de maior valor científico de acordo com os fatores de impacto bibliométricos.

No contexto das mudanças atuais, urbanização, globalização, incluindo a indústria alimentar, e mudanças nos estilos de vida e hábitos alimentares das pessoas, as correlações entre estes fenômenos e o seu impacto no estado mental tornam-se importantes.

O conhecimento dessas correlações cria oportunidades potenciais para implementar novas intervenções dietéticas, farmacológicas, terapêuticas e, acima de tudo, preventivas eficazes.

O maior potencial terapêutico é visto na dieta racional, atividade física, uso de psicobióticos e consumo de antioxidantes. A pesquisa também mostra que existem intervenções nutricionais com potencial psicoprotetor.

Veja também sobre "O que é uma alimentação saudável" e "Principais transtornos mentais".

 

Fonte: Frontiers in Nutrition, publicação em 22 de agosto de 2022.

 

NEWS.MED.BR, 2023. Revisão descreve as correlações entre nutrição e saúde mental, apontando o impacto da dieta nos transtornos mentais. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1437450/revisao-descreve-as-correlacoes-entre-nutricao-e-saude-mental-apontando-o-impacto-da-dieta-nos-transtornos-mentais.htm>. Acesso em: 27 fev. 2024.

Complementos

1 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
Gostou do artigo? Compartilhe!