Gostou do artigo? Compartilhe!

Transplante de microbiota fecal promove resposta em pacientes com melanoma refratário à imunoterapia

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Em um ensaio clínico publicado na revista Science, pesquisadores avaliaram a resposta induzida por transplante de microbioma1 à imunoterapia.

No ensaio, um transplante de microbioma1 fecal demonstrou o potencial de induzir uma resposta à imunoterapia com anticorpo2 para o receptor imuno-inibitório PD-1 (anti-PD-1) em pessoas com melanoma3 metastático refratário ao tratamento.

O microbioma1 intestinal demonstrou influenciar a resposta de tumores à imunoterapia anti-PD-1 em modelos de camundongos pré-clínicos e coortes de pacientes observacionais. No entanto, a modulação do microbioma1 como estratégia terapêutica4 em pacientes com câncer5 ainda não foi investigada em ensaios clínicos6.

Boursi e colegas realizaram um ensaio clínico de fase I para avaliar a segurança e a viabilidade do transplante de microbiota7 fecal e re-indução da imunoterapia anti-PD-1 em dez pacientes com melanoma3 metastático refratário ao tratamento com anti-PD-1.

Os pacientes afetados receberam um transplante de microbiota7 fecal de dois doadores que haviam sido tratados com monoterapia anti-PD-1 e obtiveram uma resposta completa. Em três dos pacientes tratados, os autores observaram respostas clínicas à monoterapia, incluindo duas respostas parciais e uma resposta completa.

Notavelmente, o tratamento com transplante de microbiota7 fecal foi associado a mudanças favoráveis nos infiltrados de células8 imunes e perfis de expressão gênica tanto na lâmina própria do intestino quanto no microambiente tumoral.

Juntas, essas descobertas iniciais têm implicações importantes para a modulação da microbiota7 intestinal no tratamento do câncer5.

Saiba mais sobre "Microbioma1 intestinal humano", "Transplante de fezes", "Melanoma3" e "Imunoterapia".

 

Fontes:
Science, publicação em 10 de dezembro de 2020.
Nature Medicine, destaque publicado em 13 de janeiro de 2021.

 

NEWS.MED.BR, 2021. Transplante de microbiota fecal promove resposta em pacientes com melanoma refratário à imunoterapia. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1386565/transplante-de-microbiota-fecal-promove-resposta-em-pacientes-com-melanoma-refratario-a-imunoterapia.htm>. Acesso em: 18 set. 2021.

Complementos

1 Microbioma: Comunidade ecológica de microrganismos comensais, simbióticos e patogênicos que compartilham nosso espaço corporal. Microbioma humano é o conjunto de microrganismos que reside no corpo do Homo sapiens, mantendo uma relação simbiótica com o hospedeiro. O conceito vai além do termo microbiota, incluindo também a relação entre as células microbianas e as células e sistemas humanos, por meio de seus genomas, transcriptomas, proteomas e metabolomas.
2 Anticorpo: Proteína circulante liberada pelos linfócitos em reação à presença no organismo de uma substância estranha (antígeno).
3 Melanoma: Neoplasia maligna que deriva dos melanócitos (as células responsáveis pela produção do principal pigmento cutâneo). Mais freqüente em pessoas de pele clara e exposta ao sol.Podem derivar de manchas prévias que mudam de cor ou sangram por traumatismos mínimos, ou instalar-se em pele previamente sã.
4 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
5 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
6 Ensaios clínicos: Há três fases diferentes em um ensaio clínico. A Fase 1 é o primeiro teste de um tratamento em seres humanos para determinar se ele é seguro. A Fase 2 concentra-se em saber se um tratamento é eficaz. E a Fase 3 é o teste final antes da aprovação para determinar se o tratamento tem vantagens sobre os tratamentos padrões disponíveis.
7 Microbiota: Em ecologia, chama-se microbiota ao conjunto dos microrganismos que habitam um ecossistema, principalmente bactérias, protozoários e outros microrganismos que têm funções importantes na decomposição da matéria orgânica e, portanto, na reciclagem dos nutrientes. Fazem parte da microbiota humana uma quantidade enorme de bactérias que vivem em harmonia no organismo e auxiliam a ação do sistema imunológico e a nutrição, por exemplo.
8 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
Gostou do artigo? Compartilhe!