Gostou do artigo? Compartilhe!

Fumo pode levar à menopausa precoce

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Mulheres que fumam estão mais sujeitas a iniciar a menopausa1 antes dos 45 anos de idade, o que as coloca em um risco maior para desenvolver osteoporose2 e doenças cardíacas, relatam pesquisadores noruegueses no jornal BMC Public Health.

 

Estudo realizado em um grupo de 2.123 mulheres na pós-menopausa1, nascidas entre 1940-41, mostrou que as fumantes têm 59% de chance a mais de ter menopausa1 precoce quando comparadas àquelas que não fumam. A menopausa1 precoce foi duas vezes mais comum naquelas que fumam mais e por mais tempo.

 

Para as mulheres que deixaram de fumar pelo menos 10 anos antes do início da menopausa1, a menopausa1 precoce foi 87% menos provável de ocorrer do que naquelas que eram fumantes ativas.

 

Os pesquisadores não acharam correlação entre o consumo de café ou de álcool e a exposição passiva ao cigarro e o risco de menopausa1 precoce.

 

Quanto mais cedo uma mulher fumante pára de fumar, maior a proteção contra a menopausa1 precoce.

 

Fonte: BMC Public Health

NEWS.MED.BR, 2007. Fumo pode levar à menopausa precoce. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/11524/fumo+pode+levar+a+menopausa+precoce.htm>. Acesso em: 14 dez. 2019.

Complementos

1 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
2 Osteoporose: Doença óssea caracterizada pela diminuição da formação de matriz óssea que predispõe a pessoa a sofrer fraturas com traumatismos mínimos ou mesmo na ausência deles. É influenciada por hormônios, sendo comum nas mulheres pós-menopausa. A terapia de reposição hormonal, que administra estrógenos a mulheres que não mais o produzem, tem como um dos seus objetivos minimizar esta doença.
Gostou do artigo? Compartilhe!