Gostou do artigo? Compartilhe!

Mapeando o coronavírus SARS-CoV-2 – Johns Hopkins University desenvolve painel para acompanhar casos globais online

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Em 31 de dezembro de 2019, a Organização Mundial da Saúde1 (OMS) foi informada de um surto de "pneumonia2 de causa desconhecida" detectada na cidade de Wuhan, província de Hubei, China - a sétima maior cidade da China, com 11 milhões de habitantes. Em 28 de janeiro, existem mais de 6.000 casos de COVID-19 confirmados globalmente, incluindo casos em mais de 20 regiões na China e 17 países / territórios.

Os primeiros indivíduos infectados relatados, alguns dos quais apresentaram sintomas3 desde 8 de dezembro, foram encontrados entre os vendedores ambulantes do mercado de frutos do mar da China Meridional de Wuhan. Posteriormente, o mercado úmido foi fechado em 1º de janeiro. O vírus4 causador do surto foi rapidamente determinado como um novo coronavírus (SARS-CoV-2, anteriormente chamado 2019-nCoV).

Em 10 de janeiro, o sequenciamento genético determinou ainda mais o novo coronavírus, um betacoronavírus, relacionado ao vírus4 da Síndrome5 Respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV) e ao vírus4 da Síndrome5 Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV). No entanto, a mortalidade6 e a transmissibilidade da COVID-19 ainda são desconhecidas e provavelmente variam daquelas dos coronavírus mencionados anteriormente.

Em resposta a essa emergência7 de saúde1 pública em andamento, o Center for Systems Science and Engineering (CSSE) da Johns Hopkins University, nos Estados Unidos, desenvolveu um painel online para visualizar e rastrear os casos relatados em uma escala de tempo diária. O conjunto completo de dados pode ser baixado como uma planilha do Google.

Os dados de casos visualizados são coletados de várias fontes, incluindo OMS, CDC dos EUA, CDC da China (CCDC), ECDC da Europa, NHC e DXY. O DXY é um site chinês que agrega relatórios de situação do NHC e do CCDC local quase em tempo real, fornecendo estimativas de casos regionais mais atuais do que as dos relatórios de organizações em nível nacional são capazes e é, portanto, usado para todos os casos da China continental relatados no painel (confirmados, suspeitos, recuperados, mortes). Os casos dos EUA (confirmados, suspeitos, recuperados, mortes) são retirados do CDC dos EUA e todos os outros dados de casos de países (suspeitos e confirmados) são coletados dos departamentos regionais de saúde1 correspondentes.

O painel visa fornecer ao público uma compreensão da situação do surto à medida que ele se desenrola, com fontes de dados transparentes. Para conferir o painel, basta acessar o link abaixo:

» Coronavirus COVID-19 Global Cases

 

Fonte: Center for Systems Science and Engineering - Johns Hopkins University, em 23 de janeiro de 2020.

 

NEWS.MED.BR, 2020. Mapeando o coronavírus SARS-CoV-2 – Johns Hopkins University desenvolve painel para acompanhar casos globais online. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/tecnologia-e-saude/1358908/mapeando-o-coronavirus-sars-cov-2-johns-hopkins-university-desenvolve-painel-para-acompanhar-casos-globais-online.htm>. Acesso em: 7 jul. 2020.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Pneumonia: Inflamação do parênquima pulmonar. Sua causa mais freqüente é a infecção bacteriana, apesar de que pode ser produzida por outros microorganismos. Manifesta-se por febre, tosse, expectoração e dor torácica. Em pacientes idosos ou imunodeprimidos pode ser uma doença fatal.
3 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
4 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
5 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
6 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
7 Emergência: 1. Ato ou efeito de emergir. 2. Situação grave, perigosa, momento crítico ou fortuito. 3. Setor de uma instituição hospitalar onde são atendidos pacientes que requerem tratamento imediato; pronto-socorro. 4. Eclosão. 5. Qualquer excrescência especializada ou parcial em um ramo ou outro órgão, formada por tecido epidérmico (ou da camada cortical) e um ou mais estratos de tecido subepidérmico, e que pode originar nectários, acúleos, etc. ou não se desenvolver em um órgão definido.
Gostou do artigo? Compartilhe!