Gostou do artigo? Compartilhe!

Idade de início da puberdade tem amplos impactos sobre a saúde na vida adulta

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Pesquisadores da MRC Epidemiology Unit, da Universidade de Cambridge, descobriram que a idade em que homens e mulheres iniciam a puberdade está associada a quarenta e oito condições de saúde1 diferentes na vida adulta. Este é o maior estudo do gênero até o momento.

O estudo confirma descobertas anteriores de que a puberdade precoce em mulheres é um fator de risco2 para doença cardíaca e diabetes mellitus3 tipo 2 e mostra, pela primeira vez, que a puberdade precoce em homens também influencia essas mesmas condições. Além disso, foram encontradas novas ligações entre o início da puberdade e uma gama mais ampla de condições de saúde1, incluindo a síndrome4 do intestino irritável, artrite5, glaucoma6, psoríase7 e depressão em ambos os sexos e também ao início da menopausa8 nas mulheres.

Os investigadores testaram dados de quase meio milhão de pessoas no UK Biobank2, um estudo inglês de pesquisa em saúde1 financiado principalmente pelo MRC e pelo Wellcome Trust. Os participantes que apresentavam o início da puberdade 20% mais cedo ou 20% mais tarde na vida tinham riscos mais elevados para doenças na vida adulta, incluindo cerca de 50% de riscos relativos mais elevados para diabetes tipo 29, doenças cardíacas e problemas de saúde1 em geral. Além disso, essas relações não foram simplesmente explicadas pelo peso corporal ou pela obesidade10, como tem sido atribuído até então. Os resultados sugerem que homens e mulheres de peso normal que passam pela puberdade relativamente cedo ou mais tarde podem também apresentar estes riscos aumentados.

O presente estudo não estabeleceu uma relação de causa e efeito entre a idade da puberdade e o risco de certas doenças. Mas acrescenta informação nos esforços para apoiar as mudanças de estilo de vida e a prevenção de doenças. É importante observar que este aumento de risco é relativamente modesto e representa um dos muitos fatores que contribuem para o risco global de desenvolvimento de doenças.

A idade de início da puberdade varia significativamente entre os indivíduos, com o início da puberdade normal variando de 8 a 13 anos em meninas e de 9 a 14 anos em meninos.

Fonte: Medical Research Council, de 18 de junho de 2015

NEWS.MED.BR, 2015. Idade de início da puberdade tem amplos impactos sobre a saúde na vida adulta. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/792727/idade-de-inicio-da-puberdade-tem-amplos-impactos-sobre-a-saude-na-vida-adulta.htm>. Acesso em: 17 set. 2019.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Fator de risco: Qualquer coisa que aumente a chance de uma pessoa desenvolver uma doença.
3 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
4 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
5 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
6 Glaucoma: É quando há aumento da pressão intra-ocular e danos ao nervo óptico decorrentes desse aumento de pressão. Esses danos se expressam no exame de fundo de olho e por alterações no campo de visão.
7 Psoríase: Doença imunológica caracterizada por lesões avermelhadas com descamação aumentada da pele dos cotovelos, joelhos, couro cabeludo e costas juntamente com alterações das unhas (unhas em dedal). Evolui através do tempo com melhoras e pioras, podendo afetar também diferentes articulações.
8 Menopausa: Estado fisiológico caracterizado pela interrupção dos ciclos menstruais normais, acompanhada de alterações hormonais em mulheres após os 45 anos.
9 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
10 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
Gostou do artigo? Compartilhe!