Gostou do artigo? Compartilhe!

Consumo de iogurte está relacionado ao controle do equilíbrio energético, do peso corporal e da glicemia, publicado pelo European Journal of Clinical Nutrition

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Pesquisadores canadenses liderado por Shirin Panahi (Department of Kinesiology, da Université Laval) publicaram, no periódico European Journal of Clinical Nutrition, dados que mostram que o consumo de iogurte tem sido associado a padrões e estilos de vida mais saudáveis, melhor qualidade da dieta e melhores perfis metabólicos. Estudos têm demonstrado que os consumidores de iogurte, de forma regular, não só têm maior ingestão de nutrientes, mas também uma melhor qualidade da dieta, que inclui maior consumo de frutas e legumes, grãos integrais e produtos lácteos em comparação com aqueles que consomem pouco ou não consomem iogurte, indicando melhor conformidade com orientações dietéticas benéficas à saúde1.

Evidências epidemiológicas e clínicas recentes sugerem que o iogurte contribui para uma melhor saúde1 metabólica devido aos seus efeitos no controle do peso corporal, da homeostase energética e do controle glicêmico. Além disso, os consumidores de iogurte demonstraram ser mais fisicamente ativos (praticam cerca de duas ou mais horas de atividade física por semana), fumam menos e têm maior conhecimento e educação sobre nutrição2 em comparação com os não-consumidores.

Assim, o consumo de iogurte pode ser considerado um sinônimo de dieta saudável através de seu conteúdo nutricional, impacto sobre a saúde1 metabólica, incluindo o controle do equilíbrio energético, peso corporal e glicemia3 e suas relações com comportamentos mais saudáveis e fatores de estilo de vida.

Saiba mais sobre "Como está o seu peso" e "Comportamento da glicemia3".

Além dos benefícios citados acima, pesquisas emergentes citadas no presente estudo já demonstraram que o iogurte pode ter efeitos positivos sobre a microbiota4 intestinal, sobre a saúde1 óssea, sobre doenças cardiovasculares5, sobre a prevenção do diabetes6 tipo 2 e sobre componentes da síndrome metabólica7, como obesidade8 abdominal.

Estudos epidemiológicos também têm demonstrado que o consumo de produtos lácteos, como leite e iogurte, está associado a um papel benéfico na regulação metabólica.

Leia também sobre "Diabetes6", "Circunferência abdominal e doenças cardiovasculares5" e "Síndrome metabólica7".

 

Fonte: European Journal of Clinical Nutrition, publicação online de 2 de novembro de 2016

 

NEWS.MED.BR, 2017. Consumo de iogurte está relacionado ao controle do equilíbrio energético, do peso corporal e da glicemia, publicado pelo European Journal of Clinical Nutrition. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1297363/consumo-de-iogurte-esta-relacionado-ao-controle-do-equilibrio-energetico-do-peso-corporal-e-da-glicemia-publicado-pelo-european-journal-of-clinical-nutrition.htm>. Acesso em: 15 nov. 2019.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
3 Glicemia: Valor de concentração da glicose do sangue. Seus valores normais oscilam entre 70 e 110 miligramas por decilitro de sangue (mg/dl).
4 Microbiota: Em ecologia, chama-se microbiota ao conjunto dos microrganismos que habitam um ecossistema, principalmente bactérias, protozoários e outros microrganismos que têm funções importantes na decomposição da matéria orgânica e, portanto, na reciclagem dos nutrientes. Fazem parte da microbiota humana uma quantidade enorme de bactérias que vivem em harmonia no organismo e auxiliam a ação do sistema imunológico e a nutrição, por exemplo.
5 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
6 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
7 Síndrome metabólica: Tendência de várias doenças ocorrerem ao mesmo tempo. Incluindo obesidade, resistência insulínica, diabetes ou pré-diabetes, hipertensão e hiperlipidemia.
8 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
Gostou do artigo? Compartilhe!