Gostou do artigo? Compartilhe!

Relatório da ONU alerta: Brasil lidera o ranking mundial no consumo de anorexígenos

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia
De acordo com um relatório divulgado recentemente pelo escritório da ONU em Viena, responsável pela fiscalização do controle mundial anti-drogas, o Brasil é o país com maior consumo mundial per capita de remédios para emagrecer.

Foi detectado o crescimento do uso de anfetaminas como supressores de apetite em países como Austrália, Brasil, Cingapura e Coréia do Sul. O relatório da ONU indica que o consumo per capita dos remédios para emagrecer, ou anoréxicos, no Brasil chegou a 9,1 doses diárias por mil habitantes no período entre 2002 e 2004 – um aumento de mais de 20% em relação ao período de 1992 a 1994. Em contrapartida, na maioria dos países da Europa o consumo destas substâncias apresentou redução.

Alguns países têm colocado em prática iniciativas de sucesso. É o caso da Argentina e do Chile. Segundo o relatório, a Argentina conseguiu reduzir o consumo geral de estimulantes de 11 doses diárias por mil habitantes, no período entre 1992 e 1994, para 5 entre 2002 e 2004. A redução verificada no Chile é ainda mais acentuada – de 12,5 para menos de uma dose diária por mil habitantes entre os dois períodos.

Pela lei brasileira, remédios para emagrecer à base de anfetamina somente podem ser vendidos mediante receita médica, mas especialistas advertem sobre a venda indiscriminada em farmácias e também para a fabricação dessas substâncias ilegalmente em laboratórios clandestinos.

O uso contínuo de anfetaminas, além de provocar perda de peso acentuada, leva a um aumento permanente na pressão sangüínea1. Os efeitos psicológicos do uso continuado incluem agressividade, irritação, paranóia, confusão de pensamento, compulsividade e, em casos extremos, esquizofrenia2. Além do uso como supressores do apetite, as anfetaminas também são receitadas em casos de narcolepsia (sono exagerado) ou para crianças com desordem de déficit de atenção.


Confira também o Relatório Anual da Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes

Língua3:
Inglês
Espanhol
Francês

Fonte: Nações Unidas no Brasil
NEWS.MED.BR, 2006. Relatório da ONU alerta: Brasil lidera o ranking mundial no consumo de anorexígenos. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1215/relatorio-da-onu-alerta-brasil-lidera-o-ranking-mundial-no-consumo-de-anorexigenos.htm>. Acesso em: 5 ago. 2020.

Complementos

1 Pressão sangüínea: Força exercida pelo sangue arterial por unidade de área da parede arterial. É expressa como uma razão (Exemplo: 120/80, lê-se 120 por 80). O primeiro número é a pressão sistólica ou pressão máxima. E o segundo número é a presão diastólica ou mínima.
2 Esquizofrenia: Doença mental do grupo das Psicoses, caracterizada por alterações emocionais, de conduta e intelectuais, caracterizadas por uma relação pobre com o meio social, desorganização do pensamento, alucinações auditivas, etc.
3 Língua:
Gostou do artigo? Compartilhe!

Complementos

31/03/2006 - Complemento feito por DR.
Re: Relatório da ONU alerta: Brasil lidera o ranking mundial no consumo de anorexígenos
PARABÉNS AOS COLEGAS CIRURGIÕES QUE ESTÃO REALIZANDO AS CIRURGIAS DE REDUÇÃO DE ESTOMAGO (BARIÁTRICAS)!!! COM ESTE PROCEDIMENTO, TÊM CONTRIBUIDO PARA A REDUÇÃO DO CONSUMO DE ANFETAMINAS, AS QUAIS TÊM CAUSADO SÉRIOS PROBLEMAS NEURO-PSIQUIÁTRICOS EM NOSSOS PACIENTES EVOLUINDO DESDE IRRITABILIDADE E AGRESSIVIDADE ATÉ DISTÚRBIOS ESQUIZOFRÊNICOS COMO FOI CITADO NESTE ARTIGO. ESPERAMOS QUE A CADA DIA QUE SE PASSE A CIRURGIA BARIÁTRICA POSSA PROPORCIONAR UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL AOS NOSSOS PACIENTES, E SABEMOS ATÉ DA REDUÇÃO NOS ÍNDICES DE PACIENTES QUE ERAM HIPERTENSOS E DIABÉTICOS, E QUE ESTAM DEIXANDO O SER.
PARABÉNS A TODOS OS CIRURGIÕES ESPECIALISTAS EM CIRURGIA BARIÁTRICA.

  • Entrar
  • Assinar