Gostou do artigo? Compartilhe!

FDA aprova Zontivity para reduzir o risco de ataques cardíacos e derrames em pacientes de alto risco

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, aprovou o Zontivity (vorapaxar) comprimidos para reduzir o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral1, morte cardiovascular e necessidade de procedimentos para restaurar o fluxo sanguíneo para o coração2 em pacientes com um histórico de ataque cardíaco ou bloqueios nas artérias3 das pernas.

Zontivity é o primeiro de uma nova classe de medicamentos chamados de antagonista4 seletivo do receptor ativado por protease-1 (PAR-1). É um agente antiplaquetário, para diminuir a tendência das plaquetas5 de se agregarem para formar um coágulo6 de sangue7. Ao diminuir a formação de coágulos sanguíneos, o Zontivity diminui o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral1.

Como outros fármacos que inibem a coagulação8 do sangue7, Zontivity aumenta o risco de hemorragia9, incluindo risco de vida e hemorragia9 fatal. Sangramento é a reação adversa mais comumente relatada em pessoas que tomam Zontivity. A bula com as informações de prescrição do medicamento inclui uma advertência para alertar os profissionais de saúde10 sobre este risco. Além de instruções importantes para o paciente, fornecendo detalhes sobre a utilização do medicamento e informações de segurança sobre o Zontivity.

Zontivity não deve ser utilizado em pessoas que tiveram um acidente vascular cerebral1, ataque isquêmico11 transitório (TIA) ou sangramento na cabeça12, porque o risco de sangramento na cabeça12 é muito grande.

"Em pacientes que tiveram um ataque cardíaco ou que têm doença arterial periférica, esta droga vai diminuir o risco de ataque cardíaco, derrame13 e morte cardiovascular. No estudo que apoiou a aprovação da medicação, Zontivity reduziu este risco de 9,5% para 7,9% ao longo de um período de três anos - cerca de 0,5 por cento ao ano", disse Ellis Unger, diretor do Office of Drug Evaluation I in the FDA’s Center for Drug Evaluation and Research.

Os profissionais de saúde10 devem informar os pacientes que eles podem sangrar e apresentar hematomas14 mais facilmente quando em uso de Zontivity. Os pacientes devem relatar ao seu médico qualquer hemorragia9 inesperada, prolongada ou excessiva, ou sangramento nas fezes ou urina15.

Em um ensaio clínico com mais de 25.000 participantes, Zontivity adicionado a outros agentes antiplaquetários (em geral aspirina e clopidogrel), reduziu a taxa de um desfecho combinado de ataque cardíaco, derrame13, morte cardiovascular e procedimentos urgentes para melhorar o fluxo de sangue7 para o coração2 (revascularização coronária), quando comparado ao placebo16.

Zontivity é fabricado pela Merck Sharp & Dohme Corp, uma subsidiária da Merck & Co.

Fonte: FDA NEWS RELEASE, 8 de maio de 2014 

NEWS.MED.BR, 2014. FDA aprova Zontivity para reduzir o risco de ataques cardíacos e derrames em pacientes de alto risco. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/539952/fda-aprova-zontivity-para-reduzir-o-risco-de-ataques-cardiacos-e-derrames-em-pacientes-de-alto-risco.htm>. Acesso em: 14 dez. 2019.

Complementos

1 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
2 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
3 Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.
4 Antagonista: 1. Opositor. 2. Adversário. 3. Em anatomia geral, que ou o que, numa mesma região anatômica ou função fisiológica, trabalha em sentido contrário (diz-se de músculo). 4. Em medicina, que realiza movimento contrário ou oposto a outro (diz-se de músculo). 5. Em farmácia, que ou o que tende a anular a ação de outro agente (diz-se de agente, medicamento etc.). Agem como bloqueadores de receptores. 6. Em odontologia, que se articula em oposição (diz-se de ou qualquer dente em relação ao da maxila oposta).
5 Plaquetas: Elemento do sangue (não é uma célula porque não apresenta núcleo) produzido na medula óssea, cuja principal função é participar da coagulação do sangue através da formação de conglomerados que tamponam o escape do sangue por uma lesão em um vaso sangüíneo.
6 Coágulo: 1. Em fisiologia, é uma massa semissólida de sangue ou de linfa. 2. Substância ou produto que promove a coagulação do leite.
7 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
8 Coagulação: Ato ou efeito de coagular(-se), passando do estado líquido ao sólido.
9 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.
10 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
11 Isquêmico: Relativo à ou provocado pela isquemia, que é a diminuição ou suspensão da irrigação sanguínea, numa parte do organismo, ocasionada por obstrução arterial ou por vasoconstrição.
12 Cabeça:
13 Derrame: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
14 Hematomas: Acúmulo de sangue em um órgão ou tecido após uma hemorragia.
15 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
16 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
Gostou do artigo? Compartilhe!