Gostou do artigo? Compartilhe!

Zolinza: FDA aprova novo medicamento para câncer de pele

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O Food and Drug Administration aprovou um novo medicamento para câncer1 de pele2 no dia 6 de outubro de 2006. O Zolinza (vorinostat) é destinado ao tratamento de um tipo raro de tumor3 de pele2 conhecido como linfoma4 cutâneo5 de células6 T (CTCL), um tipo de linfoma4 que afeta a pele2.

O medicamento foi aprovado para tratamento do tumor3 quando a doença piora, persiste ou retorna após um período de tratamento com outras medicações.

Os pesquisadores relatam que cerca de três em cada um milhão de pessoas recebem o diagnóstico7 de CTCL a cada ano, sendo a maioria homens de meia idade.

Foram feitas duas triagens clínicas envolvendo 107 pessoas com CTCL e o medicamento mostrou resposta satisfatória em 30% dos pacientes após uma média de 168 dias de uso. Os principais efeitos colaterais8 são: embolismo9 pulmonar, desidratação10, trombose11 venosa e anemia12. Podem ocorrer também efeitos gastrointestinais (diarréia13, náuseas14, vômitos15, anorexia16 e constipação17.

Zolinza não foi estudado em mulheres grávidas, mas os resultados em animais sugerem que esta droga possa causar danos ao feto18.

Fonte: Food and Drug Administration

NEWS.MED.BR, 2006. Zolinza: FDA aprova novo medicamento para câncer de pele. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/1886/zolinza-fda-aprova-novo-medicamento-para-cancer-de-pele.htm>. Acesso em: 15 set. 2019.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
3 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
4 Linfoma: Doença maligna que se caracteriza pela proliferação descontrolada de linfócitos ou seus precursores. A pessoa com linfoma pode apresentar um aumento de tamanho dos gânglios linfáticos, do baço, do fígado e desenvolver febre, perda de peso e debilidade geral.
5 Cutâneo: Que diz respeito à pele, à cútis.
6 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
7 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
8 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
9 Embolismo: É o mesmo que embolia, mas é um termo menos usado. Significa obstrução de um vaso, frequentemente uma artéria, pela migração de um corpo estranho (chamado de êmbolo) levado pela corrente sanguínea.
10 Desidratação: Perda de líquidos do organismo pelo aumento importante da freqüência urinária, sudorese excessiva, diarréia ou vômito.
11 Trombose: Formação de trombos no interior de um vaso sanguíneo. Pode ser venosa ou arterial e produz diferentes sintomas segundo os territórios afetados. A trombose de uma artéria coronariana pode produzir um infarto do miocárdio.
12 Anemia: Condição na qual o número de células vermelhas do sangue está abaixo do considerado normal para a idade, resultando em menor oxigenação para as células do organismo.
13 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
14 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
15 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
16 Anorexia: Perda do apetite ou do desejo de ingerir alimentos.
17 Constipação: Retardo ou dificuldade nas defecações, suficiente para causar desconforto significativo para a pessoa. Pode significar que as fezes são duras, difíceis de serem expelidas ou infreqüentes (evacuações inferiores a três vezes por semana), ou ainda a sensação de esvaziamento retal incompleto, após as defecações.
18 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
Gostou do artigo? Compartilhe!