Atalho: 5SNZXZ7
Gostou do artigo? Compartilhe!

FDA aprova medicamento para reduzir risco de parto prematuro

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O U.S. Food and Drug Administration (FDA) aprovou o Makena (caproato de hidroxiprogesterona), medicamento injetável para reduzir o risco de nascimentos prematuros em grávidas com história de pelo menos um parto prematuro prévio. Este é o primeiro medicamento aprovado pelo FDA indicado especificamente para esta finalidade.

O medicamento não foi liberado para uso em gestantes com gravidez1 múltipla ou com outros fatores de risco para partos prematuros.

A medicação deve começar a ser usada a partir de 16 semanas de gestação e não passar da vigésima primeira semana.

Os principais efeitos colaterais2 são dor e edema3 no local da injeção4, náuseas5, diarreia6 e rash7 cutâneo8.

Fonte: FDA

NEWS.MED.BR, 2011. FDA aprova medicamento para reduzir risco de parto prematuro. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/171707/fda-aprova-medicamento-para-reduzir-risco-de-parto-prematuro.htm>. Acesso em: 23 out. 2019.

Complementos

1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
3 Edema: 1. Inchaço causado pelo excesso de fluidos no organismo. 2. Acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, especialmente no tecido conjuntivo.
4 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
5 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
6 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
7 Rash: Coloração avermelhada da pele como conseqüência de uma reação alérgica ou infecção.
8 Cutâneo: Que diz respeito à pele, à cútis.
Gostou do artigo? Compartilhe!