Gostou do artigo? Compartilhe!

Uso de vitamina D pode melhorar o controle da asma por reduzir a inflamação, mostra artigo de revisão publicado no Annals of Allergy, Asthma & Immunology

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Publicado na edição de setembro do Annals of Allergy, Asthma & Immunology, artigo de revisão mostra que a suplementação1 com vitamina2 D pode melhorar o controle da asma3 por inibir o influxo de citocinas4 inflamatórias e aumentar a secreção de interleucina 10 pelas células5 T reguladoras e pelas células dendríticas6.

Artigo de revisão foi realizado através da coleta de informações no banco de dados da Pubmed de artigos publicados entre 1950 e 2009. O objetivo foi estudar o papel da vitamina2 D na patogênese7 da asma3 e as consequências potenciais da deficiência desta vitamina2 nesta patologia8.

Evidências sugerem que a deficiência de vitamina2 D está associada ao aumento da reatividade das vias aéreas, diminuição da função pulmonar, piora do controle da asma3 e possibilidade de resistência aos esteroides usados no tratamento desta doença.

As células5 epiteliais pulmonares expressam altos níveis de 1α-hydroxylase, que permite a conversão do calcidiol inativo em calcitriol ativo no pulmão9. O calcitriol inibe a síntese de citocinas4 do tipo RANTES reduzindo a inflamação10. A vitamina2 D também aumenta a síntese de interleucina 10 pelas células5 T reguladoras e pelas células dendríticas6 e é capaz de induzir a expressão de várias moléculas antimicrobianas como as catelicidinas, que destroem patógenos não virais pela formação de poros nas membranas.

Os pesquisadores criaram a hipótese de que a suplementação1 de vitamina2 D pode melhorar o controle da asma3, inibindo o influxo de citocinas4 inflamatórias no pulmão9 e diminuindo a secreção de interleucina 10 pelas células5 T reguladoras e pelas células dendríticas6. Mais estudos nesta área precisam ser feitos para avaliar esta hipótese.

Outros estudos já identificaram que a deficiência de vitamina2 D está associada a outras patologias como diabetes mellitus11, doenças cardíacas e certos tipos de tumores malignos.

Fonte: Annals of Allergy, Asthma & Immunology de setembro de 2010

NEWS.MED.BR, 2010. Uso de vitamina D pode melhorar o controle da asma por reduzir a inflamação, mostra artigo de revisão publicado no Annals of Allergy, Asthma & Immunology. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/70643/uso-de-vitamina-d-pode-melhorar-o-controle-da-asma-por-reduzir-a-inflamacao-mostra-artigo-de-revisao-publicado-no-annals-of-allergy-asthma-amp-immunology.htm>. Acesso em: 25 out. 2020.

Complementos

1 Suplementação: Que serve de suplemento para suprir o que falta, que completa ou amplia.
2 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
3 Asma: Doença das vias aéreas inferiores (brônquios), caracterizada por uma diminuição aguda do calibre bronquial em resposta a um estímulo ambiental. Isto produz obstrução e dificuldade respiratória que pode ser revertida de forma espontânea ou com tratamento médico.
4 Citocinas: Citoquina ou citocina é a designação genérica de certas substâncias segregadas por células do sistema imunitário que controlam as reações imunes do organismo.
5 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
6 Células Dendríticas: Células especializadas do sistema hematopoético que possuem extensões semelhantes a ramos. São encontradas em todo o sistema linfático, e tecidos não linfóides, como PELE e o epitélio nos tratos intestinal, respiratório e reprodutivo. Elas prendem e processam ANTÍGENOS e os apresentam às CÉLULAS T, estimulando assim a IMUNIDADE MEDIADA POR CÉLULAS. São diferentes das CÉLULAS DENDRÍTICAS FOLICULARES não hematopoéticas, que têm morfologia e função do sistema imune semelhantes, exceto em relação à imunidade humoral (PRODUÇÃO DE ANTICORPOS).
7 Patogênese: Modo de origem ou de evolução de qualquer processo mórbido; nosogenia, patogênese, patogenesia.
8 Patologia: 1. Especialidade médica que estuda as doenças e as alterações que estas provocam no organismo. 2. Qualquer desvio anatômico e/ou fisiológico, em relação à normalidade, que constitua uma doença ou caracterize determinada doença. 3. Por extensão de sentido, é o desvio em relação ao que é próprio ou adequado ou em relação ao que é considerado como o estado normal de uma coisa inanimada ou imaterial.
9 Pulmão: Cada um dos órgãos pareados que ocupam a cavidade torácica que tem como função a oxigenação do sangue.
10 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
11 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
Gostou do artigo? Compartilhe!

Complementos

16/09/2010 - Complemento feito por marcos
Re: Uso de vitamina D pode melhorar o controle da asma por reduzir a inflamação, mostra artigo de revisão publicado no Annals of Allergy, Asthma & Immunology
O avanço das pesquisas, no campo das funções biológicas das vitaminas,está nos mostrando que elas são de vital importância, o que já tínhamos uma boa noção.

A novidade fica por conta de explicações de mecanismos celulares e moleculares da ação destas moléculas , que aqui no caso, podem inibir células pró inflamatórias, evitando sua maior concentração nos tecidos das vias aéreas, bem como inibe a regulação humoral do sistema imune, ao secretar interleucina , que irá estimular as células T reguladoras, que em outras palavras significa que as reações de broncoconstricção típicas de uma crise de ASMA, que costumam ser de grande intensidade em alguns pacientes pode ser amenizada pela vitamina D EM CONCENTRAÇÃO ADEQUADA, NOS TECIDOS SUCEPTÍVEIS COMO OS BRÔNQUIOS À ESTA REAÇÃO DO SISTEMA IMUNE.

PORÉM, UM ALERTA DEVE SER FEITO, AS PESQUISAS APONTAM ESTES MECANISMOS DE CONTROLE SOBRE AS REAÇÕES IMUNES, MAS OUTROS ESTUDOS DEVEM SER FEITOS PARA QUE REALMENTE SE POSSA TER UM VERDADEIRO " ESQUEMA MOLECULAR" DOS MECANISMOS QUE REGULAM A ASMA E AS OUTRAS PATOLOGIAS CITADAS.

É MAIS UM AVANÇO DA BIOLOGIA MOLECULAR, PORÉM A CAUTELA SE DÁ , DEVIDO A UM POSSÍVEL USO INDISCRIMINADO DE SUPLEMENTOS VITAMÍNICOS QUASE SEMPRE COMPRADOS COM FACILIDADE,LEMBREM-SE EM SE TRATANDO DE SAÚDE PROFISSIONAIS DEVEM SER CONSULTADOS, PARA EVITAR QUE POTENCIAIS ADJUVANTES EM TERAPIAS DE DOENÇAS SEVERAS, POSSAM SER BANALIZADOS , ENFIM SEMPRE ENTENDA MEDICAMENTOS COMO SUBSTÂNCIAS QUE IRÃO INTERFERIR EM SEU ORGANISMO, ESTA INTERFERÊNCIA PODERÁ E DEVERÁ SER BENÉFICA OU, MALÉFICA SE FOR FEITO UM USO ALEATÓRIO.

  • Entrar
  • Assinar