Atalho: 6ILV5UA
Gostou do artigo? Compartilhe!

Hypertension: hipertensão aumenta em crianças e internações pela doença nesta faixa etária aumentam gastos com saúde

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A hipertensão arterial1 está aumentando entre crianças. Este crescimento leva a consequências na saúde2 cardiovascular da população e a um aumento dos gastos com saúde2. O objetivo do estudo, publicado pelo periódico Hypertension, foi avaliar a utilização dos cuidados de saúde2 com crianças hospitalizadas por hipertensão arterial1.

O projeto The Healthcare Cost and Utilization Project Kids’ Inpatient Database, anos 1997, 2000, 2003 e 2006, foi utilizado para identificar as internações por hipertensão arterial1 em crianças. Foram examinadas as características dos pacientes e dos hospitais e sua associação com os gastos com esta doença. Os dados de cada ano da coorte3 foram utilizados para analisar as tendências dos custos.

Este estudo foi revisado e aprovado pelo University of Michigan Institutional Review Board. Os pesquisadores descobriram que 71.282 hospitalizações por hipertensão4 pediátrica geraram 3,1 bilhões de dólares em encargos totais de 1997 a 2006. Aproximadamente 68% estavam na faixa etária de 10 a 18 anos de idade, 55% eram meninos e 47% eram brancos. 6% das internações com diagnóstico5 de hipertensão arterial1 também tiveram um diagnóstico5 de doença renal6 em estágio avançado ou de transplante renal6. A hipertensão arterial1 cresceu ao longo do tempo (P=0,02 para cada um dos grupos etários de 2-9 anos e de 2-18 anos; P=0,03 para o grupo etário de 10-18 anos), bem como a fração dos gastos com internações atribuídas à doença (P< 0,0001). O tempo de permanência e o estágio da doença renal6 foram associados ao aumento das despesas com as hospitalizações (P< 0,0001 e P=0,03, respectivamente). Durante o período de estudo de 10 anos, a frequência de hipertensão4 associada a internações foi crescente em todos os grupos etários e as despesas relacionadas à hipertensão arterial1 também foram aumentando. A condição coexistente de doença renal6 em estágio avançado resultou em um aumento significativo dos gastos de saúde2.

O estudo também descobriu que as crianças com pressão arterial7 elevada permanecem no hospital por oito dias, em média. Crianças sem a pressão arterial7 elevada ficam apenas cerca de quatro dias.

Fonte: Hypertension, publicação online de 18 de junho de 2012

NEWS.MED.BR, 2012. Hypertension: hipertensão aumenta em crianças e internações pela doença nesta faixa etária aumentam gastos com saúde. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/306300/hypertension-hipertensao-aumenta-em-criancas-e-internacoes-pela-doenca-nesta-faixa-etaria-aumentam-gastos-com-saude.htm>. Acesso em: 20 out. 2019.

Complementos

1 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
4 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
5 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
6 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
7 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
Gostou do artigo? Compartilhe!