Atalho: 5VASJ0K
Gostou do artigo? Compartilhe!

Redução do colesterol beneficia pacientes com doenças renais crônicas reduzindo em 25% o risco de doenças cardíacas e derrame, mostram os resultados do estudo SHARP

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O estudo denominado “The Study of Heart and Renal1 Protection (SHARP)” concluiu que cerca de um quarto de todos os ataques cardíacos, acidentes vasculares2 cerebrais (derrames) e cirurgias para desobstrução arterial podem ser evitados, em pessoas com doença renal1 crônica, usando-se a combinação dos medicamentos ezetimiba e sinvastatina para reduzir os níveis de colesterol3 sanguíneos.

O estudo SHARP envolveu 9.500 voluntários, portadores de doença renal1 crônica, com 40 anos ou mais, recrutados de 380 hospitais em 18 países diferentes. Os voluntários foram randomizados para receber ou uma terapia combinada4 para redução dos níveis de colesterol3 com 10 mg de ezetimiba e 20 mg de sinvastatina diariamente, ou placebo5 por uma média de cinco anos.

Os principais resultados mostram que:

  • A terapia com os dois medicamentos reduz o risco de ataques cardíacos, derrames e operações para desobstrução arterial em cerca de 25% das pessoas com doença renal1 crônica, independentemente da gravidade de sua doença.
  • Esta terapia combinada4 reduz o risco de maneira segura e pode ser particularmente boa para pacientes6 renais, uma vez que evita a possibilidade de efeitos adversos com doses altas de estatinas.
  • Não houve suporte às preocupações anteriores com o ezetimibe em relação aos possíveis efeitos adversos sobre o câncer7 e nenhuma evidência de aumento do risco para problemas musculares ou hepáticos.

Fonte: SHARP – Study of Heart and Renal1 Protection

NEWS.MED.BR, 2011. Redução do colesterol beneficia pacientes com doenças renais crônicas reduzindo em 25% o risco de doenças cardíacas e derrame, mostram os resultados do estudo SHARP. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/176707/reducao-do-colesterol-beneficia-pacientes-com-doencas-renais-cronicas-reduzindo-em-25-o-risco-de-doencas-cardiacas-e-derrame-mostram-os-resultados-do-estudo-sharp.htm>. Acesso em: 16 set. 2019.

Complementos

1 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
2 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
3 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
4 Terapia combinada: Uso de medicações diferentes ao mesmo tempo (agentes hipoglicemiantes orais ou um agente hipoglicemiante oral e insulina, por exemplo) para administrar os níveis de glicose sangüínea em pessoas com diabetes tipo 2.
5 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
6 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
7 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
Gostou do artigo? Compartilhe!