Atalho: 5VICHCV
Gostou do artigo? Compartilhe!

Fumantes que passam a conhecer sua "idade pulmonar estimada" recebem um incentivo para abandonar o cigarro

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Estudo publicado no British Medical Journal relata que fumantes que recebem informações sobre sua “idade pulmonar estimada” por espirometria1 (exame que avalia a medida de ar que entra e sai dos pulmões2) aumentam significativamente a probabillidade de abandonar o cigarro.

Participaram do estudo 561 fumantes com idade acima de 35 anos. Todos tiveram sua “idade pulmonar estimada” através de uma espirometria1. Eles foram divididos em dois grupos: um que recebeu informações detalhadas sobre os resultados da espirometria1 em relação à idade de seus pulmões2, quando comparados a pulmões2 de pessoas saudáveis que não fumavam. O outro grupo controle recebeu apenas uma informação superficial do volume expiratório forçado no primeiro segundo3 (VEF1 - que analisa a velocidade da capacidade expiratória na unidade de tempo). Ambos os grupos foram aconselhados a abandonar o cigarro e receberam do National Health Service (NHS) a oferta de ajuda do serviço de auxílio a fumantes que querem abandonar o vício.

Os resultados iniciais avaliaram o abandono do cigarro pela medição da cotinina salivar (substância encontrada na saliva, através da qual se pode medir a quantidade de nicotina absorvida pelo fumante) doze meses após o início do estudo. Resultados subseqüentes mostraram mudanças no consumo diário de cigarro e identificação de novos diagnósticos de doença pulmonar obstrutiva crônica.

O índice de abandono do cigarro foi maior no grupo que recebeu a informação sobre a "idade pulmonar estimada" quando comparado ao grupo controle, 13,6% e 6,4% respectivamente. As pessoas com piores “idades pulmonares estimadas” têm uma tendência maior a abandonar o vício.

Concluiu-se que dizer a "idade pumonar estimada" a fumantes aumenta significativamente a probabilidade deles pararem de fumar, mas o mecanismo pelo qual isto acontece ainda não está claro.

 

Fonte: British Medical Journal

NEWS.MED.BR, 2008. Fumantes que passam a conhecer sua "idade pulmonar estimada" recebem um incentivo para abandonar o cigarro. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/14535/fumantes-que-passam-a-conhecer-sua-quot-idade-pulmonar-estimada-quot-recebem-um-incentivo-para-abandonar-o-cigarro.htm>. Acesso em: 26 jan. 2023.

Complementos

1 Espirometria: Exame que permite aferir o fluxo de ar nas vias aéreas ou brônquios, comparando os resultados com os obtidos por pessoas saudáveis com a mesma idade e altura. Serve para a investigação de sintomas respiratórios; diagnóstico e avaliação de asma, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) ou bronquite causada pelo cigarro; incapacidade funcional; avaliação pós-operatória e avaliação e diagnóstico de doenças respiratórias relacionadas ao trabalho. O exame têm duração média de 30 minutos.
2 Pulmões: Órgãos do sistema respiratório situados na cavidade torácica e responsáveis pelas trocas gasosas entre o ambiente e o sangue. São em número de dois, possuem forma piramidal, têm consistência esponjosa e medem cerca de 25 cm de comprimento. Os pulmões humanos são divididos em segmentos denominados lobos. O pulmão esquerdo possui dois lobos e o direito possui três. Os pulmões são compostos de brônquios que se dividem em bronquíolos e alvéolos pulmonares. Nos alvéolos se dão as trocas gasosas ou hematose pulmonar entre o meio ambiente e o corpo, com a entrada de oxigênio na hemoglobina do sangue (formando a oxiemoglobina) e saída do gás carbônico ou dióxido de carbono (que vem da célula como carboemoglobina) dos capilares para o alvéolo.
3 Volume Expiratório forçado no primeiro segundo: É o volume de ar expirado num segundo. Ele é reduzido nos doentes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), pois estes necessitam de mais tempo para expirarem completamente.
Gostou do artigo? Compartilhe!