Gostou do artigo? Compartilhe!

Cirurgia citorredutora seguida de quimioterapia aumenta a sobrevida no câncer de ovário recidivante

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O tratamento de pacientes com câncer1 de ovário2 recorrente tem sido baseado principalmente na terapia sistêmica. O papel da cirurgia citorredutora secundária não é claro.

Neste estudo, publicado no The New England Journal of Medicine, pacientes com câncer1 de ovário2 recorrente que tiveram uma primeira recidiva3 após um intervalo sem platina (um intervalo durante o qual nenhuma quimioterapia4 à base de platina foi usada) de 6 meses ou mais foram aleatoriamente designadas para se submeter a cirurgia citorredutora secundária e, em seguida, receber quimioterapia4 à base de platina, ou receber quimioterapia4 à base de platina apenas.

As pacientes eram elegíveis se apresentassem uma pontuação Arbeitsgemeinschaft Gynäkologische Onkologie (AGO) positiva, definida como uma pontuação de status de desempenho do Eastern Cooperative Oncology Group de 0 (em uma escala de 5 pontos, com pontuações mais altas indicando maior deficiência), ascite5 menor que 500 ml e ressecção completa na cirurgia inicial. Uma pontuação AGO positiva é usada para identificar as pacientes nas quais uma ressecção completa pode ser realizada.

O desfecho primário foi a sobrevivência6 global. Também avaliou-se a qualidade de vida e os fatores prognósticos de sobrevida7.

Um total de 407 pacientes foram submetidas à randomização: 206 foram designadas para cirurgia citorredutora e quimioterapia4, e 201 para quimioterapia4 sozinha. A ressecção completa foi obtida em 75,5% das pacientes do grupo de cirurgia submetidas ao procedimento.

A sobrevida7 global mediana foi de 53,7 meses no grupo de cirurgia e 46,0 meses no grupo de não cirurgia (razão de risco para morte, 0,75; intervalo de confiança de 95%, 0,59 a 0,96; P = 0,02).

As pacientes com ressecção completa tiveram o desfecho mais favorável, com sobrevida7 global mediana de 61,9 meses.

Um benefício da cirurgia foi observado em todas as análises em subgrupos de acordo com fatores prognósticos. As medidas de qualidade de vida ao longo de 1 ano de acompanhamento não diferiram entre os dois grupos, e não foi observada mortalidade8 perioperatória em 30 dias após a cirurgia.

O estudo concluiu que, em mulheres com câncer1 de ovário2 recorrente, a cirurgia citorredutora seguida de quimioterapia4 resultou em uma sobrevida7 global mais longa do que a quimioterapia4 sozinha.

Saiba mais sobre "Câncer1 - informações importantes", "Câncer1 de ovário2", "Quimioterapia4: o que é" e "Prevenção do câncer1".

 

Fonte: The New England Journal of Medicine, publicação em 02 de dezembro de 2021.

 

NEWS.MED.BR, 2021. Cirurgia citorredutora seguida de quimioterapia aumenta a sobrevida no câncer de ovário recidivante. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1406710/cirurgia-citorredutora-seguida-de-quimioterapia-aumenta-a-sobrevida-no-cancer-de-ovario-recidivante.htm>. Acesso em: 2 jul. 2022.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Ovário: Órgão reprodutor (GÔNADAS) feminino. Nos vertebrados, o ovário contém duas partes funcionais Sinônimos: Ovários
3 Recidiva: 1. Em medicina, é o reaparecimento de uma doença ou de um sintoma, após período de cura mais ou menos longo; recorrência. 2. Em direito penal, significa recaída na mesma falta, no mesmo crime; reincidência.
4 Quimioterapia: Método que utiliza compostos químicos, chamados quimioterápicos, no tratamento de doenças causadas por agentes biológicos. Quando aplicada ao câncer, a quimioterapia é chamada de quimioterapia antineoplásica ou quimioterapia antiblástica.
5 Ascite: Acúmulo anormal de líquido na cavidade peritoneal. Pode estar associada a diferentes doenças como cirrose, insuficiência cardíaca, câncer de ovário, esquistossomose, etc.
6 Sobrevivência: 1. Ato ou efeito de sobreviver, de continuar a viver ou a existir. 2. Característica, condição ou virtude daquele ou daquilo que subsiste a um outro. Condição ou qualidade de quem ainda vive após a morte de outra pessoa. 3. Sequência ininterrupta de algo; o que subsiste de (alguma coisa remota no tempo); continuidade, persistência, duração.
7 Sobrevida: Prolongamento da vida além de certo limite; prolongamento da existência além da morte, vida futura.
8 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
Gostou do artigo? Compartilhe!