Gostou do artigo? Compartilhe!

A IL-6 materna durante a gravidez pode prever a futura memória de trabalho na prole, publicado pela Nature Neuroscience

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Várias linhas de evidência apoiam a ligação entre a inflamação1 materna durante a gravidez2 e o aumento da probabilidade de distúrbios neurodesenvolvimentais e alterações psiquiátricas na prole. Este estudo longitudinal procura promover a compreensão sobre as implicações da inflamação1 materna sistêmica durante a gravidez2, indexada pelas concentrações plasmáticas de interleucina-6 (IL-6), para o desenvolvimento do sistema cerebral em larga escala e para as habilidades emergentes de função executiva3 nos filhos.

Leia sobre "Diferenças entre inflamação1 e infecção4" e "Teste de gravidez2".

Pesquisadores do Department of Behavioral Neuroscience, da Oregon Health & Science University, em Portland, nos EUA, avaliaram a IL-6 materna durante a gravidez2, imagens de ressonância magnética5 funcional em neonatos6 e a memória de trabalho7 (um componente importante da função executiva3) aos 2 anos de idade.

A conectividade funcional dentro e entre múltiplas redes cerebrais neonatais pode ser modelada para estimar as concentrações maternas de IL-6 durante a gravidez2. As regiões do cérebro8 fortemente ponderadas nesses modelos se sobrepõem substancialmente àquelas que suportam a memória de trabalho7 em uma grande meta-análise. A IL-6 materna também responde diretamente por uma parte da variância da memória de trabalho7 aos 2 anos de idade.

Os achados do estudo destacam a associação da inflamação1 materna durante a gravidez2 com a arquitetura funcional em desenvolvimento do cérebro8 e a função executiva3 emergente. Os resultados apresentam potencial para auxiliar no desenvolvimento de novos tratamentos que reduzam os possíveis danos que a inflamação1 materna na gestação possa acarretar ao funcionamento do cérebro8 de bebês9.

Veja também sobre "Fases da infância", "Quando uma criança começa a falar" e "Quando uma criança começa a andar".

 

Fonte: Nature Neuroscience, publicação online em 9 de abril de 2018

 

NEWS.MED.BR, 2018. A IL-6 materna durante a gravidez pode prever a futura memória de trabalho na prole, publicado pela Nature Neuroscience. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1316698/a-il-6-materna-durante-a-gravidez-pode-prever-a-futura-memoria-de-trabalho-na-prole-publicado-pela-nature-neuroscience.htm>. Acesso em: 21 ago. 2018.

Complementos

1 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
2 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
3 Função executiva: Também conhecida como controle cognitivo ou sistema supervisor atencional é um conceito neuropsicológico que se aplica ao processo cognitivo responsável pelo planejamento e execução de atividades, que podem incluir, por exemplo, a iniciação de tarefas, memória de trabalho, atenção sustentada e inibição de impulsos.
4 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
5 Ressonância magnética: Exame que fornece imagens em alta definição dos órgãos internos do corpo através da utilização de um campo magnético.
6 Neonatos: Refere-se a bebês nos seus primeiros 28 dias (mês) de vida. O termo “recentemente-nascido“ refere-se especificamente aos primeiros minutos ou horas que se seguem ao nascimento. Esse termo é utilizado para enfocar os conhecimentos e treinamento da ressuscitação imediatamente após o nascimento e durante as primeiras horas de vida.
7 Memória de trabalho: Atua no momento em que a informação está sendo adquirida, retendo a informação por alguns segundos e, então, a destinando a ser guardada por períodos mais longos ou a ser descartada. A memória de trabalho pode, ainda, armazenar dados por via inconsciente. Difere da memória de curto prazo pois esta trabalha com as informações por algumas horas até que sejam gravadas de forma definitiva.
8 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
9 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
Gostou do artigo? Compartilhe!